Conquista: Torcedores acusam PM de atirar sem motivo durante comemoração do título do Flamengo

Uma comemoração pelo resultado da final do Campeonato Carioca de 2017, que teve o Flamengo como campeão, terminou em confusão na noite de domingo (7), em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Torcedores do clube acusam um policial militar de chegar ao local da comemoração atirando balas de borracha sem motivo.

O caso ocorreu na Avenida Olívia Flores, que ficou lotada por torcedores do Flamengo logo após o resultado do jogo contra o Fluminense. Um vídeo feito por um torcedor mostra o momento da comemoração, embalada por um carro de som. Em outro vídeo, um homem aparece mostrando o ferimento que teve após ser atingido por uma bala de borracha.

Segundo torcedores, durante a comemoração, uma viaura parou no local e três policiais desceram. Um deles, atirou em direção aos torcedores. Os flamenguistas disseram que, no momento da ação, não havia princípio de tumulto, confusão ou algo que justificasse ação.

Eles afirmam ainda que a maioria dos torcedores estava no passeio ou no canteiro central. “Do nada, a polícia chegou e os policiais foram para a frente da viatura. Um desses policiais já sacou uma arma com bala de borracha e foi atirando em direção aos torcedores”, disse, sob anonimato.

Em outro vídeo, os flamenguistas aparecem prostestando contra a ação dos policiais. “Todos que estavam lá ficaram muito horrorizados. Uma criança que estava com a gente, de uns 10 anos de idade, ficou muito traumatizada e eu tive que abraçar e consolar para ver se ela parava de chorar”, contou o mesmo torcedor.

Em nota, a PM informou que, de acordo com informações do relatório, no domingo, por volta das 20h30, policiais militares da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT) Rondesp Sudoeste e do Esquadrão de Motociclistas Falcão foram acionados pelo CICOM para atender a uma denúnica de que havia torcedores obstruindo a via e subindo nos tetos dos veículos, na Avenida Olívia Flores, em Vitória da Conquista.

Ainda segundo a PM, quando os policiais chegaram ao local, verificaram que torcedores que comemoravam a vitória de um time de futebol fecharam a via e estavam depredando veículos na região. Eles contaram que os policiais tentaram negociar a liberação da via e o encerramento do vandalismo, mas alguns torcedores não atenderam a solicitação e resistiram, atirando objetos nas guarnições. por conta disso, os policiais então desobstruíram a via utilizando artefato de efeito moral, para garantir o direito de ir e vir. A PM nega que tenha havido disparo de bala de borracha. A nota também diz que um indivíduo exaltado, que insistia em permanecer obstruindo a via e incitava a população contra os policiais, foi encaminhado para a delegacia da cidade.

(G1)


Comentários

Os comentários estão fechados.