Nestlé fecha venda de Serenata de Amor, Chokito e outras marcas

A Nestlé deve anunciar em outubro a venda de ao menos 10 marcas que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) exigiu que deixassem o portfólio para que a compra da Garoto fosse, enfim, aprovada, de acordo com o colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim. A publicação afirma que, entre as marcas que devem mudar de dono estão “Serenata de Amor”, “Lollo”, “Chokito” e “Sensação”. O comprador deve ser Mondelez, dona da Lacta.

O Valor Econômico, em abril deste ano, divulgou que a gigante contratou a Credit Suisse, em Londres, para arranjar compradores para as 10 marcas que teria de vender para atender às exigências do Cade e, enfim, selar a fusão com a fábrica capixaba de chocolates Garoto, encrenca que se arrasta há 15 anos.

Ao jornal Gazeta, em setembro do ano passado, o diretor da Garoto, Liberato Milo, disse em entrevista que “a venda do Serenata de Amor é fofoca. Eu diria que é fofoca profissional. O processo é comandado pelo Cade, não por nós. Nós não temos nenhum acordo com relação a isso. Qualquer acordo que formos fazer é pensando no longo prazo”.

Agora, segundo o jornal, a Nestlé terá que cumprir o que prometeu ao Cade dentro de prazo sigiloso – não há tempo mínimo ou máximo nos regramentos do Conselho. Assim que executar as medidas que ofereceu, o caso volta a ser analisado pelo Cade mais à frente.


Comentários

Os comentários estão fechados.