Maiquinique: Policiais são afastados após a morte do deficiente mental “Bute Mané”

O comando da 8ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) em Itapetinga afastou os policiais envolvidos na ação em Maiquinique, que resultou na morte do deficiente mental João Souza Lima, 55 anos, conhecido como “João Bute” ou “Bute Mané”. Até a conclusão do inquérito policial, os PMs – cujos nomes não foram informados, devem cumprir serviços administrativos internos.

A informação foi prestada pelo comandante da CIPM, major Edmário Araújo. Em contato com a imprensa de Itapetinga, o comandante informou que um inquérito policial foi instaurado para investigar responsabilidade dos dois policiais envolvidos na operação que resultou na morte de “Bute Mané”.

sudoeste digital.


Comentários

Os comentários estão fechados.