Desembargador manda PF ignorar Moro e soltar Lula

Em novo despacho, o desembargador Rogério Favreto determinou na manhã desse domingo (8) imediata soltura de Lula em meio a “entraves e retardo no cumprimento da decisão”.

Após a primeira liminar do desembargador, o Juiz Sergio Moro emitiu um despacho à Polícia Federal contra a ordem de soltura de Lula. Segundo o juiz de 1ª instância, o desembargador Rogério Favreto não tem competência para decidir no caso, atropelando o STF e desconsiderando o relator Gebran Neto.

Favreto rebateu a ordem de Moro em novo despacho e reiterou que seja dada a liberdade a Lula imediatamente.

 


Comentários

Os comentários estão fechados.