Corpo de advogado é encontrado com sinais de execução

O corpo do advogado e assessor Júlio Zacarias Ferraz, 43 anos, foi encontrado e encaminhado nesta terça-feira (5) para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Amaro. Ele estava desaparecido desde o dia 15 de janeiro e era de Feira de Santana.

No dia seguinte, um corpo sem identificação foi encaminhado para o DPT, mas apenas na última segunda-feira (4), quando os familiares compareceram na delegacia após constatarem que ele estava desaparecido, a polícia iniciou as investigações para encontrá-lo.

Júlio Zacarias era assessor do vereador de Feira de Santana, Gilmar Amorim e não tem família em Feira de Santana, por isso os familiares, que residem em Vitória da Conquista, disseram que demoraram para perceber o desaparecimento e procurar a polícia.

De acordo com o site Acorda Cidade, o coordenador regional de polícia, delegado Roberto Leal informou que o corpo foi encontrado por moradores do povoado de Oliveira dos Campinhos, no km 17 da BA 084. Ele estava sem roupas, com as mãos amarradas e apresentando sinais de execução.

O delegado Roberto Leal informou também que o crime será investigado pelas polícias das duas cidades e que há várias linhas de investigações.

O vereador Gilmar Amorim informou que o último contato que teve com o advogado Júlio Zacarias Ferraz foi antes do recesso da Câmara Municipal. Segundo ele, após esse período, algumas pessoas o procuraram para saber onde estava o advogado. Eles moravam no mesmo bairro.

O advogado Dalvaro Neto, representando a OAB Feira, acompanhou o irmão de Júlio Zacarias Ferraz na delegacia. Ele destacou que o advogado desaparecido é uma pessoa ética, que não costumava faltar os compromissos profissionais.

Com informações do BNews


Comentários

Os comentários estão fechados.