Com menos de um ano de inaugurada, estrada da Coréia já tem buracos e empresa responsável decretou falência e não vai realizar as manutenções

Inaugurada a menos de um ano, estrada da Coréia já tem buracos e empresa responsável decretou falência e não vai poder realizar as manutenções

Inaugurada no dia 06 de julho do ano passado, pelo governo do estado, vários pontos da BA-680 já apresentam diversos buracos e está deixando os moradores de Potiraguá, Gurupá e Itaimbé indignados.

A grande preocupação dos usuários da estrada é que a empresa que realizou a pavimentação desse trecho teria decretado falência, conforme diz o site Políticos do Sul da Bahia. De acordo com o site a empresa  “ACM” entrou em recuperação judicial e não vai poder realizar o reparo na estrada pelos próximos cinco anos, conforme estava no contrato licitatório.

Nos últimos anos, o plantio de eucalipto para abastecer fabricas de celulose implantadas no Extremo Sul da Bahia, se alastrou por outras regiões, mais notadamente pelo Sudoeste Baiano e norte de Minas Gerais.

Sendo assim, o aparecimento de buracos na BA-270 e na BA-680, tem sido bastante intenso nos últimos meses com o tráfego de carretas carregadas de eucalipto. Em Potiraguá, a cada 10 minutos uma carreta carregada passa por dentro da cidade.

No município, alguns moradores já articulam uma manifestação com o fechamento da BA que liga o município de Potiraguá aos distritos de Gurupá-Mirim e Itaimbé.


Comentários

Os comentários estão fechados.