Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 1º, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que adia as eleições municipais de outubro para novembro por causa da pandemia do novo coronavírus. Pela proposta, a escolha de prefeitos e vereadores, em todo o País, será agora em 15 de novembro – data de votação no primeiro turno – e 29 de novembro nos locais onde houver uma segunda rodada da disputa.

A votação que tanta divergência causou nos últimos dias ocorreu em dois turnos e o texto será promulgado hoje, às 10 horas, em sessão do Congresso. Dos partidos da base do presidente Jair Bolsonaro, apenas o PL e o PSC orientaram contra. Na prática, o texto que recebeu sinal verde da Câmara também muda o calendário eleitoral deste ano e a propaganda de candidatos no rádio e na TV terá início somente em 9 de outubro.

Texto-base de proposta que adia as eleições municipais para novembro foi aprovado na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 1º Foto: Maryanna Oliveira / Agência Câmara

Com o adiamento das disputas, que antes estavam marcadas para 4 e 25 de outubro, a expectativa é de que a incidência e o risco de contaminação pela covid-19 sejam menores. Para que a proposta fosse aprovada era necessário o apoio de 308 dos 513 deputados. No primeiro turno, o texto teve 402 votos a favor, 90 contra e quatro abstenções. No segundo, proposta recebeu 407 votos favoráveis e 70 contrários. O PROS, o Patriota e o governo liberaram os votos.

Até a semana passada o grupo de partidos conhecido como Centrão era contra empurrar as eleições para novembro por sofrer pressão dos prefeitos, muitos deles candidatos a um segundo mandato. O cálculo político sempre foi o de que jogar as disputas para mais tarde beneficiaria a oposição, que teria mais tempo para fazer campanha.

A maioria dos deputados, no entanto, acabou mudando de posição após negociações sobre o retorno da propaganda partidária na TV e a garantia de mais R$ 5 bilhões para municípios no combate à pandemia. De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os partidos do Centrão – PSD, PP, PL, DEM, PTB e Solidariedade – assumiram o comando de 1.918 prefeituras nas eleições passadas, o que equivale a um terço do total do País.

O Senado já havia aprovado o adiamento das disputas municipais, no último dia 23, mas havia forte resistência na Câmara. A reviravolta ocorreu após negociações, no fim de semana, comandadas pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com a participação do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Uma das mudanças feitas no texto que passou pelo crivo do Senado retirou a possibilidade de o TSE decidir sozinho um adiamento ainda maior das eleições, no caso de as condições sanitárias não permitirem a realização do pleito, em algum município, no dia 15 de novembro. A data-limite fixada foi 27 de dezembro.

Outras datas do calendário eleitoral também foram alteradas. O início oficial da campanha, por exemplo, ficou adiado de 16 de agosto para 27 de setembro. Os candidatos terão mais tempo para inaugurar obras, participar de eventos públicos e aparecer em programas de TV e rádio. Além disso, pelas regras antigas desde terça, 30, emissoras não poderiam mais exibir programas de apresentadores de rádio e TV candidatos.

Com o adiamento, a regra passará a valer em 11 de agosto. A proposta aprovada permite, ainda, a posse de prefeitos e vereadores antes do julgamento das contas de campanha pela Justiça Eleitoral.

A deputada governista Bia Kicis (PSL-DF) discursou contra a proposta. “Vários são os motivos para se rejeitar essa PEC. Traz gastos extras que não são recomendáveis em um momento como esse. Servidores públicos que já se desincompatibilizaram terão prejuízo muito grande com esse adiamento”, disse ela, que é aliada do presidente Jair Bolsonaro. “Trará mais custos do que benefícios”.

O líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), orientou, porém, favoravelmente à admissibilidade, mas liberou a análise do mérito. “Essa é uma questão que não diz respeito diretamente ao governo”, observou Vitor Hugo.

O MDB havia liberado a bancada, mas o líder do partido, deputado Baleia Rossi (SP), acabou apoiando o adiamento das eleições, sob a alegação de que a maioria do partido tem essa posição. Fonte: Estadão


Na manhã desta quarta-feira 1º de julho, foi realizado no Centro de Referência do (CRAS), na cidade de Itarantim a entrega dos Kit’s Natalidade, disponibilizados para as gestantes em acompanhamento pelas Unidades de Saúde e atendidas pelo CRAS.

A ação foi promovida pela Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com a Prefeitura Municipal de Itarantim, que adquiriu os kit’s através de recurso próprio disponibilizados por determinação do Prefeito Paulo Silva Vieira.

Na oportunidade, a Secretária Municipal de Assistência Social, Aniellen Moreira, a coordenadora do CRAS e as técnicas de referência abordaram questões da maternidade e deram algumas orientações para as gestantes, que ficaram felizes com o recebimento do material.

De acordo com a Secretária Aniellen Moreira, por causa da pandemia do coronavírus, foram adotados os protocolos, obedecendo o distanciamento, o uso de máscaras de proteção e álcool em gel. Veja as fotos


Na manhã desta quarta-feira 1º de julho, foi realizado no Centro de Referência do (CRAS), na cidade de Itarantim a entrega dos Kit’s Natalidade, disponibilizados para as gestantes em acompanhamento pelas Unidades de Saúde e atendidas pelo CRAS.

A ação foi promovida pela Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com a Prefeitura Municipal de Itarantim, que adquiriu os kit’s através de recurso próprio disponibilizados por determinação do Prefeito Paulo Silva Vieira.

Na oportunidade, a Secretária Municipal de Assistência Social, Aniellen Moreira, a coordenadora do CRAS e as técnicas de referência abordaram questões da maternidade e deram algumas orientações para as gestantes, que ficaram felizes com o recebimento do material.

De acordo com a Secretária Aniellen Moreira, por causa da pandemia do coronavírus, foram adotados os protocolos, obedecendo o distanciamento, o uso de máscaras de proteção e álcool em gel. Veja as fotos

 

 


Julho já começou com uma boa notícia e a vacina experimental contra o novo coronavírus produzida pela gigante farmacêutica Pfizer em parceria com a empresa de biotecnologia BioNTech demonstrou bons resultados em testes com humanos. A vacina estimulou a resposta imune dos pacientes saudáveis, mas também causou efeitos colaterais, como febre, em doses mais altas.

Exame Research -- Relatório "Vacinas: a corrida pela vida" EXCLUSIVO: relatório sobre a corrida da vacina contra a covid-19

EXCLUSIVO: relatório sobre a corrida da vacina contra a covid-19 (Research/Exame)

O estudo foi randômico e testado em 45 voluntários que receberam três doses da vacina ou placebo; destes, 12 receberam uma dose de 10 microgramas, outros 12 tomaram 30 microgramas, mais 12 receberam uma dose de 100 microgramas e nove foram tratados com a versão em placebo da vacina. A dose mais alta, de 100 microgramas, causou febre em metade dos participantes do teste — por conta dos efeitos colaterais, o grupo não recebeu uma segunda dose.

Depois de uma segunda dose da injeção três semanas depois da primeira, 8,3% dos participantes do grupo de 10 microgramas e 75% do grupo de 30 microgramas também tiveram febre. Outro sintoma apresentado foram distúrbios de sono. Os pesquisadores, no entanto, não consideraram os efeitos colaterais sérios e não resultaram em hospitalizações.

A vacina foi capaz de gerar anticorpos contra a covid-19 e alguns deles neutralizaram o vírus, o que pode significar que é capaz de parar o funcionamento dele, mas ainda não se sabe se esse nível mais alto de anticorpos é realmente capaz de gerar imunidade à doença. A Pfizer irá conduzir novos estudos em breve para provar que quem tomou a vacina é 50% menos vulnerável ao vírus.

A novidade foi divulgada no site Medrxiv, principal distribuidor de descobertas científicas que ainda não foram revisadas por pares. Os resultados ainda não foram publicados em um jornal científico.

As empresas não divulgaram as diferenças dos efeitos da vacina por gênero, etnia ou faixa etária. As próximas fases do teste também serão focadas nos Estados Unidos. Se tudo der certo, a expectativa da companhia é produzir até 100 milhões de doses da vacina até o final deste ano e mais 1,2 bilhão até o final de 2021.

Com os resultados positivos, a Pfizer viu suas ações subirem mais de 4% na bolsa americana. Fonte: Exame.com


Dois carros ficaram destruídos após se envolverem em uma colisão próximo ao Posto Alvorada, na manhã desta quarta-feira (1º) de julho.

O acidente foi registrado no entroncamento da BA-270, com a BA-680, trecho que liga o município de Potiraguá com a cidade de Itarantim e aos distritos de Gurupá-Mirim e Itaimbé.

De acordo com testemunhas, um carro de passeio, Ford Fiesta, da cor preto estava seguindo pela rodovia BA-270, sentido a cidade de Potiraguá, quando colidiu na lateral de um Fiat Pálio, de cor prata, que estaria saindo da BA-680, para entrar na BA-270. Com o impacto da colisão, os veículos ficaram parcialmente destruídos.

Ainda segundo informações de testemunhas, a Polícia Militar esteve no local e registrou a ocorrência. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.


Um veículo Renault Duster de cor branca foi tomado de assalto na rodovia BA-680, no município de Potiraguá, na região Sudoeste da Bahia, no último domingo (28).

A vítima informou que mora em Itapetinga e estava retornando de Porto Seguro, no entanto, no trecho do distrito de Itaimbé foi surpreendida por criminosos armados. Eles estavam em uma caminhonete L200 prata e usaram o veículo para ‘fechar’ o seu carro.
O motorista também contou à polícia que três bandidos saíram da L200 e, de arma de fogo em punho, lhe obrigou a deixar o veículo e entrar em um matagal, ás margens da pista.

Além do Renault Duster de placas OZK-7193, licenciado em Vitória da Conquista -BA, os assaltantes também levaram documentos e objetos pessoais da vítima.
A Polícia Civil está investigando o caso, mas, ainda não há informações do paradeiro dos criminosos nem do veículo roubado. Fonte: IReporter.blog


O governador Rui Costa fará vistoria das obras da primeira ponte estaiada da Bahia, em Ilhéus, às 11h desta quarta-feira (1º). O tráfego de veículos e pedestres será liberado logo em seguida. Devido à pandemia da covid-19, não haverá uma grande cerimônia de inauguração para evitar aglomerações.

A obra foi dada como concluída pelo governo estadual há duas semanas. Seria inaugurada na semana passada, mas houve adiamento, porque o prefeito Mário Alexandre (Marão) foi infectado pelo novo coronavírus e ficou de quarentena. Apesar dos apelos de opositores, o governo estadual preferiu aguardar a recuperação do prefeito para, enfim entregar a obra. Fonte: Pimenta


O prefeito de Itarantim, Paulo Construção, entregou, na noite desta terça-feira (30), a Praça Pública Luiz Viana Filho, aos moradores da cidade da pedra de três pontas.

A cerimonia de descerramento da placa contou com a participação de diversas autoridades, entre elas o vice-prefeito Jadiel Matos, de vereadores, secretários municipais, colaboradores e de lideranças eclesiásticas. A Filarmônica Diadema de Pedra foi convidada para abrilhantar ainda mais o evento.

Infelizmente, por causa da pandemia do novo coronavírus, não foi possível um evento com toda a população presente, mesmo assim o prefeito municipal decidiu realizar uma transmissão ao vivo para o público assistir no conforto de suas residências.

Apesar das restrições na reinauguração, várias pessoas colocaram suas máscaras e foram ver de perto a beleza da nova praça. “Realmente… Tudo é no tempo de Deus mesmo. A nossa Praça está linda. Simplesmente encantadora. O prefeito está de parabéns!”. Disse um leitor em conversa com o Blog do Edyy.

A reinauguração teve um investimento de R$ 415 mil reais, pelo Ministério do Turismo, através de emenda parlamentar, em convênio com a Caixa Econômica Federal. A última inauguração da Praça Luiz Viana Filho, aconteceu há 39 anos, em 1981, pelo então prefeito Noel Cordeiro (in memórian).

Assista a transmissão que foi transmitida ao vivo:

ESTAMOS AO VIVO

Posted by Paulo Construção on Tuesday, June 30, 2020

O Blog do Edyy também esteve lá e registrou fotos e vídeos:

Confira logo abaixo os vídeos e em seguida a nossa galeria de fotos:

 

 

Fotos da Praça


Rubinho Cordeio/PC do B, se afasta do rádio para concorrer à prefeitura.

O pré-candidato a prefeito da cidade de Itororó, o radialista Rubinho Cordeiro, um dos mais cotados nomes para o pleito de 2020, se desincompatibilizou das funções de locutor em uma emissora local, conforme exige a legislação Eleitoral para concorrer à prefeitura da Terra da Carne do Sol.

Longe do rádio Rubinho Cordeiro deverá se concentrar em sua campanha com vistas à aprovação do seu nome em Convenção Partidária, quando, definitivamente, se lançará candidato a prefeito de Itororó.

Rubinho Cordeiro tem pontuado muito bem nas pesquisas internas do grupo do qual faz parte, dada a sua boa circulação no meio político e na relação com o povo de sua terra. Fonte: Fala meu ilustre


Hellen Lira Porto, é filha do Prefeito Jesulino de Souza Porto e da Secretária de Assistência Social Eliane Lira Porto, e apesar de cursar medicina em Faculdade particular em São Paulo e ostentar uma vida de alto padrão financeiro nas redes sociais, consta como inscrita no CADUNICO do governo Federal sendo beneficiária do Auxílio Emergencial de R$ 600.

As informações acima estão disponibilizadas para acesso público pelo Governo Federal, e causou revolta em toda a cidade de Maiquinique após sua divulgação, sobretudo por a filha do prefeito constar como inscrita no CADUNICO, uma vez que O Cadastro Único é um instrumento que identifica as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza.

Essas informações são utilizadas pelo Governo Federal, pelos Estados e pelos municípios para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida dessas famílias.

Devem estar cadastradas as famílias de baixa renda, que ganham até meio salário mínimo por pessoa ou que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal total, ou seja, realidade totalmente distante da família de um Prefeito e de uma Secretária municipal de Assistência Social.

Segundo informações, logo após a informação divulgar na rede social a filha do prefeito excluiu várias fotos do seu perfil.

O site tentou manter contato com Hellen Lira Porto, mas a mesma não respondeu. O espaço está disponibilizado para ela e o prefeito apresentar os esclarecimentos. Fonte: Políticos do sul da Bahia.

107009588_3156293327761856_7846630694642226816_n

107009588_3156293327761856_7846630694642226816_n (1)