O primeiro paciente curado do coronavírus em Salvador deixou uma carta emocionada, agradecendo a toda equipe médica do Hospital da Bahia, local onde ele estava internado.

“Deus no comando! Deus acima de tudo! Luz, luz! E que Deus os abençoe sempre! Me parece que falta pouco para a minha liberação pela equipe médica. Agradeço a todos, sem exceção, pelo tratamento ultraprofissional e pelo carinho dispensado por todos vocês. Enfrentei com coragem e determinação o tratamento, considerando cada dia um dia a mais que Deus me oferecia”, diz um trecho da carta.

O paciente tem 72 anos e estava na ala de terapia intensiva, com quadro de saúde grave. Ele deve receber alta nesta quinta-feira (26) e segue para isolamento domiciliar.

Veja carta:


O ex-deputado estadual Augusto Castro (PSD) está internado em estado grave em um hospital de Itabuna, no sul da Bahia, com suspeita de coronavírus, conforme apurado pelo Metro1.

O político fez um exame e aguarda o resultado. Ainda conforme apurado, o político está entubado na unidade hospitalar. Conforme dados da Secretaria de Saúde do Estado, há 91 casos de coronavírus na Bahia e nenhuma morte.


Assim como políticos e instituições de todo o país, autoridades da Bahia reagiram em tom crítico ao pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, que contrariou a orientação de especialistas em saúde em relação ao coronavírus e pediu o fim do “confinamento em massa”.

O governador da Bahia, Rui Costa, prefeito de Salvador, ACM Neto, e a União dos Municípios da Bahia repudiaram a fala do presidente da república, enquanto Fábio Villas-Boas, secretário de saúde do estado, se disse “estarrecido”.

Rui Costa, governador da Bahia (PT-BA)

Rui Costa — Foto: Frame

Rui Costa — Foto: Frame

“Não é gripezinha. Vou continuar trabalhando em defesa da vida. Olhar nos olhos das pessoas e dizer: estamos numa guerra. ACORDA. Temos que vencê-la. Chega de discurso vazio e delírios. Vamos trabalhar mais e mais. Responsabilidade. Todos contra o coronavírus”, disse em uma rede social.

ACM Neto, prefeito de Salvador (DEM-BA)

Prefeito ACM Neto diz que pronunciamento é "irresponsável" — Foto: Reprodução

Prefeito ACM Neto diz que pronunciamento é “irresponsável” — Foto: Reprodução

“Eu considero as declarações do presidente também irresponsáveis, porque até essa altura do campeonato, a gente precisa é união de todos, e o presidente quando trata o que nós estamos enfrentando como uma ‘gripezinha’, ele também, na minha opinião, está desconsiderando a dor e o sofrimento das famílias que já perderam seus entes, de pessoas que já morreram pelo coronavírus”.

“Ele está desrespeitando, na minha opinião, as pessoas que estão nesse momento enfermas, que estão reclusas, que estão em isolamento já acometidas pelo coronavírus. Não é justo que o presidente da república traga esse tipo de declaração, não é razoável que diante de um problema tão sério, tão crítico, a gente tenha o presidente minimizando e atenuando o que pode significar o sacrifício e a vida de milhares de brasileiros. E eu, com a responsabilidade que tenho como prefeito, mas também com o sentimento que tenho também como cidadão, como pai de família, eu não aceito e portanto repudio as declarações que o presidente deu no seu pronunciamento à nação na noite de ontem”.

Fábio Villas-Boas, secretário de saúde da Bahia

Secretário de saúde da Bahia repudia fala do presidente — Foto: Reprodução

Secretário de saúde da Bahia repudia fala do presidente — Foto: Reprodução

“Nós, secretários de saúde, assistimos ontem estarrecidos ao pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro desfazendo tudo que se construiu no combate ao coronavírus ao longo das últimas semanas no Brasil. Quero dizer que enquanto o SUS tiver sendo conduzido por técnicos, como do Ministério da Saúde, e as secretarias estaduais e municipais, enquanto tivermos lideranças como o governador Rui Costa, o Brasil estará protegido, mesmo que as lideranças maiores de Brasília estejam trabalhando pelo pior cenário”.


Um jovem de 21 anos foi morto em uma troca de tiros com a Polícia Militar na noite desta terça-feira (24) em Itarantim.

As informações policiais dão conta que os agentes foram até o bairro Presidente Médici para averiguar denúncia de disparos de arma de fogo em via pública. No entanto, nas proximidades do estádio Florindo Dantas, foram surpreendidos com vários tiros.

Ainda de acordo com a polícia, houve troca de tiros e o suspeito foi baleado, socorrido e levado ao hospital local, onde não resistiu.

A viatura padronizada da Polícia Militar ficou com marcas de tiros, mas os policiais não foram atingidos.

Um revólver calibre 38 com seis munições deflagradas e duas intactas foram apreendidos pelos militares.

Fonte: Ireporter.blog

Anúncios



A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta terça-feira (24), um pacote de medidas especiais em resposta à pandemia de coronavírus, incluindo a suspensão por 90 dias de cortes no fornecimento do serviço de eletricidade por inadimplência para consumidores residenciais e serviços essenciais.

As medidas, aprovadas em reunião extraordinária de diretoria do regulador realizada por meio de videoconferência, incluem também a flexibilização pelo mesmo prazo de algumas obrigações das distribuidoras de energia, como de atendimento presencial a clientes e entrega de faturas a domicílio.

O diretor-geral da agência, André Pepitone, disse que ainda haverá uma avaliação à parte, em discussão junto ao governo, de medidas adicionais em benefício de consumidores de baixa renda.

“Nos foi demandado que se avaliasse a possibilidade de haver um suporte maior ao (consumidor de) baixa renda, e isso vai ser tratado nos canais de governo, com o Ministério de Minas e Energia e da Economia, com coordenação da Casa Civil”, afirmou. Da Agência Brasil.


O prefeito de Itarantim, Paulo Construção, declarou situação de emergência e determinou o fechamento do comércio no município. O decreto municipal foi assinado na tarde desta terça-feira (24).

De acordo com a prefeitura, a medida foi tomada devido ao avanço da doença no país e no mundo e as decisões do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus.

Segundo o prefeito, Serão criadas barreiras sanitárias
nos acessos ao município e distrito, inclusive na Rodoviária, a fim de verificar as condições
epidemiológicas. O comércio local também será fechado a partir desta quarta-feira (25) até o dia 4 de março.

Portanto ficará suspenso, temporariamente, o atendimento ao público de todo o comércio e de locais de prestação de serviço, no âmbito do Município de Itarantim, durante o período compreendido entre os dias 25/03/2020 à 04/04/2020, podendo, caso a situação de
emergência perdure, ser prorrogado

Leia o decreto sobre o funcionamento do comércio local;

Art.6°- Fica suspenso, temporariamente, o atendimento ao público de todo o comércio e de locais de prestação de serviço, no âmbito do Município de Itarantim, durante o período compreendido entre os dias 25/03/2020 à 04/04/2020, podendo, caso a situação de emergência perdure, ser prorrogado.

§1°- Os estabelecimentos, inclusive do segmento de gêneros alimentícios
(trailers, bares, restaurantes e afins), ainda poderão funcionar desde que atendam
exclusivamente por serviços de entrega (delivery), devendo tomar medidas para garantir a ausência de contato físico e a distância mínima de dois metros entre o entregadores,
funcionários e consumidores no ato da entrega.

§ 2°- Incluem-se na restrição do caput os serviços de hospedagem de transeuntes como de hotéis e pousadas, que deverão limitar seus serviços aos hóspedes que já se encontram utilizando o serviço de forma fixa e que encontram-se na cidade, com exceção
daqueles que vierem a serviço do fornecimento de itens essenciais.

Art.7º- Poderão funcionar durante esse período as seguintes atividades
comerciais consideradas como de natureza essencial:
I – serviços de saúde, farmácias, assistência médica e hospitalar;

II – mercados, feiras livres, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas
e demais que trabalham com o abastecimento de alimentos;

III – laticínios;
IV – lojas de venda de alimentação para animais e de produtos indispensáveis
para produção agropecuária, prevenção, controle de pragas dos vegetais e de doença dos
animais;

V – distribuidores de gás;
VI – lojas de venda de água mineral;
VII – padarias;
VIII – geração, transmissão e distribuição de energia elétrica;

IX – tratamento e abastecimento de água;
X – captação e tratamento de esgoto e lixo;
XI – processamento de dados ligados a serviços essenciais;

XII – segurança privada;
XIII – serviços funerários;
XIV – bancos, lotéricas e cooperativas de crédito;
XV – postos de combustível e
XVI – outros que vierem a ser definidos em ato expedido pela Secretaria Municipal de Saúde.

§ 1º Com a finalidade de contenção da epidemia no município de Itarantim as
Feiras Livres serão realizadas de forma segregada, distribuídas nas Praças Públicas deste município, obedecendo a uma distância mínima de 3 (três) metros entre uma barraca e outra, conforme organização estabelecida pela Secretaria de Administração.

§ 2° Ficam proibidas a instalação de barracas por feirantes oriundos de outros
municípios que não tenham cadastro na Secretaria de Administração.

Art. 8°- Os estabelecimentos de que trata o artigo anterior deverão intensificar
as ações de limpeza, com material adequado, bem como disponibilizar na entrada do estabelecimento e em lugares estratégicos de fácil acesso, álcool em gel aos seus clientes e funcionários e ainda divulgar informações acerca da COVID-19.

Saiba mais sobre o decreto nas imagens abaixo:

Anúncios



Medida provisória, publicada nesta segunda, visa combater efeitos da pandemia de coronavírus sobre a economia. Texto foi criticado por políticos antes de o presidente decidir pela revogação.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (23) que revogou o trecho da medida provisória 927 que previa a suspensão dos contratos de trabalho por 4 meses.

A medida foi publicada pelo governo nesta segunda no “Diário Oficial da União”, com ações para combater o efeito da pandemia de coronavírus sobre a economia. O governo defende a MP como uma forma de evitar demissões em massa. O trecho revogado pelo presidente foi o artigo 18.

  • Casos de coronavírus no Brasil em 23 de março

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), partidos políticos e entidades já haviam se manifestado contra pontos da MP editada pelo governo e defenderam aperfeiçoamento do texto.

“Determinei a revogação do art.18 da MP 927, que permitia a suspensão do contrato de trabalho por até 4 meses sem salário”, escreveu Bolsonaro em uma rede social.

Uma medida provisória, assim que assinada pelo presidente, passa a valer como lei. Em no máximo 120 dias, precisa ser aprovada pelo Congresso, senão perde a validade.

Os outros pontos que não foram revogados pelo presidente seguirão para a análise de deputados e senadores.


Nenhum caso de coronavírus (Covid-19) foi confirmado na Bahia na tarde desta segunda-feira (23). A Bahia totaliza 63 pacientes confirmados com coronavírus, 725 foram descartados e não há óbitos registrados. Todos os casos foram importados ou de transmissão local.
Os municípios com casos positivos são estes: Salvador (37), sendo que um caso é importado, visto que o paciente reside na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte; Porto Seguro (8); Feira de Santana (6); Lauro de Freitas (3); Prado (2); Itabuna (1); Camaçari (1); Barreiras (1); Conceição do Jacuípe (1); Juazeiro (1); Jequié (1 – caso importado de São Paulo); Brumado (1 – caso importado de Belo Horizonte).

Através da publicação de Diário Oficial do Estado na ultima quinta-feira (19/03/20), foi nomeado como novo Comandante da 8ª Companhia Independente de Polícia Militar o Major PM Vandilson Araújo. Tenente da turma de Oficiais do ano 2000, o novo Comandante da 8ª tem especialização em Segurança Pública e possui diversos cursos pela Polícia Militar da Bahia.

Durante a sua trajetória na PMBA o Major Vandilson Araújo assumiu posições de destaque como o Comando da 4ª Companhia de Policiamento Tático no antigo Batalhão Metropolitano de Rondas Especias – RONDESP; Coordenador Administrativo e Financeiro da Companhia Independente de Policiamento Tático – RONDESP ATLÂNTICO; Comandante da 1ª Companhia do 18º BPM/Pelourinho e Comandante da Companhia de Emprego Tático Operacional da mesma Unidade.

Antes de assumir o comando da 8ª CIPM, o Major Vandilson Araújo comandou por quase um ano e meio a 46ª Companhia Independente de Polícia Militar, Unidade sediada em Livramento de Nossa Senhora, onde obteve o reconhecimento da comunidade local pelo brilhante trabalho realiza à frente da Companhia que ocasionou, dentre outras coisas, na redução dos índices da criminalidade daquele local.

A Passagem de Comando aconteceu nesta segunda, no 9º Batalhão/Vitória da Conquista. O antigo comandante da 8ª CIPM, Major PM Aroldo de Araújo Horta, havia solicitado a sua reserva remunerada, a qual foi publicada no mesmo dia em quem o novo Comandante da Unidade foi nomeado. O Major Horta deixa um importante trabalho realizado, sempre em busca do diálogo e da parceria com a sociedade e com a tropa. Na tarde do mesmo dia, o Major Vandilson se reuniu com seu staff para traçar as diretrizes que serão adotadas pela 8ª CIPM de acordo com a sua filosofia de trabalho.