Imagem ilustrativa da internet

O recadastramento sanitário obrigatório das propriedades e produtores rurais teve início no último sábado (1°) e vai até o dia 15 de junho, com o objetivo de fortalecer as estratégias de defesa agropecuária, conforme previsto em portaria publicada pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) em 30 de janeiro. O processo pode ser realizado no escritório da autarquia mais próximo onde o imóvel está situado. O lançamento oficial do recadastramento será realizado nesta quarta-feira (5), em Vitória da Conquista, com a presença de gerentes.

A decisão foi adotada para fortalecer a rastreabilidade e a vigilância epidemiológica contra enfermidades e pragas de interesse da defesa agropecuária e saúde pública. “O recadastramento é necessário para criar as condições de manutenção e evolução do status sanitário alcançado pelos diversos programas oficiais desenvolvidos pela Adab, além da manutenção da credibilidade da defesa agropecuária da Bahia junto ao comércio nacional e internacional”, explica o diretor-geral da agência, Maurício Bacelar.

As propriedades de criação terão que recadastrar bovinos, bubalinos, asininos, muares, equinos, ovinos, caprinos, suínos e aves. Já as propriedades agrícolas deverão lançar informações sobre todas as culturas em manutenção, enquanto as propriedades mistas precisam informar o que têm de cultivo e as criações.

O recadastramento de propriedades agropecuárias apenas poderá ser realizado pelo proprietário ou por representante oficial. A portaria prevê penalidades aos produtores que não atenderem ao prazo para recadastramento, que inclui inativação do cadastro, ou seja, o impedimento do trânsito de animais e produtos agropecuários. “O recadastro vem para reforçar o grau de qualidade do sistema de informação de defesa agropecuária da Bahia e é indispensável para planejarmos nossas ações”, acrescenta Bacelar.


Dona de sucessos como ‘Vai Malandra’, ‘Combatchy’, ‘Medicina’ e ‘Paradinha’, a cantora Anitta traz o Show das Poderosas para o Carnaval da Bahia. A artista se apresenta no dia 21 de fevereiro, sexta-feira, no circuito Barra/Ondina, dentro da programação organizada pelo Governo do Estado, por meio da Bahiatursa.

Sucesso no Brasil e no exterior, este é o terceiro ano de Anitta na festa momesca baiana. Os fãs poderão curtir de perto uma apresentação recheada de sucessos, como os singles Indecente, ‘Sua Cara’, ‘Bang’, ‘Some Que Ele Vem Atrás’ e ‘Cobertor’.

Após se apresentar no no Rock in Rio, o valor do cachê da poderosa dobrou, alcançando os R$ 500 mil por apresentação.


Foi encontrado nessa manhã de terça (04) o corpo da jovem DANIELA SILVA RIBEIRO , vulgo Daninha 33 anos, moradora da Rua Ásia, 40, Bairro Quintas do Sul, em Itapetinga.

Ela saiu de casa no último dia 13, mas seu celular e pertences pessoais foram encontrados jogados em uma construção do bairro.

Familiares e a polícia receberam informações que Daniela havia sido assassinada e o corpo enterrado em uma cova próxima ao Rio.

 

Aguardem maiores informações! Itapetinga Agora


A terça-feira (04) amanheceu triste na cidade de Potiraguá. Faleceu por volta das 05h00 da manhã de hoje, o senhor Bento Vieira de Moraes, aos 75 anos de Idade.

Acometido de um infarto fulminante, seu Bento teria sentido fortes dores no peito, foi levado às pressas para o hospital de Potiraguá mas não resistiu e veio a óbito.

Figura bastante conhecida no município de Potiraguá, seu Bento trabalhava como vaqueiro. Ele deixa cinco filhos e quatro netos.

O corpo está sendo velado em sua própria residência, na Rua Ademar Menezes, próximo a Creche. O sepultamento está previsto para às 07h00 da manhã.

Aos familiares e amigos do senhor Bento, os sinceros sentimentos de pesar do BLOG DO EDYY


Pesquisas espontâneas realizadas nas redes sociais tem tirado o sono das velhas raposas da política conquistense.

O pré-candidato a prefeito David Salomão(PRTB), vence qualquer pesquisa realizada nas redes sociais.
Em pouco menos de dois anos de vida pública, o vereador conquistense somou quase 40 mil votos para deputado federal nas eleições de 2018.
Em reconhecimento aos serviços prestados na cidade de Vitória da Conquista, esse número só cresce à cada dia.

Veja logo abaixo, os resultados de duas pesquisas recentes que simulam um provável segundo turno entre os principais pré-candidatos a prefeito de Vitória da Conquista.
Ambas as enquetes somaram no total, cerca de 2.800 votos cada.
Para ter acesso às enquetes, clique nos links: Enquete 1enquete 2

De um lado, o atual prefeito Herzen Gusmão (MDB) da turma do Geddel, tenta à qualquer custo recuperar a sua popularidade perante o eleitorado conquistense. Propaganda antecipada de projetos inconstitucionais e obras eleitoreiras, que dificilmente estarão concluídas até o fim da sua gestão, servem de objeto de marketing em seu último ano de mandato.

Em novembro do ano passado, a Prefeitura publicizou a criação da Guarda Municipal, cujo projeto, não tinha sido se quer apreciado pela Câmara de Vereadores, em outdoors, e em plotagens em ônibus da Viação Rosa, com a qual o governo tem um contrato mensal de R$ 2 milhões.
Recentemente, o Ministério Público recebeu representação sobre inconstitucionalidade na tal lei da Guarda Municipal.

 

Do outro lado, o PT, demolido pelos escândalos de corrupção, agoniza nos bastidores para tentar escolher um pré-candidato competitivo para chegar ao segundo turno. Com a desistência do ex-prefeito Guilherme Menezes, a sigla está indecisa entre Zé Raimundo e Waldenor Pereira.

Um interlocutor, que preferiu não se identificar, voltou a cobrar celeridade na definição. “Não dá para esperar. ou vai ser um ou vai ser outro, mas fica na indecisão, o que só favorece a oposição. O PT não tem a prefeitura, mas age como se tivesse”, criticou o petista. Bahia Alerta


Por Ricardo Della Coletta e Fábio Fabrini | Folhapress

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo (2) que vai encaminhar ao Congresso um projeto de lei para que o ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) de combustíveis, recolhido pelos estados, tenha um valor fixo por litro.b A proposta foi anunciada no Twitter, em meio a críticas a uma suposta sanha arrecadatória dos governadores em sua política tributária para o setor.

O presidente culpou os chefes dos executivos estaduais pelo fato de os valores não baixarem nas bombas, apesar de medidas de alívio tomadas pelo governo federal.  “Pela terceira vez consecutiva, baixamos os preços da gasolina e diesel nas refinarias, mas os preços não diminuem nos postos por quê?”, questionou.  “Porque os governadores cobram, em média, 30% de ICMS sobre o valor médio cobrado nas bombas dos postos e atualizam apenas de 15 em 15 dias, prejudicando o consumidor”, respondeu em seguida.

Bolsonaro disse que, “como regra”, os governadores “não admitem perder receita, mesmo que o preço do litro nas refinarias caia para R$ 0,50 o litro”. Ele acrescentou que, diante do quadro, vai encaminhar o projeto de lei ao Legislativo e lutar “pela sua aprovação”. O presidente não deu detalhes do projeto. Adiantou apenas que pretende aprovar uma nova lei complementar para que o tributo tenha “valor fixo por litro”, e não mais seja calculado sobre a “média dos postos”.Hoje o ICMS é uma porcentagem estabelecida por cada estado.

Outras medidas vão constar da proposta, segundo o presidente, que não as detalhou. Questionado pela reportagem, o Ministério de Minas e Energia ainda não se pronunciou. Na maior parte dos estados, o cálculo do ICMS é baseado em um preço médio ponderado ao consumidor final, atualizado quinzenalmente pelos seus governos.  Isso significa que o valor final praticado pelos revendedores pode ser alterado sem que tenha havido mudança na política da Petrobras ou mesmo que o governo federal tenha tomado medidas de sua competência para baixar o valor.

Geralmente, os estados consideram a pesquisa de preços da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) para estipular o preço médio ponderado. Em alguns casos, a decisão se baseia em pesquisas próprias, a partir de notas fiscais eletrônicas de venda de combustíveis. Como noticiou a Folha de S.Paulo em dezembro, segundo especialistas, os governos estaduais vêm garantindo arrecadação extra ao não repassar ao ICMS as variações dos preços da gasolina.

Isso porque as correções do tributo não são feitas no mesmo ritmo das oscilações de valor.  A estratégia é vista pelo setor como uma manobra para enfrentar a crise financeira em detrimento do consumidor. Para Adriano Pires, diretor do CBIE (Centro Brasileiro de Infraestrutura), a mudança defendida por Bolsonaro é positiva. Ele ressalta, no entanto, que deve haver resistência dos governadores.  “Eu acho positivo porque você vai reduzir a volatilidade no preço da bomba e vai diminuir a sonegação. Mas provavelmente ele [Bolsonaro] vai ter resistência dos estados, porque o dinheiro do ICMS do combustível é uma das principais fontes de arrecadação”.

Os preços dos combustíveis são um fator importante de desgaste do governo com a população e, em especial, com os caminhoneiros, que ameaçam recorrentemente fazer paralisações por conta dos aumentos do diesel. Bolsonaro tem atribuído aos estados a responsabilidade pela manutenção dos valores em patamares mais altos que os do passado.  Os governos locais resistem em mudar sua política de tributação e devem influenciar suas bancadas no Congresso a votarem contra propostas que gerem perda de receitas.  O governador de São Paulo, Joao Doria (PSDB), possível adversário do presidente nas eleições presidenciais de 2022, afirmou em 8 de janeiro que “não se estuda e não se vai estudar” a redução de ICMS sobre combustíveis para atenuar uma eventual alta da gasolina.

Na ocasião, as tensões entre Estados Unidos e Irã pressionavam a cotação do barril de petróleo no mercado internacional e Bolsonaro sugeriu aos estados uma mudança na tributação.  “Não há a menor chance de o governo federal depositar essa conta [da alta da gasolina] nos governos estaduais. Não faz o menor sentido isso”, declarou.


A segunda-feira (3) tem sido de muitas notícias em Vitória da Conquista. No final da tarde desta segunda-feira (03), uma tragédia foi registrada na Rodovia Santos Dumont, a BR-116, próximo ao acesso para o Povoado de Itapirema. Em circunstâncias ainda não divulgadas pela Polícia Rodoviária Federal, um motociclista acabou morrendo após uma colisão com outro veículo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Resgate da ViaBahia foram acionados. A Polícia Rodoviária Federal registrou a ocorrência. O corpo passará por necropsia no Instituto Médico Legal. Blog do Anderson


Uma família moradora da Rua Antonio Carlos Magalhães, no Bairro Alto da Colina, na cidade de Potiraguá está vivendo dias de muitas dificuldades, após a Embasa cortar o abastecimento de água da residência em que eles moram.

O desligamento da água se deu por conta de dois talões que não foram pagos por falta de condições. De acordo com a proprietária, Ana Paula, a Embasa teria feito a troca do hidrômetro há dois meses atrás, e, que a partir daí os valores exorbitantes começaram a chegar. O primeiro talão que chegou após a troca veio de R$ 217.00 reais, já o segundo, veio mais que o dobro, R$ 482.26, quase R$ 500 reais. “Edyy, nós não sabemos o que fazer. Aqui em casa não tem nenhum vazamento de água. Nossa água aqui sempre veio de R$ 29 a R$ 30 reais, nunca pagamos mais que isso”. Relatou a proprietária à redação do Blog do Edyy.

Para manter a despesa da casa, a família conta apenas com R$ 300 reais do Bolsa Família, que mau mau dá para comprar os alimentos das três crianças, (filhos). O esposo de Ana Paula, que é servente de pedreiro e trabalhador rural está desempregado, o que tem dificultado ainda mais a situação familiar.

Para complicar ainda mais a situação da família, na manhã desta segunda-feira (03), chegou outro talão de água, no valor de R$ 240 reais.

Recentemente nós publicamos outra matéria (VEJA AQUI) falando sobre o assunto, no intuito que a Embasa resolvesse essa situação, mas, nada foi feito até o momento.

A família disse que vai procurar a justiça para tentar resolver esta situação.


Reprodução: Facebook

A itarantinense Kananda Santos se formou no último dia 30 de janeiro em Engenharia Civil pela faculdade ALFA – Faculdade de Almenara, a maior faculdade do baixo e médio Jequitinhonha.

Foram anos de luta e dedicação. Em sua página no Facebook, Kananda dedicou a conquista especialmente à Deus, seus pais Jailton Salomão, Iraílde Andrade e demais familiares.

Na legenda da foto acima, ela disse: venci.

| ITARANTIM ONLINE


Por meio do projeto “Movimento 65”, o radialista Rubinho Cordeiro, pré-candidato a prefeito pelo PCdoB na cidade de Itororó, foi convidado a participar de uma reunião a convite do pré candidato a vereador Cid Kley PCdoB.

A reunião aconteceu na casa de Nego e Patrícia, no bairro Gameleira, em Itororó. O radialista Rubinho Cordeito destacou que, o que há de de mais importante é exatamente ouvir a população para, então, estar ciente do que se deve fazer para dias melhores na cidade de Itororo.

Na oportunidade, o pre- candidato a vereador Cid Kley falou da necessidade da oxigenacao na política do município. Nos últimos dias, Rubinho tem crescido bastante na aceitação popular do município.