Uma ação que promoveu descontos de mais de 50% em dois postos de gasolina de Salvador causou uma enorme fila de carros, na manhã deste sábado (25), no estabelecimento localizado no Engenho Velho de Brotas.

O desconto de 53% no preço da gasolina, que foi vendida a R$ 2,09, faz parte do “Dia D” da “Campanha Feirão do Imposto”, que tem o objetivo de mostrar ao consumidor o peso dos impostos no valor final do combustível.

Foram disponibilizados 5 mil litros de gasolina, sendo que cada motorista só poderia abastecer R$ 50, enquanto motociclistas poderiam comprar R$ 20 de gasolina. Cerca de 250 veículos conseguiram combustível no posto do Engenho Velho de Brotas.

Para garantir o abastecimento, teve motorista que chegou no estabelecimento na noite de sexta-feira (24). As senhas terminaram antes das 7h deste sábado.

“A gente faz essa ação em Salvador anualmente, sempre no mês de maio, seguindo o calendário do feirão do Imposto, que é um calendário nacional que a Confederação Nacional dos Empresários (Conaje) faz para conscientizar o cidadão acerca dessa carga tributária alta. E como a gente entende que o combustível, a gasolina, é um produto fundamental ao cidadão, a gente conseguindo trazer essa ação, que ajuda a eles colocarem o combustível em um valor mais em conta, o cidadão sente no bolso, de fato, o peso dessa carga tributária que a gente paga”, afirma Maria Brasil, presidente da Associação de Jovens Empreendedores do Estado da Bahia, que realiza a ação


Vários produtores rurais baianos, ainda estão sem realizar o Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais, o CEFIR.

Os proprietários rurais do Estado da Bahia precisam fazer o Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais – CEFIR. Ele é obrigatório e, caso não seja realizado, outros serviços ambientais solicitados ao Estado não serão atendidos. Devido à importância do cadastramento.

A criação do Cadastro atende a um dispositivo na Lei Federal no 12.651/12 e representa um registro público eletrônico de âmbito estadual, que serve de auxílio para o controle e fiscalização das atividades rurais e no desenvolvimento de Políticas Públicas de gestão.

Ligue agora:

  • Dionísio José de Lima (73) 99132-8372
  • Luzivanda Guimarães (73) 99123-5670 WhatsApp

Está zerado o estoque de 24 medicamentos na rede pública de saúde da Bahia, dentre eles remédios usados no tratamento contra HIV, tuberculose, Parkinson e Alzheimer. De acordo com informações do Correio, além destes, outros 19 devem acabar em até 45 dias.

Segundo a publicação, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) atribui a escassez por falta de reposição por parte do Ministério da Saúde. “Infelizmente, a maioria dos medicamentos não possuem substituto, nem solução de abastecimento imediata”, afirmou a Sesab, em comunicado, informando ainda que notificou o governo federal sobre o problema e que levou o caso ao Ministério Público Federal (MPF).

O Ministério da Saúde, por sua vez, disse que desde janeiro realiza ações para regularizar a situação e que “muitos processos não foram iniciados no tempo devido e, por isso, as entregas estão ocorrendo de modo intempestivo”. A pasta não disse, no entanto, se a Bahia estaria incluída nesta realidade.

No estado, o ministério afirmou que “a distribuição dos medicamentos Infliximabe 10mg/ml, Tacrolimo 1mg, Trastuzumabe 150mg, Micofenolato de Mofetila 500mg e Micofenolato de Sódio, e do Imatinibe 100 mg e Imatinibe 400 mg já está regularizada” e que quanto aos demais, “a expectativa é de assinatura dos contratos de compra para regularização do abastecimento de grande parte dos fármacos ainda no mês de maio”. O Ministério da Saúde diz ainda que “está adotando uma série de medidas para evitar que essa situação aconteça novamente”. Dentre as soluções, está a ampliação dos processos licitatórios de compra para abastecimento de, no mínimo, um ano.

A maioria dos medicamentos oferecidos na rede pública são de alto custo no mercado, a exemplo do Abatacepte 125mg (R$ 2.154,50), usado contra artrite reumatoide, ou o Desatinibe 100 mg (R$5.449), para leucemia mieloide crônica. Dentre os remédios com estoque zerado estão alguns usados nos tratamentos de pacientes com Hanseníase, Hepatite, Parkinson, Esclerose Múltipla e Tecidos Transplantados.


O novo concurso público da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. (Embasa) vai oferecer 854 vagas para diversos cargos. Conforme publicação no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (23) o Conselho de Administração da empresa já autorizou o certame, em reunião ordinária realizada no dia 27 de novembro de 2018.

O próximo passo será a definição da empresa que ficará responsável pela seleção dos candidatos. O presidente do Conselho de Administração, Cícero de Carvalho Monteiro, assinou a resolução


O ciclone marítimo previsto para a região sul da Bahia neste fim de semana se aproxima do estado e foi reclassificado para tempestade tropical, segundo informações divulgadas pela Marinha do Brasil, neste domingo (24).

O monitoramento é do fenômeno natural é feito pela Marinha por meio do Centro de Hidrografia (CHM) e em colaboração com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE).

Conforme a Marinha, a depressão tropical que se formou no litoral sul da Bahia apresentou, por volta das 9h deste domingo, intensidade dos ventos de 65 km/h (35 nós) e foi reclassificada como tempestade tropical “Iba”, com centro na posição geográfica 18.5ºS 036ºW, em alto-mar, nas proximidades da cidade de Conceição da Barra (ES). O previsto, inicialmente, era que o ciclone atingisse ventos de até 89 km/h no sul e baixo sul baiano.

A expressão “Iba” significa “ruim” em tupi-guarani. Ainda de acordo com a Marinha, o deslocamento da tempestade é previsto para a direção sudoeste e os efeitos do fenômeno poderão ser sentidos no litoral sul baiano e do Espírito Santo até a terça-feira (26).

Por conta da tempestade, são esperados ventos fortes nas proximidades do litoral sul da Bahia e do Espírito Santo, podendo atingir 87 km/h (47 nós) em alto-mar, no setor Leste do ciclone, e 61 km/h (33 nós) junto à costa, durante todo o período de atuação do ciclone.

A Marinha informou, também, que há previsão de mar grosso a muito grosso, com alturas de ondas entre 3 e 5 metros em alto-mar e possibilidade de ocorrência de ressaca atingindo a costa entre Vitória (ES) e Caravelas (BA), com ondas de até 2,5 metros, até a noite de segunda-feira (25). A condição de tempo severo provocada por esse sistema ocorrerá principalmente em alto-mar, associada à chuva intensa.

A Marinha orienta que navegantes consultem as previsões para as condições marítimas antes de qualquer atividade de pesca, esporte e recreio. A consulta pode ser feita nos canais disponibilizados pelo órgão, como o site da Marinha.


As fortes chuvas e os efeitos do ciclone tropical no litoral Sul da Bahia devem permanecer até terça-feira (26), conforme o último boletim divulgado pela Marinha no final da tarde deste sábado (23).

A expectativa do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é que Salvador e Região Metropolitana sejam atingidas por chuvas fortes e muita ventania. Os ventos podem chegar até mais de 100 km/h, com ondas de até 4 metros. O Inmet informou que o ciclone pode vir do Espírito Santo.

Imagens enviadas por um leitor do site BNews mostram a ação dos fortes ventos na orla da Ribeira, na capital baiana, neste domingo.

 


Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), há possibilidade de formação de um ciclone no litoral da Bahia neste fim de semana. Veja abaixo o aviso na íntegra:

“Baixa pressão pode formar um ciclone tropical no litoral da Bahia neste fim de semana – Devido à formação de um sistema de baixa pressão atmosférica de forte intensidade no litoral sul da Bahia e norte do Espírito Santo, bem como o aumento da temperatura das águas no Oceano Atlântico, há possibilidade dessa baixa pressão transformar-se em um ciclone tropical entre os dias 23 e 24 de março de 2019. A previsão continua para chuvas intensas e ventos forte no sudeste da Bahia e rajadas de ventos forte no norte do Espírito Santo. É importante o acompanhamento das atualizações dos avisos meteorológicos especiais no site do INMET.” Clique aqui para acessar o site do INMET 

Assista ao vídeo e entenda melhor o que é um ciclone tropical.


A Bahia pode ser atingida por um ciclone tropical neste fim de semana, conforme previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). 

De acordo com o órgão, são esperados ventos que podem chegar a mais de 100 km/h. Além disso, ondas de até quatro metros podem acontecer. O ciclone ainda está em formação e pode atingir cidades do sul da Bahia e o estado do Espírito Santo.

Segundo o Inmet, o ciclone pode ocorrer devido à formação de um sistema de pressão atmosférica de forte intensidade no litoral sul da Bahia e norte do Espírito Santo, bem como o aumento da temperatura das águas no Oceano Atlântico. Há possibilidade dessa baixa pressão transformar-se em um clicone, com grandes volumes de chuva e ventos moderados a fortes.
O Instituto vai continuar monitorando a situação. Ao G1, a Marinha alertou que recomenda que embarcações de pequeno porte e pescadores evitem navegar nesse período e que praticantes de esportes aquáticos não realizem as atividades no mar. Embarcações de médio e grande porte devem redobrar a atenção quanto ao material de resgate, condições dos motores, bombas de esgoto do porão, equipamentos de rádio e outros itens de segurança


Três pessoas morreram e quatro ficaram feridas em grave acidente ocorrido na manhã desta sexta-feira (18) na BA-233, estrada que interliga os municípios de Ipirá e Itaberaba.

Conforme dados de bombeiros civis, o acidente ocorreu na localidade conhecida como ‘Curva do Incó’, na região de Ipirá, depois que o motorista perdeu o controle do veículo, saiu da pista e capotou várias vezes. O carro, uma Pajero Dakar, com licença de Andaraí, na Chapada Diamantina, ficou destruído.

acidente-em-ipir%25C3%25A1-foto-3

Ainda segundo dados preliminares, três mulheres foram arremessadas para fora do veículo e morreram no local. As outras quatro vítimas foram socorridas para a UPA do município de Ipirá. Um homem está em estado grave e outras três mulheres sofreram fraturas. As informações dão conta que as vítimas fazem parte da mesma família e que retornavam dos festejos a Senhor do Bonfim, em Salvador, quando aconteceu o acidente. As identidades das vítimas não foram divulgadas.

acidente-em-ipir%25C3%25A1-foto-1
acidente-em-ipir%25C3%25A1-foto-4
acidente-em-ipir%25C3%25A1-foto-2
Jornal da Chapada/Ipirá Notícias