Noticiamos com pesar, que no início da noite deste domingo (24), o 1° SGT PM Geraldo Silva de Almeida (50), cometeu suicídio.

De acordo informações da Polícia Militar, o disparo de arma de fogo aconteceu por volta das 19h no interior de sua residência, no bairro Cambolo, ele estava acompanhado da família.

SGT Geraldo, mais conhecido como “Caveirinha”, era muito querido por amigos, vizinhos e colegas do batalhão, desde o momento que a notícia espalhou-se nas redes sociais, mensagens de carinho e afeto foram publicadas por diversas pessoas, inclusive dos colegas do batalhão.

Geraldo era natural de Itabuna, e trabalhava em Santa Cruz Cabralia.

Redação Namidia News, com informações da ASCOM. 8ºBPM


O governador Rui Costa anunciou durante pronunciamento, nesta sexta-feira (22), a antecipação de feriados em Salvador e interior da Bahia. A informação foi divulgada em videoconferência conjunta com o prefeito da capital baiana, ACM Neto. Logo após anúncio, o governador se reuniu com os gestores de municípios do interior.

Rui definiu que duas datas de comemoração regional, o 24 de junho (São João) e o 2 de julho (Independência da Bahia), serão transferidas para os dias 25 e 26 de maio, respectivamente, em toda a Bahia. Na quarta-feira, dia 27 de maio, os municípios baianos que desejarem poderão decretar feriado municipal. Em Salvador, por exemplo, o prefeito ACM Neto antecipou o feriado de 8 de dezembro, referente aos festejos de Nossa Senhora da Conceição da Praia, para o dia 27 de maio.

Para os dias 28 e 29 de maio (quinta e sexta-feira), o Governo do Estado publicará decreto com a suspensão dos serviços não essenciais em nove cidades com mais de 100 casos confirmados da Covid-19. São elas: Salvador, Feira de Santana, Lauro de Freitas, Itabuna, Ilhéus, Jequié, Candeias, Ipiaú e Camaçari. Nesses municípios, nos dias 28 e 29 de maio, será permitido apenas o funcionamento das agências bancárias, farmácias, indústrias, limpeza pública, manutenção urbana, supermercados e outros serviços relacionados a saúde e segurança.

O governador informou que o decreto para antecipação dos feriados de alcance estadual será encaminhado à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) e há previsão para votação neste sábado (23). Rui destacou que esta antecipação tem por finalidade reduzir a taxa de disseminação do novo coronavírus, que atualmente está em pouco mais de 5% na Bahia.

“Adotamos como critério para escolha dos municípios aqueles que tenham mais de 100 casos confirmados do novo coronavírus. Entretanto, outros municípios que tenham interesse na antecipação dos feriados [para a quarta-feira, 27] poderão fazê-lo e terão o apoio do Governo do Estado no que for necessário”, explicou.


A AEBA – Associação de Árbitros da Bahia está unida com os árbitros nesse momento tão difícil, devido à pandemia de Covid-19 que estamos passando.
Já realizamos diversas ações e por ética e respeito a esses, não estamos nos vangloriando por essas e sim muito felizes em estar colaborando com os mesmos. Estamos juntos nas horas boas e nas horas ruins.
Diversos irmãos da arbitragem estão passando por sérias necessidades financeiras e a AEBA está trabalhando fortemente para auxiliá-los, fazendo a sua parte.
Estamos com uma campanha de arrecadação de alimentos e demais produtos para suprir as necessidades básicas dos mesmos.
Vamos juntos nos Unir e em um Ato de Humanidade e Solidariedade, colaborar com os mesmos.
É momento de união e não de egos.
No card abaixo, deixamos nosso telefone e e-mail para contato.
As doações podem ser realizadas na sede da AEBA no endereço: Praça Castro Alves, 01 – 05 – Centro, Salvador – BA, 40020-160.
Devido a pandemia, estamos trabalhando dentro das normas estabelecidas e solicitamos que procure-nos antes através dos nossos contatos disponibilizados, antes de se deslocar até o local!
Faça sua doação. Contamos com seu apoio!


A Rede Bahia registrou a ocorrência de oito casos positivos para o novo coronavírus (Covid-19) nas equipes de duas emisoras do grupo, a TV Santa Cruz (em Itabuna) e a TV Bahia (em Salvador). O diagnóstico dos colaboradores aconteceu após a realização de ações de monitoramento do vírus no quadro funcional de toda a rede.

As informações, obtidas pelo Bahia Notícias através de uma fonte ligada ao grupo de mídia, dão conta de que os colaboradores acometidos pela doença estão vinculados aos setores administrativo, comercial, de tecnologia e de jornalismo da afiliada no Sul da Bahia. Outras quatros pessoas, lotadas no setor de tecnologia da TV Bahia, em Salvador, também testaram positivo.

A notícia foi comunicada a todos colaboradores da empresa através de um informativo assinado pelo diretor-presidente da Rede Bahia, Paulo Cesena.

Conforme aponta a circular, medidas de intensificação do trabalho em “home office” estão sendo tomadas e uma médica acompanha a situação dos pacientes, que estão em isolamento domiciliar e permanecem bem até o momento.

O BN tentou contato com as duas emissoras na noite desta quarta-feira (20) por meio de telefonema, mas não obteve sucesso até a publicação desta nota


O Governo da Bahia recebeu uma carga com 159 respiradores mecânicos, na noite desta quarta-feira (20). O material foi desembarcado no terminal de cargas da empresa Latam em Salvador e encaminhado a um depósito para posterior esterilização. O governador Rui Costa acompanhou o desembarque dos equipamentos presencialmente.

“Com esses respiradores, nós vamos montar leitos de UTI. São respiradores que, a partir de amanhã [21], começam a ser distribuídos nas nossas unidades hospitalares em Salvador e no interior do estado, em várias regiões”, afirmou Rui durante live nas redes sociais direto do aeroporto.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, os equipamentos foram comprados de uma empresa do Rio Grande do Sul e embarcados na tarde desta quarta-feira (20) na cidade de Navegantes, em Santa Catarina. “Esses equipamentos serão distribuídos para todas as unidades da capital e interior do estado. Os respiradores foram fabricados no Brasil e têm capacidade para ventilar todos os pacientes de coronavírus, incluindo adultos, crianças e recém-natos, e também servem para transportar pacientes de uma unidade hospitalar para outra”, explicou Vilas-Boas.

Ainda segundo o secretário, a Bahia investiu mais de R$ 3,5 milhões na aquisição dos respiradores. “As partes móveis desses equipamentos serão submetidas a esterilização amanhã e no mesmo dia serão distribuídos para as unidades de saúde. A nossa previsão é de que já estejam em funcionamento na noite desta quinta-feira [21]”.

Além do material recebido na noite desta quarta-feira (20), outras duas aquisições de respiradores devem chegar ao estado nos próximos dias. Uma das compras foi feita pelo Governo do Estado e outra pela Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), totalizando 110 respiradores que virão da China. A outra compra foi feita com fornecedor da Inglaterra e tem previsão de chegada no início da próxima semana.

A gestão estadual também deve receber uma nova leva de 200 monitores, equipamentos utilizados em conjunto com os respiradores, até o dia 10 de junho. Na última terça-feira (19), o Estado recebeu 100 monitores que já foram distribuídos para as unidades de saúde.


A Bahia registra 11.013 casos confirmados de Covid-19, o que representa 17,29% do total de casos notificados no estado e 326 óbitos. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) ressalta que, nesta terça-feira (19), 2.377 casos confirmados aguardam validação dos municípios.​ Considerando o número de 11.013 casos confirmados, 2.803 recuperados e 326 óbitos, 7.884 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.​
Na Bahia, 1.724 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.​ Os casos confirmados ocorreram em 220 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (61,73%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (3.119,06), Itabuna (2.973,41), Ipiaú (2.812,11), Ilhéus (2.421,04) e Salvador (1.855,97).​
O boletim epidemiológico registra 29.133 casos descartados e 63.678 notificações em toda a Bahia. Esses dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.​
Taxa de ocupação​
Na Bahia, dos 1.293 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 683 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 53%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 527 leitos exclusivos para o coronavírus, 342 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 65%.
O número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.​
Exames​
O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 37.404 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 19 de maio de 2020. Atualmente, 3.575 amostras estão em análise laboratorial e os exames são liberados em até 48 horas.​
Óbitos​
A Sesab contabiliza 326 mortes pelo novo coronavírus. Esses números contabilizam todos os registros de janeiro até as 18h desta terça-feira (19).​
313º óbito – homem, 71 anos, residente em Salvador, comorbidades diabetes e hipertensão arterial, veio a óbito dia 13/05, em hospital da rede pública, em Salvador.​
314º óbito – mulher, 50 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, veio a óbito dia 18/05, em hospital da rede privada, em Salvador.​
315º óbito – homem, 78 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial, doenças renais crônicas em estágio avançado, diabetes, veio a óbito dia 17/05, em hospital da rede pública, em Salvador. ​
316º óbito – homem, 61 anos, residente em Salvador, comorbidade doença cardiovascular crônica, veio a óbito dia 18/05, em hospital da rede privada, em Salvador. ​
317º óbito – homem, 68 anos, residente em Salvador, comorbidade hipertensão arterial, veio a óbito dia 18/05, em hospital da rede pública, em Salvador.  ​
318º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, comorbidades obesidade e doença renal, veio a óbito dia 17/05, em hospital da rede pública.​
319º óbito –  homem, 55 anos,  residente em Salvador, comorbidade diabetes, veio a óbito dia 16/05, em hospital da rede pública, em Salvador.​
320º óbito – mulher, 55 anos, residente em Miguel Calmon, comorbidade neoplasia e hipertensão arterial, veio a óbito dia 15/05, em hospital da rede pública, em Salvador.​
321º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, comorbidade doença de Alzheimer, veio a óbito dia 08/05, em hospital da rede pública, em Salvador.​
322º óbito – mulher, 72 anos, residente em Salvador, comorbidade sequela de AVC (Acidente Vascular Cerebral), veio a óbito dia 16/05, em hospital da rede pública, em Salvador. ​
323º óbito – homem, 68 anos, residente em Salvador, comorbidade diabetes e doença cardíaca crônica, veio a óbito dia 07/05, em hospital da rede pública, em Salvador.​
324ª óbito – mulher, 54 anos, residente em Salvador, comorbidades diabetes e hipertensão arterial, veio a óbito dia 11/05, em hospital da rede pública, em Salvador.​
325º óbito – homem, 58 anos, residente em Salvador, comorbidade hipertensão arterial, veio a óbito dia 16/05, em hospital da rede pública, em Salvador. ​
326º óbito – mulher, 84 anos, residente em Salvador, comorbidade doença de Alzheimer, veio a óbito dia 18/05, em hospital filantrópico, em Salvador.​
Faixa etária​
Quanto ao sexo dos casos confirmados, 43,03% foram do sexo feminino. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 24,21% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes foi maior na faixa etária de 80 e mais (1.205,86/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa etária, seguida da faixa de 30 a 39 anos (1.162,74/1.000.000 habitantes).​
Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. O boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, está disponível no site da Sesab.

A Bahia registra 8.881 casos confirmados de Covid-19, o que representa 12,73% do total de casos notificados no estado e 312 óbitos. Cumpre ressaltar que, no dia 18 de maio de 2020, 300 casos confirmados aguardam reconhecimento dos municípios e não foram incluídos na análise do boletim, assim, constaram na análise 8.581 casos (faixa etária, sexo e tabela de municípios). Desta forma, os dados apresentados no boletim desta segunda-feira (18) consideram apenas os 8.581 casos já com definição do município.

Considerando o número de 8.581 casos confirmados, 2.407 recuperados e 312 óbitos, 5.862 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.

Na Bahia, 1.086 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 211 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (62,07%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (3.119,06), Itabuna (2.992,17), Ipiaú (2.790,31), Ilhéus (2.390,24) e Salvador (1.854,23).

O boletim epidemiológico registra 28.423 casos descartados e 69.717 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 1.246 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 662 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 53%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 518 leitos exclusivos para o coronavírus, 332 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 64%. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Exames

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 36.007 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 18 de maio de 2020. Atualmente, 3.476 amostras estão em análise laboratorial e os exames são liberados em até 48 horas.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 312 mortes pelo novo coronavírus. Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até as 18 horas desta segunda-feira (18).

296º óbito – mulher, 73 anos, residente em Canavieiras, comorbidades doença cardiovascular, doença do sistema nervoso, veio a óbito dia 12/05, em unidade da rede pública de Salvador.

297º óbito – mulher, 89 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial, diabetes, asmática, doença de Alzheimer avançada, hipotireoidismo, veio a óbito dia 17/05, em hospital filantrópico em Salvador.

298º óbito – homem, 81 anos, residente em Salvador, comorbidade doença de Parkinson, veio a óbito dia 12/05, em hospital da rede privada de Salvador.

299º mulher, 66 anos, residente em Itiuba, comorbidades hipertensão arterial e neoplasia, veio a óbito dia 04/05, em hospital da rede pública de Salvador.

300º óbito – mulher, 54 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, veio a óbito dia 16/05, em hospital da rede filantrópica de Salvador.

301ª óbito – mulher, 63 anos, residente em Salvador, comorbidades doença pulmonar obstrutiva crônica, hipertensão arterial, obesidade, veio a óbito dia 12/05, em hospital da rede pública, em Salvador.

302º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial e doença de Alzheimer, veio a óbito dia 13/05, em hospital da rede pública em Salvador.

303º óbito – homem, 65 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial e diabetes, veio a óbito dia 16/05 em hospital filantrópico em Salvador.

304º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial, diabetes, doença cardiovascular, veio a óbito dia 17/05, em hospital filantrópico em Salvador.

305º óbito – mulher, 88 anos, residente em Salvador, comorbidades neoplasia e hipertensão arterial, veio a óbito dia 17/05, em hospital filantrópico, em Salvador.

306º óbito – mulher, 77 anos, residente em Salvador, comorbidades doença cardiovascular e diabetes, veio a óbito dia 16/05, em hospital filantrópico, em Salvador.

307º óbito – homem, 52 anos, residente em Dias D’Ávila, comorbidade doença cardiovascular crônica, veio a óbito dia 09/05, em hospital filantrópico, em Salvador.

308º óbito – mulher, 75 anos, residente em Lauro de Freitas, comorbidade doença cardiovascular crônica, veio a óbito dia 09/05, em hospital da rede privada, em Lauro de Freitas.

309º óbito – mulher, 55 anos, residente em Salvador, comorbidades não informado, veio a óbito dia 13/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

310º óbito – homem, 81 anos, residente em Salvador, comorbidades não informado, veio a óbito dia 12/05, em hospital da rede pública, em Salvador.

311º óbito – homem, 79 anos, residente em Salvador, comorbidades não informado, veio a óbito dia 14/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

312º óbito – homem, 61 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, veio a óbito dia 07/05, em hospital da rede pública, em Salvador.

Faixa etária

Quanto ao sexo dos casos confirmados, 43,21% foram do sexo feminino. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 26,86% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes foi maior na faixa etária de 80 e mais (1.038,71/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa etária, seguida da faixa de 30 a 39 anos (1.074,74/1.000.000 habitantes).

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui.

Critérios para os exames da Covid-19

No Sistema Único de Saúde (SUS), a coleta de amostras para a realização do exame RT-PCR, que é o padrão ouro para a identificação do genoma viral, deve ocorrer em cinco situações: pacientes internados com suspeita de coronavírus, independente da gravidade; pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG); profissionais de saúde com síndrome gripal suspeitos de Covid-19 ou que tenham tido contato com casos confirmados de coronavírus, mesmo que assintomáticos; pacientes que foram a óbito com suspeita de Covid-19, cuja coleta não pôde ter sido realizada em vida; e em indivíduos institucionalizados durante investigação de surtos da doença.

Já o teste rápido, que detecta os anticorpos, deve ser utilizado em pacientes com quadro clínico-epidemiológico compatível com a Covid-19; profissionais de segurança pública e de saúde em atividade, independente de sintomas; contato domiciliar de profissional de saúde ou de segurança pública em atividade, independente dos sintomas; pessoas com 60 anos ou mais, sintomáticos ou não, residentes em instituições de longa permanência de idosos ou portadores de comorbidades de risco para complicação da Covid-19


Vinte e quatro municípios do interior da Bahia com Unidades de Pronto Atendimento (UPA) dedicadas a pacientes suspeitos de coronavírus (Covid-19) receberão 26 ambulâncias do Governo do Estado. A ação reforça o combate à epidemia e dá mais segurança e agilidade, caso haja necessidade de transferências para unidades de maior complexidade.

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, afirma que foram investidos cerca de R$ 4 milhões na aquisição dos veículos do tipo picape. “Já entregamos 12 unidades e, nesta semana, faremos as demais entregas, que foram uma determinação do governador Rui Costa”, ressalta o secretário.

Os municípios contemplados são: Alagoinhas, Barreiras, Brumado, Camacan, Conceição do Coité, Cruz das Almas, Esplanada, Gandu, Ilhéus, Ipiaú, Irecê, Itabuna, Itacaré, Jaguaquara, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Morro de Chapéu, Paulo Afonso, Porto Seguro, Santa Maria da Vitória, Serrinha, Tucano e Itaparica.


A cidade de Guanambi a 43 KM de Caetité que havia relaxado as medidas de isolamento social com abertura de comércio, lojas , igrejas e até academias, sofreu um grande impacto nesta sexta-feira (15/05) com a descoberta de 13 casos de coronavírus na cidade, Os casos positivos  foram evidenciados através de  testes rápidos feitos em operários de uma empresa de construção de uma  linha de transmissão de energia na região da cidade. Esses operários que no total soma 120 estavam alojados em um hotel próximo a rodoviária da Guanambi e estavam circulando livremente pelas ruas da cidade.

Com a notícia dos casos de COVID-19, a reação foi imediata e o prefeito Jairo Magalhães voltou atrás e fechou todo o comércio da cidade, através do decreto 761 de 15 de maio de 2020. A partir do dia 17 de maio os estabelecimentos não essenciais estão proibidos de abrirem suas portas em Guanambi. Nas redes sociais o prefeito Jairo, vem sendo criticado duramente por relaxar as medidas de isolamento social.


A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) publicou nesta semana um novo manual que detalha o passo a passo para a notificação dos casos suspeitos do novo coronavírus (Covid-19) pelas prefeituras e unidades de Saúde. O documento também define os critérios a serem adotados para a coleta de material biológico e o tipo de teste adequado para cada situação.

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, ressalta que “diante de um resultado positivo de teste rápido ou RT-PCR, a notificação deve ser feita imediatamente pelas instituições de saúde do setor público ou privado, em todo o território nacional”, explica Vilas-Boas.

O documento elaborado pela Sesab esclarece que o teste rápido deve possuir registro na Anvisa e ser validado pelo Instituto Nacional e Controle e Qualidade em Saúde (INCQS). “Além disso, o resultado deve ser interpretado por um médico”, afirma a diretora da Vigilância Epidemiológica da Bahia, Márcia São Pedro.

Critérios para os exames da Covid-19

No Sistema Único de Saúde (SUS), a coleta de amostras para a realização do exame RT-PCR, que é o padrão ouro para a identificação do genoma viral, deve ocorrer em cinco situações: pacientes internados com suspeita de coronavírus, independente da gravidade; pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG); profissionais de saúde com síndrome gripal suspeitos de Covid-19 ou que tenham tido contato com casos confirmados de coronavírus, mesmo que assintomáticos; pacientes que foram a óbito com suspeita de Covid-19, cuja coleta não pôde ter sido realizada em vida; e em indivíduos institucionalizados durante investigação de surtos da doença.

Já o teste rápido, que detecta os anticorpos, deve ser utilizado em pacientes com quadro clínico-epidemiológico compatível com a Covid-19; profissionais de segurança pública e de saúde em atividade, independente de sintomas; contato domiciliar de profissional de saúde ou de segurança pública em atividade, independente dos sintomas; pessoas com 60 anos ou mais, sintomáticos ou não, residentes em instituições de longa permanência de idosos ou portadores de comorbidades de risco para complicação da Covid-19.

Para acessar a nota técnica na íntegra, clique aqui.