Veracel Celulose divulga editais para contratação de:

Auxiliar de Serviços Gerais

Ensino fundamental completo (antiga 8ª série);
Vivência em atividades de serviços gerais em processos florestais;
Disponibilidade para residir em outro estado ou cidade;
Disponibilidade para viagens.

Operador Máquina Colheita I

Ensino fundamental completo (antiga 8ª série);
Imprescindível apresentação de Comprovante de Formação (Certificado) no Curso Operação de Máquinas Florestais;
Carteira de Habilitação (CNH) – Categoria a partir de C;
Vivência comprovada em Operação de Máquinas Florestais (Harvester, Forwarder);
Disponibilidade para residir em outro estado ou cidade;
Disponibilidade para viagens.

Operador Máquina Colheita II

Ensino médio completo (antigo 2º grau);
Imprescindível apresentação de Comprovante de Formação (Certificado) no Curso Operação de Máquinas Florestais;
Carteira de Habilitação (CNH) – Categoria a partir de C;
Vivência comprovada em Operação de Máquinas Florestais (Harvester, Forwarder);
Disponibilidade para residir em outro estado ou cidade;
Disponibilidade para viagens.

Abaixo, informações para inscrições às vagas:

Os interessados às vagas devem cadastrar currículo até o dia 06/02/2020, acessando www.vagas.com.br/veracel.  Localize a opção “Conheça as nossas vagas” – Clique no título da vaga para ter acesso às informações detalhadas e como candidatar-se. Depois, clique em “Candidatura”. A candidatura à vaga só é possível após o cadastro das informações no site.

A Veracel é uma empresa que se preocupa com a inclusão. Todas as vagas também são destinadas a candidatos com deficiências. Via41


Em nota ao BLOG DO ANDERSON na manhã desta quarta-feira (29), a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB) nega a informação sobre a existência de caso suspeito de infecção pelo Coronavírus. Em 28 de janeiro, foi notificada a existência de um paciente internado em Jacaraci, no Centro Sul Baiano, com quadro de infecção respiratória e história de viagem ao Japão, com escala nos Estados Unidos da América. O paciente foi transferido para o Instituto Couto Maia, referência estadual em doenças infecciosas, e a avaliação inicial não preenche critérios para enquadrar como caso suspeito de infecção pelo coronavírus.

Todas as medidas habituais de isolamento para casos suspeitos de infecção por vírus do grupo influenza (H1N1, H3N2, Influenza B) estão sendo tomadas. Ressalta-se que apenas no ano de 2019 foram confirmados na Bahia 1.821 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por vírus respiratórios, com 132 óbitos. Toda a rotina laboratorial para diagnóstico de casos semelhantes está sendo conduzida pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA).

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:
• evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
• realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
• utilizar lenço descartável para higiene nasal;
• cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
• evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
• higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
• não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
• manter os ambientes bem ventilados;
• evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
• evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.
• profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção). Foto e redação: Blog do Anderson


A pequena Hellen Sandy, da cidade de Teixeira de Freitas, extremo sul baiano, em sua apresentação nesta tarde de domingo, 26/01, emocionou todos os jurados do programa e deixou a platéia de pé bradando o seu nome.

Com 11 anos, Hellen Sandy interpretou a bela canção: “Tente Outra Vez”, do saudoso Raul Seixas, e encantou a todos, especialmente os técnicos jurados que não se contiveram em elogios: “maravilhosa, esplêndida, sua disciplina e potencial de voz é de uma profissional”, comentou Carlinhos Brown, um dos jurados.

A menina veio de Teixeira de Freitas, na Bahia e terminou a apresentação com uma performance encantadora com um passo de balé. Hellen virou todas as cadeiras e seguiu para o Time Simone & Simaria.

A versão infantil do programa de música exibido aos domingos pela Rede Globo, conta com talentos mirins, que após as audições às cegas formam os times dos jurados Claudia Leitte, Simone e Simaria e Carlinhos Brown.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1757079874423221&id=912407275557156


Em Assembléia, os Policiais Civis e Policiais Penais baianos decidiram nesta terça-feira, 21, aprovação do estado de greve e paralisação por 48 horas a partir da próxima segunda-feira, 27. As categorias protestam contra a reforma da Previdência estadual, Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 159/2020.

O presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários(Sinspeb), Reivon Pimentel, destacou que os Servidores Penitenciários e Policiais Penais serão extremamente afetados com a reforma, pois pretende retirar o direito à integralidade e a paridade. O valor pensão por morte e do abono permanência também serão reduzidos.

“Nós Policiais Penais exigimos do governo do estado um tratamento isonômico em relação à Polícia Militar. Aos policiais militares foi garantido integralidade, paridade, 100% da pensão por morte. Além disso, hoje um Policial Civil e um Policial Penal que estão no fim da carreira recebem um salário em torno de R$ 6.000 a R$ 7.000,00. Se for aplicada essa média que contém na PEC, o salário será reduzido para cerca de R$ 4.500 do servidor que está no fim da carreira”, informou Reivon.

Em contato com a reportagem do Portal A TARDE, foi informado que, caso não seja acatado as reivindicações da categoria, existe a possibilidade de convocação de uma assembleia extraordinária para decretar greve geral por tempo indeterminado.

“Estamos aguardando que o governo possa atender essas reivindicações até sexta-feira, para que não tenhamos que lançar mão deste último recurso, que é paralisação e greve. Lembrando que nessa sexta terá outra audiência para avaliar a situação. Caso seja atendido, iremos abortar as paralisações deliberadas”, concluiu o sindicalista.

De acordo com a Secretaria de Comunicação Social do estado (Secom), não existe a possibilidade de atender as pautas solicitadas pela categoria, uma vez que as mesmas são consideradas inconstitucionais. “O debate em torno da necessidade de mudanças na previdência sempre foi público e permanente, com participação do funcionalismo público. Ressalta, ainda, que o projeto original elaborado pelo Governo do Estado foi modificado e reenviado à Assembleia Legislativa após sugestões feitas por diversas categorias em diálogo com deputados estaduais”, informou a secretaria.


A Marinha do Brasil, em nota à imprensa nesta terça-feira (21), informou a previsão de formação de um ciclone “com possíveis características subtropicais” a partir da manhã da próxima quinta (23), entre o norte do Rio de Janeiro e o sul do Espírito Santo, em alto-mar, gerando efeitos também em toda a costa entre Santa Catarina e o sul da Bahia.

Segundo o comunicado, o ciclone deverá afetar as condições do mar e de tempo no sul da Bahia, entre os próximos dias 23 e 25. São previstos ventos de até 87 km/h ao sul do município de Caravelas. Entre Caravelas e Ilhéus, a Marinha do Brasil prevê ventos com intensidade de até 61 km/h. As ondas nessas localidades podem alcançar de três a quatro metros de altura.

“A formação do ciclone está associada ao estabelecimento de uma zona de convergência sobre uma região em que a temperatura da superfície do mar está sendo observada entre 26°C e 27°C”, explica a Marinha.

Caso o fenômeno alcance ou supere 63 km/h, o ciclone classificado como tempestade subtropical, nomeada “Kurumí”, que significa “menino” em tupi-guarani. BN


A desembargadora Dinalva Gomes Laranjeira Pimentel, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), suspendeu etapas do concurso da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), que está marcado para os domingos 19 e 26. A decisão determinou a suspensão do concurso, após a realização das provas objetivas e discursivas, até o julgamento final do mérito. Assim, está mantida a aplicação das provas.

De acordo com o edital, o concurso seria composto por três etapas iniciais, sendo elas: provas objetivas, discursiva e de títulos. Os dois primeiros exames serão realizados no dia 26 de janeiro de 2020, em Salvador.

O pedido de suspensão do concurso foi feito pela Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA) devido a supostos erros nos editais de concurso público. O TJ-BA concedeu a liminar favorável ao pedido de mandado de segurança coletivo para a correção de falhas.

De acordo com argumentação enviada pela DPE/BA, os editais citados “violam os direitos dos candidatos, bem como os princípios constitucionais da dignidade da pessoa humana, razoabilidade, proporcionalidade, isonomia e igualdade de gênero, uma vez que há exigência de exames invasivos para as candidatas, o que não acontece com os concursandos homens”.

Entre os temas do edital questionados pela Defensoria estão a exigência de exames ginecológicos admissionais considerados invasivos, a impossibilidade de remarcação do Teste de Aptidão Física (TAF) para gestantes, a desproporcionalidade das vagas quanto ao gênero e o momento da comprovação da idade máxima para aprovação no concurso.

A Defensoria já havia anteriormente ajuizado uma Ação Civil Pública referente ao concurso de Oficiais da PM e do Corpo de Bombeiros Militar, elaborada pelos defensores públicos Fábio Pereira e Paloma Rebouças, sob acompanhamento do defensor Luiz Carlos de Assis Júnior, sendo direcionada à Vara da Fazenda Pública da Comarca de Salvador.A Secretaria da Administração do Estado (Saeb), emitiu nota salientando que “não foi notificada a respeito da decisão judicial”, e que “assim que o Estado for notificado, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) adotará as medidas jurídicas cabíveis”.


A Justiça da Bahia aceitou o pedido da Defensoria Pública do Estado para a correção de falhas nos editais de concurso público para provimento dos cargos para soldado da Polícia Militar da Bahia (PMBA) e para o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) e de Oficiais de Saúde da PM da Bahia.

A decisão, proferida pela desembargadora Dinalva Gomes Laranjeira Pimentel, determinou, na última quinta-feira (16), a suspensão do concurso, após a realização das provas objetivas e discursivas, que serão aplicadas nos dias 19 e 26 de janeiro, até o julgamento final do mérito.

Segundo a argumentação, os editais citados “violam os direitos dos candidatos, bem como os princípios constitucionais da dignidade da pessoa humana, razoabilidade, proporcionalidade, isonomia e igualdade de gênero, uma vez que há exigência de exames invasivos para as candidatas, o que não acontece com os concursandos homens”.

Além disso, a DPE questiona a exigência de exames ginecológicos admissionais considerados invasivos, a impossibilidade de remarcação do Teste de Aptidão Física (TAF) para gestantes, a desproporcionalidade das vagas quanto ao gênero e o momento da comprovação da idade máxima para aprovação no concurso.

 

A DPE já havia ajuizado uma Ação Civil Pública referente ao concurso de Oficiais da PM e do Corpo de Bombeiros Militar, direcionando à Vara da Fazenda Pública da Comarca de Salvador. Mas, por causa da urgência da demanda, foi ajuizado mandado de segurança coletivo pelos defensores públicos Fábio Pereira e Paloma Rebouças, sob acompanhamento pela Instância Superior da DPE/BA, por meio da defensora pública Clécia Souza Moura, em relação aos concursos de Soldado e Oficiais de Saúde, no qual foi concedida liminar pela desembargadora Dinalva Gomes Laranjeira Pimentel.


Após receberem denúncia sobre maus tratos de animais em uma residência na rua Tenente Mario dos Santos, no bairro Primavera, na cidade de Cruz das Almas, policiais da 27ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) resgataram, junto com a Associação para Proteção dos Animais (Apaca), dez cachorros abandonados (duas cadelas adultas e oito filhotes).

“Estavam em uma residência abandonada. Não temos informações de quem mantinha os animais sem água e ração suficientes”, contou o comandante da 27ª CIPM, major Marcos David.

Ainda segundo ele, ajudar os animais também é papel da Polícia Militar. “Nossa missão é complexa. Não podemos cruzar os braços diante da situação em que os animais se encontravam e continuaremos buscando os autores dos maus tratos junto com a Polícia Civil”, afirmou o oficial.

Sílvio Ferreira, um dos integrantes da Apaca, relatou que, segundo informações iniciais, o dono do imóvel mora em Salvador. “Após relatos de vizinhos, descobrimos que ele visita uma vez por semana o local, coloca água e comida. Porém, nesta semana, não foi. Um filhote já estava morto e a cadela não tinha mais leite pois estava desidratada e desnutrida”, disse, agradecendo o apoio das polícias Militar e Civil.

O caso foi registrado na Delegacia Territorial de Cruz das Almas e os animais encaminhados para a Apaca. Quem desejar ajudar os cachorros com rações e remédios basta entrar em contato com a associação através do número (75) 98315-9515.

 


O governador Rui Costa (PT) pediu para a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) retirar a reforma da Previdência para servidores, agentes penitenciários e policiais civis da pauta de votação. O pleito do petista ocorre após decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) que mandou suspender a apreciação do texto.

“Solicito que sejam retirados de tramitação a Proposta de Emenda Constitucional nº 158/2019 que modifica regras relativas ao Regime Próprio de Previdência Social dos servidores públicos civis do Estado da Bahia e dá outras providências, e o Projeto de Lei nº 23.722/2020, que altera a Lei nº 6.677, de 26 de setembro de 1994, e a Lei nº 11.357, de 06 de janeiro de 2009, e dá outras providências”, diz trecho do ofício publicado no Diário Oficial do Legislativo desta terça-feira (14).

Com a mensagem, Rui retirou da pauta a PEC suspensa por liminar e o projeto de lei que alteravam trechos do estatuto do regime de previdência do estado.

TRAMITAÇÃO
A PEC da Previdência chegou ao Legislativo em dezembro de 2019, no dia em que a AL-BA entrou em recesso. Com um plenário vazio, com um pouco mais de cinco deputados, o parlamento aprovou de surpresa um requerimento de prioridade para PEC da Previdência.

A tramitação da matéria foi questionada pelo deputado estadual Hilton Coelho (PSOL) e suspensa em decisão liminar do Tribunal de Justiça do Estado, após a desembargadora Rosita Falcão de Almeida Maia entender que não foram respeitados os prazos para a adição de emendas quando a proposta teve regime de prioridade aprovado no final de dezembro do último ano.

CONVOCAÇÃO
O governador convocou a Assembleia Legislativa em caráter extraordinário para votar a PEC da Previdência e outros projetos. Os 63 deputados estaduais voltaram ao trabalho nesta segunda (13) para votar seis projetos do Poder Executivo durante as férias parlamentares e por isso recebem até R$ 50 mil de “ajuda de custo”. O valor corresponde a dois salários de deputados, um pago no início da convocação e outro no fim.


O Governo do Estado convoca nesta sexta-feira (10) os 112.335 candidatos inscritos no concurso público para soldado da Polícia Militar da Bahia e Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, aptos a participarem das provas do certame. A publicação, disponível no Diário Oficial do Estado (DOE), traz as principais informações, como data da prova, horário, duração e orientações. O edital de convocação também pode ser consultado no Portal do Servidor e no site da organizadora do certame, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

As provas objetivas e discursiva contemplam a primeira e a segunda etapas do concurso, sendo aplicadas no dia 19 de janeiro, turno matutino, em 183 locais de prova, distribuídos entre as cidades de Salvador, Feira de Santana, Juazeiro, Ilhéus, Vitória da Conquista, Barreiras e Itaberaba – 45 deles só na capital. Com duração de cinco horas, a avaliação contará com 80 questões, entre gerais e específicas, além de uma redação. Os candidatos poderão levar o caderno de questões depois de transcorridas 4h30 de prova.

As provas terão início às 9h15, com abertura dos portões às 8h. É recomendável que os candidatos compareçam aos locais de prova pelo menos uma hora antes do fechamento dos portões, marcado para as 9h. O cartão de convocação, com informações sobre local de prova, deverão ser consultados pelos candidatos no site da IBFC, a partir das 15h do dia 10 de janeiro.

O acesso às salas será permitido mediante a apresentação do documento de identificação oficial com foto, impresso e em bom estado de conservação, além do cartão de convocação. O candidato deverá comparecer à prova portando caneta esferográfica, na cor azul ou preta, de material transparente.

É vetado o uso de materiais de consulta, bem como portar quaisquer equipamentos eletrônicos de comunicação, como celulares, notebooks, relógios, controle de carro, pendrive, fones de ouvido, entre outros, mesmo que desligados. Óculos escuros, bolsas, sacolas, bonés e similares também não poderão ser utilizados durante a prova. Objetos pessoais serão guardados em locais indicados pelos fiscais de prova. Outras regras poderão ser consultadas no edital de convocação.

Por meio do certame, lançado em outubro de 2019, a administração estadual vai disponibilizar 2 mil vagas para soldado da Polícia Militar e outras 500 vagas para o Corpo de Bombeiros Militar, totalizando 2,5 mil oportunidades. Mil policiais militares e 250 bombeiros militares terão ingresso em 2020. O excedente será incorporado ao serviço público em 2021. De acordo com o Decreto Estadual nº 15.353/2014, 30% das vagas ofertadas são reservadas a candidatos que se autodeclararem negros. O certame tem validade de um ano e as convocações irão observar a necessidade da administração pública.