O governador Rui Costa anunciou hoje (13) o envio de um projeto de lei para ajuda financeira aos estudantes da rede estadual de ensino em substituição ao repasse de merenda escolar. Segundo Rui, serão investidos R$ 44 milhões no envio direto de vale alimentação a 800 mil jovens.


Entre quinta (9) e sexta-feira (10), ponto facultativo e feriado respectivamente, 23 pessoas foram assassinadas e três sofreram tentativa de homicídio em Salvador e Região Metropolitana. A alta taxa vai na contramão do isolamento social decretado por conta do novo coronavírus, uma vez que, 4% das ocorrências aconteceram dentro da própria residência da vítima. Os demais foram alvejados e surpreendidos em via pública.

Na RMS, 30% dos casos foram registrados, o que equivale a sete homicídios, o município campeão foi Camaçari (4); Simões Filho (1); Candeias (1) e Arembepe (1).

Salvador liderou as mortes violentas nesse período com 70% dos homicídios. Os bairros Fazenda Grande do Retiro (2 casos), Itacaranha, Uruguai, Via Parafuso, Mata Escura, Valéria, Sussuarana, Liberdade, Paripe (2 casos), Pernambués, Estrada Velha do Aeroporto, Lobato, Boa Vista do Lobato e Capelinha de São Caetano.

Em comparação ao mesmo período festivo do ano passado, quando 15 pessoas foram mortas nessas localidades, houve um aumento de 53%, conforme apurado pelo BNews com os dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). A Polícia Civil vai investigar as autorias e motivações. BNews


O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de chuvas para vários municípios da Bahia. O alerta entrou em vigor na manhã deste sábado (11) e vai até as 10hs deste domingo (12).

A previsão é de chuvas intensas de até 50 milímetros, e baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Para Potiraguá, a previsão é de 35 milímetros de chuva para este sábado e 30 no domingo. A mesma quantidade está prevista para a vizinha cidade de Itarantim; Confira aqui a previsão do tempo para Potiraguá e (Itarantim)


Anúncios





Os baianos que desejarem solicitar o beneficio da Tarifa Social de Energia junto a Coelba poderá fazê-lo, a partir desta segunda-feira (13), através do celular, utilizando o aplicativo Whatsapp. Tem direito ao benefício as famílias inscritas no Cadastro Único para programas sociais do governo federal, com renda mensal por pessoa menor ou igual a meio salário mínimo nacional. O contato via aplicativo pode ser feito pelo telefone (71) 3370-6350.

Para se cadastrar, basta informar o número da conta contrato da Neoenergia e o NIS – Número de Identificação Social. A concessionária então fará a confirmação no banco de dados do governo federal. Após a confirmação dos dados, o prazo para inclusão na Tarifa Social de Energia é de cinco dias úteis e o cliente passa a ter o benefício na fatura do mês seguinte a aprovação.

Para o beneficiário que não é o titular da conta contrato, será necessária a inclusão do CPF e do RG do portador do NIS. Neste caso, é necessário fotografar a documentação e enviar pelo WhatsApp, juntamente com o número do NIS. O cadastramento também pode ser realizado pelo site da concessionária: www.neoenergia.com.

O governador Rui Costa (PT) sancionou, esta semana, a lei que anistia da conta de luz famílias que têm consumo mensal de até 100 quilowatt (kW) por mês e que possuam cadastro social na Coelba. A proposta, que integra o pacote de medidas do Estado da Bahia para o enfrentamento ás consequências da pandemia do novo coronavírus, deverá beneficiar cerca de mil pessoas.


O governador Rui Costa decretou o estado de calamidade púbica para toda a Bahia, a partir desta sexta-feira (10). O decreto foi publicado hoje no Diário Oficial. De acordo com a publicação, fica autorizada a mobilização de todos os órgãos estaduais, “para envidar esforços no intuito de apoiar as ações de resposta ao desastre, reabilitação do cenário e reconstrução”.

Até a quinta-feira (9), a Bahia registrou 568 casos confirmados do novo coronavírus e 19 mortes. Ao todo, 146 pessoas estão recuperadas e 51 encontram-se internadas, sendo 26 em UTI. Até o momento, 3.404 casos foram descartados e houve 19 óbitos, sendo 11 no município de Salvador e oito nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1). Os casos confirmados estão distribuídos em 63 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (54,93%

O governador ainda decretou nesta sexta, a suspensão do transporte intermunicipal em mais quatro municípios, totalizando 73.

Fonte: Bnews


O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, anunciou nesta quarta-feira (8) que o Governo do Estado vai liberar, mediante prescrição médica, o uso da associação dos medicamentos hidroxicloroquina e azitromicina para pacientes internados no Sistema Único de Saúde (SUS) com diagnóstico positivo para coronavírus (Covid-19). A deliberação ocorreu durante reunião da comissão científica criada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) para analisar as evidências científicas envolvendo a Covid-19.

De acordo com Vilas-Boas, que preside a comissão, “a recomendação é que os pacientes hospitalizados recebam os medicamentos o mais precocemente possível após a internação”,  ao apontar que temos estoque suficiente para atender até 50 mil pacientes.

 

O infectologista e presidente do Comitê Estadual de Combate ao Coronavírus, Antônio Bandeira, destaca que “outras alternativas terapêuticas também serão disponibilizadas para emprego no tratamento de pacientes hospitalizados, tais como Ivermectina e Tocilizumabe”.

 

O pesquisador e infectologista Roberto Badaró, integrante do Comitê Científico do Consórcio Nordeste e diretor do Instituto de Ciências da Saúde do Cimatec, explica como funciona a adoção de protocolos. “Há uma evolução muito grande nos modos de tratamento, visto que é uma doença nova e estamos aprendendo como realmente é a epidemia. Os especialistas procuram organizar protocolos de tratamento para não prejudicar os pacientes com remédios experimentais, nem com tentativas desesperadoras de salvar o paciente. Mas a experiência já acumulada nos direciona pra saber quem deve tomar hidroxicloroquina, quem não deve, quem deve ficar em casa e quem deve ser hospitalizado e tratado o mais precocemente possível. E isso só consegue ser ordenado se fizermos esses protocolos. E eles são feitos por quem tem experiência e responsabilidade com a saúde pública”, detalha.

Participam também do comitê técnico-científico, a subsecretária da Saúde, Tereza Paim, o diretor geral de Gestão das Unidades Próprias, Igor Lobão, a infectologista e diretora geral do Instituto Couto Maia, Ceuci Nunes, o pneumologista Sérgio Jezler e o superintendente de Assistência Farmacêutica, Ciência e Tecnologia em Saúde, Luiz Henrique d’Utra. Fonte: Bahia Notícias


O mais novo Boletim sobre a Covid-19 na Bahia aponta que o estado já registrou 515 casos da doença, com 128 pessoas recuperadas e 18 mortes até a tarde desta quarta-feira (8).

Até o momento, 3.404 casos foram descartados e houve 18 óbitos, sendo onze do município de Salvador e sete nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Ipiaú (1) e Uruçuca (1). Os dois últimos óbitos são de mulheres de 72 e 63 anos, sendo residentes em Ipiaú e Uruçuca, respectivamente. Ambas eram cardiopatas e estavam internadas em hospitais públicos.

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta quarta-feira (8). Ao todo, 128 pessoas estão recuperadas e 50 encontram-se internadas, sendo 28 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Os casos confirmados estão distribuídos em 59 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (56,31%). A mediana de idade é 40 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 26,80% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (6,87/100.000 hab), indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária.


A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia (SDE) informa que está acompanhando de perto o anúncio de aviso prévio dado pela fábrica de calçados Renata Melo, do Grupo Suzana Santos, aos funcionários das seis unidades instaladas na Bahia, nos municípios de Maiquinique, Itarantim, Potiraguá, Macarani e Itapetinga (duas plantas).

Em reunião com o presidente da empresa, foi informado à SDE que as fábricas
seguirão funcionando e que as demissões só se efetivarão, em 30 dias, caso não
mude o cenário da crise econômica, gerado pela pandemia do Covid-19. O grupo garantiu que a decisão não significa o fim das atividades na Bahia, mas uma pausa para que funcionários se previnam do novo coronavírus e a empresa se recupere economicamente. Também assegurou que, caso se confirme as demissões, todos os direitos trabalhistas serão pagos.

A SDE comunica que está dedicando todos os esforços e buscando medidas para que a operação dessas unidades fabris não sejam interrompidas.


A Bahia registra 437 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 6,7% do total de casos notificados. Até o momento, 2.511 casos foram descartados e houve dez óbitos, sendo 08 no município de Salvador (05 idosos do sexo masculino, 01 idosa do sexo feminino, 01 pessoa do sexo masculino de 55 anos e 01 pessoa de 41 anos do sexo feminino), 01 óbito no município de Utinga (sexo masculino, 80 anos) e 01 no município de Itapetinga (sexo feminino, 28 anos). A letalidade foi de 2,28%.

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta segunda-feira (6). Ao todo, 83 pessoas estão recuperadas e 46 encontram-se internadas, sendo 26 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

A mediana de idade é 40 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 26,77% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (5,92/100.000 hab), indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária.

Os casos confirmados estão distribuídos em 51 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (59,95%).

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, clique aqui.

As unidades de saúde devem realizar a coleta de amostras somente quando o caso suspeito de Covid-19 se enquadrar nos critérios abaixo:

1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas.
Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.

Distribuição de casos e óbitos confirmados por municípios na Bahia


Único paciente confirmado para o coronavírus em Jequié recebe alta e sai da quarentena

O único paciente positivado para o coronavírus em Jequié já cumpriu a quarentena e pode voltar as atividades sociais.

Juvenal Gonçalves Maia Neto publicou em sua rede social um comunicado dizendo que foi submetido ao reteste e deu negativo para o COVID 19.

Mesmo estando liberado e sem ter desenvolvido os sintomas do coronavírus, Juvenal disse que ele e a família vão permanecer em isolamento social, como preconiza os médicos.

No comunicado ele aproveitou para agradecer os colaboradores da empresa e amigos da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro que estiveram o tempo todo em oração pela sua saúde. Juvenal contraiu o COVID 19 durante uma viagem realizada a São Paulo.

Fonte: Junior Mascote