As manchas de óleo que atingem o litoral nordestino desde o dia 30 de agosto, chegaram ao sul da Bahia neste sábado (19) e atingiram dois dos principais destinos turísticos da região: Itacaré (248 km de Salvador) e Ilhéus (310 km da capital), informa a Folha de S.Paulo.

“Em Itacaré, as manchas foram identificadas nas praias de Itacarezinho, Tiririca e Resende. As três estão entre as praias mais famosas do sul da Bahia e são conhecidas por ser um dos melhores pontos do litoral brasileiro para a prática de surfe. Em Ilhéus, pequenas manchas foram encontradas na praia de Olivença, uma das mais frequentadas pelos turistas”, informa a reportagem.


A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) decidiu, em assembleia da categoria realizada nesta terça-feira (8), decretar greve em todo o estado. De acordo com o deputado estadual Soldado Prisco (PSC), que conduz o movimento, a mobilização deflagrada, chamada de “segurança por segurança”, conta com a adesão de 10 mil policiais que votaram por unanimidade pela greve. A Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) nega a existência de um movimento paredista e trata a mobilização como um “pequeno movimento”.

“Vocês que estão nos quartéis, fiquem nos quartéis, pois não tem segurança para você na rua”, declarou Prisco em vídeo compartilhado nas redes sociais. O deputado estadual conclamou os policiais a aderirem ao movimento e permanecerem na sede da Associação Desportiva e Cultural da Coelba (Adelba).

Os policiais reivindicam, entre outros pontos, melhorias do Planserv, reforma do estatuto, reajuste do auxílio alimentação, um novo plano de carreira e Isenção de ICMS para aquisição de arma de fogo. Na última semana, o comandante-geral da PM, Anselmo Brandão, negou o movimento. Sobre a possibilidade de greve por parte da PM-BA, Brandão amenizou e disse que “não somos irresponsáveis para parar uma cidade por causa de pauta que sequer a gente analisa”, ao se referir os pleitos sobre Planserv e RH Bahia de grupos de profissionais de segurança pública (lembre aqui).

A SSP-BA deve encaminhar nota sobre o assunto nos próximos minutos.  Bahia Notícias.


Presa no Conjunto Penal de Juazeiro (CPJ), a mulher apontada pela polícia como a maior traficante da Bahia cumprirá pena no regime semiaberto. Jasiane Silva Teixeira, a “Dona Maria”, de 30 anos, está no CPJ desde a quarta-feira (2), quando deixou o Centro de Operações Especiais (COE), em Salvador (BA), para onde foi levada após ser capturada, no último dia 25 de setembro, no Interior de São Paulo.

Dona Maria foi condenada por participar da morte de um agente penitenciário em Jequié, no sudoeste baiano, um dos locais onde atuava. Ela cumpre a pena no regime semiaberto, que permite que o preso saia da cadeia para trabalhar ou fazer cursos, durante o dia, e retorne à unidade prisional à noite. O advogado de Dona Maria, Valmiro Marinho, não informou se ela vai usar o benefício das saídas. Ela está no módulo feminino do CPJ, onde ficará custodiada em cela individual.

Vida pregressa

Foragida há cerca de quatro anos, Dona Maria comprava cocaína pura na Bolívia, Peru, Venezuela e Colômbia e redistribuía na Bahia e em outros estados, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). A informação foi divulgada na última segunda-feira (30), durante coletiva realizada na sede da Polícia Civil (PC) baiana, em Salvador.

Envolvida também com dezenas de homicídios, roubos, corrupção de menores, falsidade ideológica, entre outros delitos, ela atuava junto com o marido Bruno de Jesus Camilo, o ‘Pezão’, desde 2008, quando ambos foram presos por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo.

Beneficiada com medida judicial que lhe garantiu liberdade provisória em 2009, Jasiane participou da execução de um agente penitenciário do Presídio de Jequié (extremo Sul da Bahia) a pedido do seu marido. No ano seguinte, Pezão também ganhou liberdade provisória e foi morar na cidade de Santa Cruz Cabrália (também no extremo Sul baiano) com Dona Maria.

De acordo com a SSP-BA, a dupla permaneceu praticando tráfico de drogas e, durante diligências, em 2014, Pezão entrou em confronto com a polícia e acabou morrendo. Jasiane conseguiu fugir de Santa Cruz de Cabrália, assumiu a liderança da quadrilha e, em homenagem ao ex-companheiro, batizou o grupo criminoso de ‘Bonde do Neguinho’. Ela nega tudo.

Baralho do Crime

Procurada pelas equipes da Polícia Civil (PC) de Vitória da Conquista (no Sudoeste baiano, sua cidade-natal), Dona Maria entrou no Baralho do Crime da SSP-BA em 2017. “Fizemos a inclusão, pois ela mudava frequentemente de cidade e Estado. Com a ampla divulgação da ferramenta na mídia, muitas denúncias chegaram, comprovando que ela transitava por São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais“, contou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis.

Capturada no Interior de São Paulo, Dona Maria namorava um integrante do PCC (facção criminosa de São Paulo) e ordenava as movimentações da quadrilha na Bahia, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). No ano passado (20 de outubro), policiais civis de Vitória da Conquista interceptaram um avião que transportava cocaína pura. Segundo a polícia, a aeronave pertencia à traficante e era utilizada em voos internacionais para comércio de entorpecentes.


Na sessão ordinária desta segunda-feira (30), na ALBA (Assembléia Legislativa da Bahia), o líder do Governo, o deputado estadual Rosemberg Pinto, se manifestou contrário ao afastamento do vereador Diego Rodrigue (Diga Diga), da Câmara de Itapetinga.

De acordo com o parlamentar, a presidente da Câmara de Vereadores da cidade de Itapetinga está sendo “delegada de polícia e juíza”. Assista o vídeo;

Diga Diga teve suas atividades suspensas pelo período de noventa dias, decretado pela Câmara Municipal de Itapetinga, na sessão ordinária da última quarta-feira (25), após a divulgação de um vídeo que mostra o vereador em atrito com um homem na porta da Casa legislativa.


A rodada deste domingo (29) terminou com um fato triste no Intermunicipal 2019. Um atleta faleceu em campo.

O jogador Rodrigo Itiúba, da Seleção de Campo Formoso, teria passado mal e não resistido no duelo contra Piritiba. A partida aconteceu na cidade de Piritiba e terminou empatada sem gols.

Ainda não há informações sobre a causa da morte. Bnews


Policiais civis desembarcaram, na tarde desta sexta-feira (27), em Salvador, com Jasiane Silva Teixeira, mais conhecida como “Dona Maria”. Ela é acusada de comandar uma organização criminosa em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. A suspeita foi escoltada por equipes do Grupamento Aéreo da PM e dos departamentos de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e de Polícia do Interior (Depin).

Considerada pelas forças do Estado como a maior traficante do estado e ocupante da carta “Dama de Copas” do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública, ela foi capturada por policiais baianos do Draco, Depin e inteligências da Polícia Civil, Mogi das Cruzes, em São Paulo.

De acordo com a polícia, “Dona Maria” é uma liderança de uma organização criminosa e suspeita de ser a responsável direta por dezenas de homicídios, roubos, tráfico de drogas e armas, além de corrupção de menores. Em Salvador, ela prestará depoimento para equipes do Draco, que não divulgou com a prisão de destino da acusada.

O diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão, afirmou que “estamos concluindo uma primeira etapa que consistia na captura da líder da organização criminosa. Nos próximos passos chegaremos aos comparsas já identificados”. Pimenta.


A Justiça condenou por improbidade administrativa o deputado estadual e ex-prefeito de Nova Viçosa Robinho (PP) na contratação, realizada de maneira irregular, de serviço de transporte escolar. O parlamentar terá que pagar, junto com um outro condenado, o ex-presidente da Comissão de Licitação do município, Stelio Antunes Saúde, a quantia de R$20.000,00 e devolver os valores desviados. Além disso, os réus terão, segundo a decisão, os seus direitos suspensos por cinco anos – o que deve provocar o afastamento de Robinho da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). A sentença atende a um pedido do Ministério Público Federal (MPF).

Os dois fraudaram a licitação para a prestação de serviço de transporte escolar no município, firmando contrato ilícito no valor de R$ 1.542.144,00 com a Construtora LRV Ltda, única participante da licitação. O objeto social da empresa não tinha relação com o serviço solicitado no edital, uma vez que atuava no ramo de edificações.

De acordo com as investigações do MPF, a licitação foi realizada sem a pesquisa de preços do serviço a ser contratado. Além disso, a LRV não teria apresentado qualquer documento que atestasse sua capacidade técnica para prestação do serviço de transporte escolar. Um balanço patrimonial de R$ 60.000,00 foi apresentado pela empresa, o que atesta a incapacidade em firmar o contrato em questão.

Para o TCM, o ex-prefeito “impediu o conhecimento de um maior número de empresas que poderiam participar do certame, a ponto de uma única ter se apresentado para o mesmo”, já que o edital da licitação em que foi condenado não foi amplamente divulgado.

No caso de Robinho realmente ser afastado da AL-BA, a vaga dele seria ocupada por Luizinho Sobral, no entanto, o ex-prefeito de Irecê foi enquadrado pelo TSE na Lei do Ficha Limpa e perdeu os direitos políticos por oito anos. Sendo assim, Angelo Almeida (PSB) é quem assumirá a vaga.

As informações são do Bahia Notícias.


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou, nesta quarta-feira (25) um novo edital para o Censo Demográfico 2020. São oferecidas 1.343 vagas para coordenador censitário subárea e outras 1.315 para agente censitário operacional, distribuídas por 1.031 municípios de todos os estados. Ambas as funções exigem nível médio completo.

No sul da Bahia, as vagas são para lotação nos municípios de Camacan, Ibicaraí, Ilhéus, Ipiaú, Itabuna, Itacaré e Uruçuca. As oportunidades nessas localidades são para a função de coordenador censitário subárea. No estado, o  maior número de vagas é para Salvador, com 68  previsão de contratar 68 agentes censitários operacionais.

As inscrições estão abertas até 15 de outubro de 2019 e serão feitas pelo site da Fundação Getúlio Vargas, banca organizadora do processo seletivo. A taxa varia de R$ 42,50 a R$ 58,00. As provas estão previstas para 8 de dezembro e serão realizadas em todos os municípios onde há vagas.

SALÁRIO CHEGA A R$ 3,1 MIL MENSAIS

As remunerações mensais serão de R$ 3.100 para coordenador censitário subárea e de R$ 1.700 para agente censitário operacional. Além disso, os candidatos a coordenador censitário subárea devem ter carteira nacional de habilitação definitiva ou provisória, dentro do prazo de validade, no mínimo para categoria B.

A jornada de trabalho para ambos os cargos será de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Os contratados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, além de férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação que regulamenta este tipo de contratação.

O período máximo da contratação é de 12 meses, podendo ser prorrogado de acordo com a Lei nº 8.745/93. Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por igual período, de acordo com a necessidade do trabalho e/ou disponibilidade de recursos orçamentários. O desempenho dos contratados será avaliado mensalmente.

O pagamento da taxa de inscrição para as duas funções deverá ser feito até 1º de novembro, sendo de R$ 58 para coordenador censitário subárea e de R$ 42,50 para agente censitário operacional.

O candidato somente poderá efetuar o pagamento da taxa de inscrição por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU Simples), que estará disponível no site da FGV. A GRU deverá ser paga em espécie em qualquer agência do Banco do Brasil, ou via internet banking do mesmo banco, sendo de inteira responsabilidade do candidato a impressão e guarda do comprovante de inscrição.Acesse aqui o edital do processo seletivo do IBGE


Demitido da Rede Bahia em maio, o jornalista Ramon Ferraz usou as redes sociais para comemorar a contratação definitiva pela TV Band e Rádio Band News, e também para fazer um desabafo sobre a antiga emissora. “Cinco meses atrás, ouvi de um ex-chefe que eu precisava ter menos senso de humanidade pra seguir a rotina de uma TV e ele concluiu que, por causa disso, ser jornalista não era pra mim, que eu deveria procurar outra profissão”, escreveu Ramon em um texto no Instagram.

Na publicação, o repórter afirma ter reencontrado, na Band, “a felicidade no trabalho”. “Algo que conseguiram arrancar de mim há alguns anos”, lamentou.

No texto, ele ainda afirma que a criação e sua experiência da TV o fizeram persistir e acreditar que justamente por ter o tal “senso de humanidade” criticado pelo ex-chefe é que ele deveria seguir na carreira.

Por fim, Ramon Ferraz agradece a nova emissora pela confiança e liberdade. “Não sei quanto tempo vai durar essa relação com a nova casa. Pode ser curta, longa, vitalícia… Não sei. Mas os poucos dias já valeram pelos anos retraídos”, finalizou o texto.

Ramon Ferraz é jornalista formado pela Uesb e natural da cidade de Potiraguá, no sul da Bahia. Ele foi um dos 120 empregados da Rede Bahia, afiliada da Globo, desligados da empresa no primeiro semestre deste ano.

Na época, a Rede Bahia emitiu nota afirmando que estava “realizando um redesenho no seu portfólio de produtos e na governança das suas empresas” e que o grupo estaria investindo “na modernização dos processos de trabalho, evoluindo no uso de tecnologias avançadas, o que vem permitindo aumentar a produtividade e manter a segurança operacional”

View this post on Instagram

Hoje completei minha primeira semana como contratado em definitivo pela Band. Reencontrei a felicidade no trabalho, algo que conseguiram arrancar de mim há alguns anos. Cinco meses atrás, ouvi de um ex-chefe que eu precisava ter menos senso de humanidade pra seguir a rotina de uma TV e ele concluiu que, por causa disso, ser jornalista não era pra mim, que eu deveria procurar outra profissão. Mas minha criação e meus 10 anos de TV me fizeram acreditar que, justamente pelo senso de humanidade, devo seguir nessa carreira. E aqui estou hoje fazendo o que amo fazer e, melhor, do jeito que amo fazer. Agradeço à @zucaandrade e colegas da Tv Band e Rádio Band News Fm pelo acolhimento, confiança e liberdade que me dão para trabalhar. Não sei quanto tempo vai durar essa relação com a nova casa. Pode ser curta, longa, vitalícia… Não sei. Mas os poucos dias já valeram pelos anos retraídos.

A post shared by Ramon Ferraz Santos (@ramonferrazs) on

As informações são do Bahia Notícias


Parece brincadeira, mas na manhã desta terça (17), um homem identificado pelo nome de Venâncio, morador do KM 04, foi até uma rádio local para pedir ¨socorro¨, segundo ele, não aguenta mais as atitudes da sua esposa ¨Cleonice¨, que tem problemas de alcoolismo e faz o maior vexame na comunidade, beijando outros homens, dançando em festas e fazendo ¨baixaria¨ quando chega em casa na madrugada, quebrando os pertences do casal e com comportamento agressivo. De acordo com Venâncio, o casal vive junto há mais de 24 anos e tem dois filhos maiores de idade, no entanto, não convivem na condição de marido e mulher, e com isso, devido ao comportamento ¨inadequado¨ de Cleonice, ele sofre com as brincadeiras maldosas dos seus amigos. Venâncio quer ajuda para sair de casa, busca um emprego ou uma casa para voltar a viver em paz, sem Cleonice.