O novo concurso público da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. (Embasa) vai oferecer 854 vagas para diversos cargos. Conforme publicação no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (23) o Conselho de Administração da empresa já autorizou o certame, em reunião ordinária realizada no dia 27 de novembro de 2018.

O próximo passo será a definição da empresa que ficará responsável pela seleção dos candidatos. O presidente do Conselho de Administração, Cícero de Carvalho Monteiro, assinou a resolução


O ciclone marítimo previsto para a região sul da Bahia neste fim de semana se aproxima do estado e foi reclassificado para tempestade tropical, segundo informações divulgadas pela Marinha do Brasil, neste domingo (24).

O monitoramento é do fenômeno natural é feito pela Marinha por meio do Centro de Hidrografia (CHM) e em colaboração com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE).

Conforme a Marinha, a depressão tropical que se formou no litoral sul da Bahia apresentou, por volta das 9h deste domingo, intensidade dos ventos de 65 km/h (35 nós) e foi reclassificada como tempestade tropical “Iba”, com centro na posição geográfica 18.5ºS 036ºW, em alto-mar, nas proximidades da cidade de Conceição da Barra (ES). O previsto, inicialmente, era que o ciclone atingisse ventos de até 89 km/h no sul e baixo sul baiano.

A expressão “Iba” significa “ruim” em tupi-guarani. Ainda de acordo com a Marinha, o deslocamento da tempestade é previsto para a direção sudoeste e os efeitos do fenômeno poderão ser sentidos no litoral sul baiano e do Espírito Santo até a terça-feira (26).

Por conta da tempestade, são esperados ventos fortes nas proximidades do litoral sul da Bahia e do Espírito Santo, podendo atingir 87 km/h (47 nós) em alto-mar, no setor Leste do ciclone, e 61 km/h (33 nós) junto à costa, durante todo o período de atuação do ciclone.

A Marinha informou, também, que há previsão de mar grosso a muito grosso, com alturas de ondas entre 3 e 5 metros em alto-mar e possibilidade de ocorrência de ressaca atingindo a costa entre Vitória (ES) e Caravelas (BA), com ondas de até 2,5 metros, até a noite de segunda-feira (25). A condição de tempo severo provocada por esse sistema ocorrerá principalmente em alto-mar, associada à chuva intensa.

A Marinha orienta que navegantes consultem as previsões para as condições marítimas antes de qualquer atividade de pesca, esporte e recreio. A consulta pode ser feita nos canais disponibilizados pelo órgão, como o site da Marinha.


As fortes chuvas e os efeitos do ciclone tropical no litoral Sul da Bahia devem permanecer até terça-feira (26), conforme o último boletim divulgado pela Marinha no final da tarde deste sábado (23).

A expectativa do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é que Salvador e Região Metropolitana sejam atingidas por chuvas fortes e muita ventania. Os ventos podem chegar até mais de 100 km/h, com ondas de até 4 metros. O Inmet informou que o ciclone pode vir do Espírito Santo.

Imagens enviadas por um leitor do site BNews mostram a ação dos fortes ventos na orla da Ribeira, na capital baiana, neste domingo.

 


Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), há possibilidade de formação de um ciclone no litoral da Bahia neste fim de semana. Veja abaixo o aviso na íntegra:

“Baixa pressão pode formar um ciclone tropical no litoral da Bahia neste fim de semana – Devido à formação de um sistema de baixa pressão atmosférica de forte intensidade no litoral sul da Bahia e norte do Espírito Santo, bem como o aumento da temperatura das águas no Oceano Atlântico, há possibilidade dessa baixa pressão transformar-se em um ciclone tropical entre os dias 23 e 24 de março de 2019. A previsão continua para chuvas intensas e ventos forte no sudeste da Bahia e rajadas de ventos forte no norte do Espírito Santo. É importante o acompanhamento das atualizações dos avisos meteorológicos especiais no site do INMET.” Clique aqui para acessar o site do INMET 

Assista ao vídeo e entenda melhor o que é um ciclone tropical.


A Bahia pode ser atingida por um ciclone tropical neste fim de semana, conforme previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). 

De acordo com o órgão, são esperados ventos que podem chegar a mais de 100 km/h. Além disso, ondas de até quatro metros podem acontecer. O ciclone ainda está em formação e pode atingir cidades do sul da Bahia e o estado do Espírito Santo.

Segundo o Inmet, o ciclone pode ocorrer devido à formação de um sistema de pressão atmosférica de forte intensidade no litoral sul da Bahia e norte do Espírito Santo, bem como o aumento da temperatura das águas no Oceano Atlântico. Há possibilidade dessa baixa pressão transformar-se em um clicone, com grandes volumes de chuva e ventos moderados a fortes.
O Instituto vai continuar monitorando a situação. Ao G1, a Marinha alertou que recomenda que embarcações de pequeno porte e pescadores evitem navegar nesse período e que praticantes de esportes aquáticos não realizem as atividades no mar. Embarcações de médio e grande porte devem redobrar a atenção quanto ao material de resgate, condições dos motores, bombas de esgoto do porão, equipamentos de rádio e outros itens de segurança


Três pessoas morreram e quatro ficaram feridas em grave acidente ocorrido na manhã desta sexta-feira (18) na BA-233, estrada que interliga os municípios de Ipirá e Itaberaba.

Conforme dados de bombeiros civis, o acidente ocorreu na localidade conhecida como ‘Curva do Incó’, na região de Ipirá, depois que o motorista perdeu o controle do veículo, saiu da pista e capotou várias vezes. O carro, uma Pajero Dakar, com licença de Andaraí, na Chapada Diamantina, ficou destruído.

acidente-em-ipir%25C3%25A1-foto-3

Ainda segundo dados preliminares, três mulheres foram arremessadas para fora do veículo e morreram no local. As outras quatro vítimas foram socorridas para a UPA do município de Ipirá. Um homem está em estado grave e outras três mulheres sofreram fraturas. As informações dão conta que as vítimas fazem parte da mesma família e que retornavam dos festejos a Senhor do Bonfim, em Salvador, quando aconteceu o acidente. As identidades das vítimas não foram divulgadas.

acidente-em-ipir%25C3%25A1-foto-1
acidente-em-ipir%25C3%25A1-foto-4
acidente-em-ipir%25C3%25A1-foto-2
Jornal da Chapada/Ipirá Notícias

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) impôs o prazo de 24 horas para que o Detran-BA supenda totalmente os efeitos da portaria que faz exigências para as estampadoras se credenciarem e estarem aptas a trabalhar com placa Mercosul no Estado da Bahia. Autora da decisão, a juíza Daniela Guimarães acatou o pedido da Associação Baiana de Empresas Estampadoras de Placas e Tarjetas Automotivas (ABEEP) que considerou o prazo de 30 dias muito pequeno para cumprir as exigências feitas pela portaria 1273/2018 Detran-BA.

A juíza ainda aumentou o valor da multa diária pelo o descumprimento da decisão de R$ 5 mil para R$ 20 mil, respeitando o limite de R$ 200 mil. A decisão pede ainda que o Ministério Público Estadual apure atos de improbidade administrativa, já que uma decisão anterior não estava sendo cumprida.

No último dia 30 de novembro, a decisão suspendeu a portaria do Detran que fixa regras para empresas serem autorizadas a emplacar veículos com o novo modelo de placas, seguindo o padrão do Mercosul (veja aqui). O pedido também foi feito pela ABEEP, que considerou o prazo de 30 dias muito pequeno para cumprir as exigências. As promotoras ainda afirmam que ainda há fortes indícios de prática de improbidade e que o cadastramento feito em portaria que não atende as especificações do sistema de identificação de placas Mercosul, constitui clara violação indireta à decisão judicial.


(Fotos: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)

(Fotos: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)

Com estruturas estado de deterioração, a ponte sobre o rio Jequitinhonha, na BR-101, a 6 km de Itapebi, no extremo sul da Bahia e por onde passam cerca de 5 mil veículos, passará por “reforço dos pilares” e será alargada.

A informação segundo o CORREIO é do Departamento Nacional de Trânsito (Dnit),  em que o órgão anuncia a abertura da licitação para “recuperação em diversos pontos da estrutura” da ponte.
Segundo o Dnit, os recursos para a reforma na ponte serão do Programa de Manutenção e Reabilitação de Estruturas (Proarte), do Ministério dos Transportes, ao qual está subordinado o órgão. A conclusão da licitação é para dezembro.

(Fotos: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)

Ponte sobre o Rio Jequitinhonha


Engenheiro Ricardo Felix indicando rachaduras verticais no meio da
da Ponte

Nas últimas semanas, o site ItapebiAcontece vem publicando reportagens mostrando que estruturas metálicas que sustentam as pilastras de concreto da ponte estão se desfazendo aos poucos, devido à ação do tempo, e apresentam visível sinal de desgaste.
Boa parte do concreto que envolvia as estruturas metálicas já não existe mais e dá para ver placas de ferro se soltando e pequenos buracos de até 4 centímetros.
(Fotos: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)

Transito de em média 5 mil veículos dia
Na parte de cima, há partes da mureta da ponte que estão quebradas, devido a acidentes, e os bueiros, por onde escorrem água da chuva, entupidos.
Imagens gravadas em dias de chuva mostram a parte de cima da ponte alagada, tornando impossível a visão e levando risco aos motoristas que trafegam no local, o que tem levado a prefeitura de Itapebi a fazer intervenções.
Foto: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece

Prefeito de Itapebi Juarez da Silva Oliveira “PEBA”, (PP) 

A situação se torna ainda mais preocupante porque a ponte, inaugurada em 1962 e que fica na BR-101 KM 662, foi construída para suportar caminhões com até 45 toneladas, mas segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), caminhões passam com até 100 toneladas.

A última intervenção na estrutura da ponte, que tem 20 metros de altura e 511 metros de vão, foi em junho de 2010, para reparar um buraco em uma das 220 lajes. Em 2005 também houve recuperação de lajes.
(Fotos: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)

Engenheiro indicando deslocamento de lage

Manutenção geral, no entanto, como a que está prevista para ocorrer a partir da licitação anunciada nesta sexta-feira, só houve na década de 1980. Em 2014, o Dnit abriu licitação, mas não houve empresas interessadas em fazer a obra.

O último acidente grave na ponte sobre o rio Jequitinhonha foi em 7 de novembro de 2014, quando sete pessoas morreram e 24 ficaram feridas na queda de um ônibus.


Carlos Robson Rodrigues, o deputado Robinho, reeleito no último dia 07 de outubro, apresentou aos técnicos do Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), na tarde desta quarta-feira (17), a necessidade de serem tomadas providências urgentes para solucionar a crise ambiental nas praias do município de Nova Viçosa.

As águas das praias estão sendo contaminadas com uma quantidade desproporcional de areia e lama trazidas pela dragagem do porto do município de Caravelas.

“O turismo e a pesca são os pilares da economia de Nova Viçosa e estão sendo prejudicados por esta ação, executadas a fim de aumentar a profundidade do ancoradouro do porto do município de Caravelas. Precisamos dessa intervenção urgente do Inema para solucionar este problema”, detalhou o deputado Robinho.

Os técnicos do órgão ouviram e protocolaram a reivindicação e informaram que medidas cabíveis serão tomadas em breve.


O compositor e capoeirista Romualdo Rosário da Costa, 63 anos, foi morto a facadas por volta de meia noite desta segunda-feira (8), devido a uma discussão política. Mais conhecido como Moa do Katendê, ele estava em um bar perto de sua casa, na comunidade do Dique Pequeno, e foi esfaqueado por outro morador da região após se mostrar contrário ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL).

Nas redes sociais, amigos e alunos lamentaram o ocorrido e prestaram homenagens à vítima. “Com muito pesar informo que assassinaram o Mestre Moa Do Katendê ontem à noite no Dique, no Bar do João, Salvador, por causa de política, um eleitor do fascista ‘coiso’ esfaqueou ele. Mestre Moa, aguerrido defensor da cultura e do povo negro, sempre à frente pela qualidade de vida da população mais pobre e desfavorecida, fará muita falta”, diz uma postagem.

O irmão de Moa, Germinio do Amor Divino Pereira, 51 anos, também foi atingido no braço direito e socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE).

O autor das facadas foi identificado por testemunhas, no registro de ocorrência no posto policial do HGE, como Paulo Sergio Ferreira. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), o suspeito foi preso imediatamente.

Em entrevista ao jornal Correio, o irmão das vítimas, Reginário Rosário, 68 anos, contou que Moa estava com ele e Germinio no Bar do João, quando o autor das facadas começou a defender Bolsonaro. “Moa ponderou que ele era negro e que o cara ainda era muito jovem e que não sabia nada da história. Moa disse ainda que ele tinha consciência do quanto o negro lutou para chegar onde chegou e o quanto Bolsonaro poderia tirar essas conquistas se chegasse ao poder”, disse Reginário.

Após a discussão, segundo o irmão das vítimas, o autor teria ido em casa e retornou com uma peixeira. Moa teria sido atingido nas costas pelo golpe. “Foi tudo muito rápido”, acrescentou Reginário.

A Polícia Militar informou que os agentes receberam a denúncia de que o autor do crime teria fugido para um beco próximo e iniciaram as buscas. Os policiais avistaram um rastro de sangue que levava até uma casa e prenderam em flagrante o homicida escondido no banheiro. De acordo com a PM, ele estava com uma mochila com roupas no intuito de fugir. O autor do crime foi levado para o HGE para ser medicado, pois estava com um corte no dedo, e depois apresentado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). De