Apontada pela polícia como a maior traficante do estado, Jasiane Silva Teixeira, 31, a “Dona Maria”, foi solta por habeas corpus expedido pelo Tribunal de Justiça da Bahia no dia 11 de fevereiro, antes do Carnaval. A informação foi confirmada ao CORREIO pelo advogado dela, Walmiral Pacheco Marinho. De acordo com a defesa, ela saiu do Conjunto Penal de Juazeiro e já retornou para São Paulo, onde residia antes de ser detida.

Proferida pelo desembargador Lourival Almeida Trindade, a decisão considerou ilegal a manutenção da prisão semiaberta de Jasiane por ausência de justa causa. O desembargador levou em conta, ainda, o fato de ela ser mãe de duas crianças menores, uma com 10 anos e outra com 5 anos.

Presa em setembro do ano passado, “Dona Maria”, como ficou conhecida no meio policial ao assumir o posto do ex-marido morto em confronto com a polícia, respondia a três processos criminais, todos com mandado de prisão em aberto, um deles pela morte de um agente penitenciário. Segundo a Polícia Civil disse à epoca, ela é responsável por ordenar diversas execuções na Bahia, principalmente na região de Vitória da Conquista, Sudoeste baiano, e era tida como líder da facção Bonde do Neguinho (BDN).

Época da prisão
Após ser descoberta na cidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo, ela acabou presa junto com o namorado, Márcio Faria dos Santos, o Carioca, uma das lideranças do Primeiro Comando da Capital (PCC). A dupla foi detida numa operação especial empreendida por policiais baianos do Draco, Depin e inteligências da Polícia Civil e da SSP, em São Paulo.

Jasiane foi trazida à Bahia num traslado aéreo sob forte segurança empreendida por equipes do Grupamento Aéreo da PM (Graer) e dos departamentos de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e de Polícia do Interior (Depin). Segundo a SSP-BA, a criminosa é responsável diretamente por dezenas de homicídios, roubos, tráfico de drogas e armas, além de corrupção de menores. Ela figurava a carta Dama de Copas do famoso Baralho do Crime da secretaria.


O ex-governador da Bahia Nilo Augusto de Moraes Coelho, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), quer voltar a comandar a Prefeitura de Guanambi. No Aeroporto Glauber Rocha, na manhã desta segunda-feira (2), Nilo Coelho falou mais uma vez de deste momento que antecede a decisão final das Eleições 2020. “Sou apaixonado por minha Guanambi, como eu digo, minha querida Guanambi. Se tiver de ser, se essa for a vontade de Deus e do povo eu serei candidato, mas isso depende da vontade do povo e da vontade de Deus para voltar a ser mais uma vez prefeito de Guanambi”, afirmou Coelho quando acompanhava a chegada do presidente do Banco do Nordeste do Brasil em Vitória da Conquista. Foto e redação: Blog do Anderson.


De janeiro até às 10 horas desta segunda-feira (02), a Bahia registrou 47 casos notificados com suspeita clínica de infecção pelo novo coronavírus, sendo 21 excluídos por não se enquadrarem no protocolo do Ministério da Saúde, 11 foram descartados laboratorialmente e 15 aguardam análise laboratorial. Os municípios notificantes foram Camaçari, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Jacaraci, Jequié, Lauro de Freitas, Salvador, Teixeira de Freitas, Tucano e Vitória da Conquista. Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com os Cievs municipais.

Ressalta-se que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação.

É importante pontuar que o paciente com diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades primárias de atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital.

Os casos graves devem ser encaminhados a um Hospital de Referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). Na suspeita de coronavírus, é necessária a coleta de duas amostras, que serão encaminhadas com urgência para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA).

Para confirmar a doença, é necessário realizar exames de biologia molecular que detecte o genoma viral. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de amostra, que está indicada sempre que ocorrer a identificação de caso suspeito.

A fim de ampliar as medidas de prevenção contra infecções virais como Coronavírus, H1N1, H3N2 e Influenza B, as autoridades sanitárias municipais e estadual vem sensibilizando a sociedade sobre a importância da higiene regular das mãos e ratificar a necessidade de cumprimento da Legislação Estadual nº 13.706/2017, que determina a disponibilização de dispensadores de álcool gel por parte de estabelecimentos comerciais que prestam serviços diretamente à população.


Um abaixo assassinado online que pede a cassação do mandato do deputado federal Igor Kannário (DEM) já possui 14.870 assinaturas. Hospedada no site petiçãopublica.com, a ação foi cadastrada há três dias, após o deputado e cantor insultar a Polícia Militar durante sua passagem pelo circuito do Campo grande e arrastava a tradicional pipoca do “Príncipe do Gueto” (leia aqui).

“O objetivo deste abaixo-assinado é mover a Mesa Diretora e o Conselho de Ética e Decoro da Câmara dos Deputados à instauração de processo para verificação de fatos e provas da falta de decoro e ética, e a consequente abertura do processo de cassação do mandato do deputado federal Anderson Machado de Jesus por condutas incompatíveis com o decoro parlamentar, condutas estas que atingem diretamente a moral e a prestação de serviço de policiais militares da Bahia”, diz o texto explicativo.

O documento alega ainda que o deputado “tem de forma reiterada desacatado e desmoralizado policiais militares da Bahia em SERVIÇO em diversos eventos festivos como shows, micaretas e na maior festa aberta e televisionada do mundo – o carnaval de Salvador”. Por fim, o material cita o fato ocorrido na última segunda-feira (24).

“Nós policiais ficamos a imaginar o presidente da câmara dos deputados federais em várias sessões sendo desacatado e desmoralizado por uma autoridade qualquer que tenha foro privilegiado e que tenha por obrigação manter o decoro e a legalidade em vários ramos da vida devido ao cargo, porém de forma ostensiva e de preferência em mídias de massa essa autoridade reiteradamente o desmoralize. Cremos que situação assim não duraria porque vivemos sob o império das leis”, finaliza.

A iniciativa é assinada pelo Instituto de Consulta, Estudos e Pesquisa do Militar Estadual Bahia (ICEME-BA), pelo Sargento PM Lisboa, da 39ª CIPM; Cabo PM Sara, da 18ª BPM, e pela Sargento PM Iraildes, da 3ª CIPM.

A orientar a assinatura, a petição indica que os policiais  e bombeiros militares sigam a  forma que o site pede:”Nos comentário deve colocar também nome de guerra, matrícula e unidade. Colocar At (ativo) e RR (reserva remunerada). Estes dados só os diretores do ICEME podem ver”. BN


O governador Rui Costa (PT) informou nesta terça-feira (25) que acionou a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para que tome as medidas legais cabíveis contra o cantor e deputado federal Igor Kannário, que fez comentários criticando a Polícia Militar da Bahia durante o desfile da sua pipoca ontem, no Campo Grande, no Carnaval. A PGE vai entrar com uma representação junto ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), diz nota do governo.

Rui comentou a decisão em seu perfil no Twitter, afirmando que é “inaceitável o ato público de desrespeito e agressão contra a Polícia Militar da Bahia registrado ontem no Campo Grande”.


Kannário: 'Se acontecer algo comigo, quem mandou me matar foi alguém da PM'; veja

Foto: André Carvalho / Ag. Haack / Bahia Notícias

O cantor e deputado federal Igor Kannário iniciou sua pipoca nesta segunda-feira (24), no Campo Grande, já com uma polêmica. Durante sua passagem pelo corredor de camarotes das televisões, ele declarou: “se acontecer alguma coisa comigo, quem mandou me matar foi alguém da Polícia Militar”. Ele teria dito isto após uma briga debaixo do trio elétrico.

No vídeo recebido pelo Bahia Notícias, não é possível entender o motivo para a afirmação. No entanto, ele pede a banda para interromper uma música, aponta para alguém da plateia e profete a frase.

Na tarde desta segunda, em entrevista à TV Bahia, o comandante geral da PM-BA, Anselmo Brandão, chegou a elogiar a atuação de Kannário em seu show realizado no último domingo em Cajazeiras.Veja o momento:


A Secretaria da Educação do Estado da Bahia divulgou, no Diário Oficial, desta quinta-feira (20), o edital para mais 10 mil vagas do Programa Mais Estudo. O programa contemplará com uma bolsa de R$ 200, por mês, de março a maio, estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e da 1ª a 4ª séries do Ensino Médio, para que possam dar monitoria em Língua Portuguesa e Matemática aos colegas, contribuindo para o processo de ensino e aprendizagem. O investimento é de R$ 6 milhões nesta primeira etapa do programa para o ano letivo de 2020.

O governador Rui Costa falou sobre a importância do programa. “O Mais Estudo é um programa que me dá muito orgulho, uma corrente do bem pela educação. Ouvi da estudante Estefany Santos que, estudando para ensinar, se aprende mais. Eu acredito nisso e oriento os estudantes para que procurem a direção das escolas para se inscreverem”, afirmou.

Para participar, além de estar regularmente matriculado, o estudante deve ter obtido média igual ou superior a oito na disciplina que pretende atuar como monitor. Além disso, as unidades escolares precisarão fazer a adesão ao programa, preenchendo um formulário disponibilizado no Portal da Educação, mesmo site para que as escolas realizem a inscrição no período de 27 de fevereiro a 4 de março de 2020.

Também caberá à escola a seleção dos estudantes, bem como mobilizar e registrar, em documento próprio, os professores e/ou articuladores que irão atuar como supervisores dos estudantes monitores.

Sobre o Mais Estudo

O programa foi lançado em 2019, quando foram oferecidas 10 mil vagas e destinados investimentos de R$ 10 milhões. As aulas aconteceram no turno diferente ao qual os estudantes estão matriculados. Com a linguagem própria da juventude, os monitores ajudaram os colegas a desenvolverem seus conhecimentos e habilidades, tanto que já há registros de melhoria nas notas dos envolvidos e de redução da reprovação. Os monitores são acompanhados por professores supervisores e coordenadores pedagógicos.

A estudante Estefany Santos, 16 anos, citada pelo governador Rui Costa, foi uma das monitoras no ano passado, do Centro Estadual de Educação Profissional em Tecnologia da Informação e Comunicação (CEEPTIC), em Lauro de Freitas. Ela falou sobre o significado do projeto: “A valorização do estudante transforma a educação. Poder ajudar os nossos colegas, que são, na maioria, de baixa renda, é contribuir para mudar a realidade deles”.

A partilha de conhecimentos motiva a todos os envolvidos no Mais Estudo, como atestou Diego Souza, 16, que fez o 9º ano, em 2019, e foi monitor no Colégio Estadual Governador Otávio Mangabeira, no bairro de Saboeiro, em Salvador. “Este projeto é muito interessante, pois muitos estudantes podem aprender os assuntos de uma forma mais leve, porque nós temos a mesma linguagem e, por conta disso, eles se sentem mais próximos”.


Uma cerimônia às 19h, desta terça-feira, 18, em Luís Eduardo Magalhães, 940 km de Salvador no oeste baiano, marca o encerramento do recadastro biométrico na Bahia. Até esta segunda-feira, o estado tinha alcançado 93,32% dos 10.590.323 eleitores, com estimativa de cancelar mais de 700 mil títulos de pessoas que não compareceram nos postos para colher seus dados biométricos.

Com 63.253 o município, que está com mais de 90% dos eleitores biometrizados, foi escolhido para sediar o evento que fecha a terceira etapa do recadastramento obrigatório, porque tem o maior número de eleitores dentre as 242 cidades que fecham hoje o cadastramento em território baiano.

Para o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Bahia, desembargador Jatahy Junior, a avaliação do “desafio” é positiva. “Tivemos êxito total no desafio de biometrizar o quarto maior eleitorado do País, sendo o primeiro a concluir este trabalho”, afirmou.

Ele citou que esta fase final foi a mais difícil, por contemplar os municípios menores, com grande número de eleitores morando na zona rural, muitos em lugares distantes das sedes municipais. Também lembrou as medidas adotadas para minimizar o tempo gasto pelo eleitor para realizar o recadastramento obrigatório.

Conforme o presidente do TRE-BA, uma das dificuldades encontradas foi o fato do estado só possuir 199 comarcas, deixando 248 municípios sem atendimento local. Para resolver o gargalo foram abertos Postos de Serviço Eleitoral nestas cidades e grandes povoados, “facilitando o acesso desta população ao serviço”.

“Disponibilizamos o agendamento eletrônico, o Caminhão da Biometria, os postos itinerantes, dentre outras intervenções”, disse, acrescentando ainda que foram realizadas 25 audiências, contemplando todas as regiões, para falar da importância deste trabalho, solicitar ajuda das lideranças regionais “e convocando todos a ajudar”, afirmou, animado com o resultados.

Para quem perdeu a biometria e não puder fazer hoje até o final do expediente, ainda é possível fazer a regulamentação para votar este ano. Deverão procurar os cartórios ou postos eleitorais entre 27 de fevereiro e 06 de maio e pedir a reativação do título eleitoral que será cancelado a partir de amanhã.

ITINERANTE – Além do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Bahia, desembargador Jatahy Junior, os demais membros da Corte da Justiça Eleitoral no estado estarão hoje no extremo oeste da Bahia.

A partir das 15h, será realizada uma sessão itinerante no auditório da Câmara de Vereadores de Barreiras, com julgamento de processos relacionados ao município e cidades vizinhas. A transferência temporária da sede para a região integra uma série de eventos que marcam a conclusão da biometria no estado.

De acordo com o TRE-BA no dia 12 de março será apresentado um balanço oficial do recadastramento biométrico, na sede do órgão, em Salvador. Na oportunidade o Tribunal vai homenagear colaboradores que somaram esforços neste trabalho.


Miliciano morto destruía celulares a cada ligação e pagava R$ 1 mil por dia de aluguel

Foto: Divulgação

O ex-policial militar do Rio de Janeiro, Adriano da Nóbrega, morto na cidade de Esplanada em 9 de fevereiro destruía celulares a cada ligação, de acordo com apuração do Fantástico. A reportagem refez os passos e a fuga do integrante da milícia do Rio e suposto chefe do Escritório do Crime na Bahia. No sítio em Esplanada foram encontrados 13 celulares com o miliciano.

No mês de dezembro Adriano estava escondido em um condomínio luxuoso. De acordo com a matéria, ele pagava R$ 1 mil de aluguel por dia, em dinheiro vivo. A casa ficava localizada longe do portão principal do condomínio, e um segundo portão ainda poderia deter visitas inesperadas.

No final de 2019, em dia 31 de janeiro, Adriano foi visto dentro de casa por policiais que já estavam monitorando o condomínio. Os agentes acionaram reforço para cumprir o mandado de prisão. Mas a mulher de Adriano, que estava fora da casa, percebeu a movimentação e avisou o marido por mensagem de áudio, de acordo com a matéria do Fantástico. Adriano da Nóbrega e a esposa viviam como se estivessem prontos para sair a qualquer momento.

Fonte: Bahia Notícias


O governador Rui Costa esteve no sul do estado, nesta quinta-feira (13), e entregou a obra de pavimentação da BA-270, trecho entre a BR-101 e as cidades de Pau Brasil e Camacã. O ato de entrega e outros anúncios para a região foi realizado em Pau Brasil. A obra envolveu a requalificação viária em uma extensão 28 quilômetros e teve investimento de R$ 7,5 milhões.

“Estamos aqui entregando mais uma obra de infraestrutura, e temos em andamento obras de abastecimento de água em comunidades indígenas; ações também do programa Bahia Produtiva pra incentivar os produtores locais”, afirmou o governador Rui Costa

A intervenção beneficia também as cidades de Arataca, Mascote e Santa Luzia. Cerca de 84 mil habitantes da região são beneficiados por esta obra.

Entregas do município

Rui Costa também participou das entregas realizadas pela administração municipal. Os agentes de combate às endemias receberam kits de inclusão digital e os guardas municipais receberam novos fardamentos.

Também foram entregues as obras de pavimentação da Rua João Café e da travessa Gilson Oliveira. A agenda do governador foi finalizada com visita ao Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães.