Paulo Henrico de Almeida Melo, preso nesta semana acusado de exercício ilegal da profissão e lesão corporal, tentou se suicidar, nesta quinta-feira (3), no Conjunto Penal de Itabuna. A informação foi do Jornalista Wadson Santos no programa O Crime não Compensa.

Henrico havia sido levado na quarta-feira (2) ao Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães, após ter passado mal em sua cela. Ipolitica.


Na manhã desta segunda-feira a policia civil de Itabuna cumpriu o mandado de prisão contra Paulo Henrico.

Paulo é acusado de ter feito mais de 20 vítimas, que chegaram a denunciar algumas ações.

Uma pessoa, de identidade não revelada, que teria sido atendida por Henrico, denunciou que sofreu uma grave infecção após o suspeito fazer um procedimento de implantes.

Paulo Henrico é investigado pela polícia desde o mês de julho, após uma denúncia feita em maio pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO).

Ele seria sócio de um consultório localizado nos municípios de Itabuna e Vitória da Conquista. Durante as ações da polícia, foram apreendidos documentos que comprovam a atuação do jovem na profissão de dentista mesmo sem possuir diploma universitário.

Com informações do Políticos do sul da Bahia


O delegado Evy Paternostro afirmou que, antes de seguir em direção ao sul da Bahia, o motorista do caminhão ficou retido numa barreira da Polícia Rodoviária Federal, na BR-101, perto de Itapebi, no extremo-sul, das 9 às 17 horas. Ontem, foi realizada a segunda interdição da rodovia para execução de obras na ponte sobre o Rio Jequitinhonha. O causador do acidente seria o motorista Eduesley Roberto Pareto Estevão, que transportava uma carga de pallets.

De acordo com o delegado, o motorista do caminhão tentou compensar o tempo parado na barreira trafegando em velocidade muito acima da permitida. O policial disse que o caminhoneiro fez ultrapassagem em um trecho de faixa contínua e será responsabilizado pela imprudência que causou cinco mortes e deixou 10 pessoas feridas.

Evy Paternostro observou que o caminhoneiro fugiu do local do acidente, sem prestar socorro às vítimas, na tentativa de se livrar das responsabilidades criminal, civil e administrativa de trânsito. O policial adiantou que, inicialmente, o motorista do caminhão será indiciado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), omissão de socorro e por ter fugido do local.

Os corpos de quatro das cinco vítimas do acidente da noite de quinta-feira, na BR-101, já foram liberados do Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus. Eles são Jociane Silva dos Santos, Jorge Eduardo Pereira Santos, José Gutemberg Dias Neto e Carlos Antônio dos Santos Júnior, que dirigia o ônibus.A identidade da quinta vítima ainda não foi confirmada.

Fonte: pimenta.blog.br

NOTA DA VIAÇÃO CIDADE SOL

“A Viação Cidade Sol vem a público comunicar o profundo pesar e esclarecer fatos que envolvem o acidente ocorrido ontem por volta das 21h40min na BR 101, próximo à entrada do distrito de Banco Central, no município de Ilhéus-BA com um de seus ônibus que realizava a linha Jequié x Ilhéus via Itabuna.

Segundo depoimento de testemunhas, apesar dos esforços do nosso motorista para evitar o acidente, uma carreta carregada de pallets invadiu a mão contrária da rodovia, vindo a colidir com o ônibus da empresa.

A Viação Cidade Sol está prestando assistência às famílias dos 4 clientes e do nosso colaborador, vítimas que lamentavelmente vieram a óbito. Clientes que não sofreram lesão ou que já receberam alta médica, estão sendo encaminhados aos seus respectivos destinos. Também está sendo disponibilizada toda a assistência necessária aos clientes que se encontram sob intervenção médica.

A Viação Cidade Sol lamenta o trágico ocorrido e manifesta sua solidariedade às famílias das vítimas e à comunidade”. Da redação com informações da TV Santa Cruz.


OBSERVAÇÃO!

Anteriormente o Blog do Edyy reproduziu uma matéria sobre este acidente onde foi dito que sete pessoas teriam morrido neste acidente, onde o número de mortos confirmados foram na verdade, cinco. Sabendo da grande responsabilidade que temos com a verdade e com enorme respeito aos caros leitores do Blog do Edyy, gostaríamos de se desculpar com todos e dizer que nosso lema é e sempre será a busca pela verdade. Obrigado a todos pela atenção.


Um homem vestindo uma camisa de agente de combate a endemias de Itabuna tentou assaltar, na manhã desta segunda-feira (19), uma casa lotérica. A ação do criminoso foi flagrada por câmeras de segurança do estabelecimento, que fica quase em frente à praça principal da Califórnia, numa duas ruas mais movimentadas do bairro.

Numa imagem interna, o bandido aparece apontando a arma para o dono da lotérica, Pedro Jackson Brandão (Pedrão), que está caído e, a todo o momento, pede calma. Outra imagem, feita por uma câmera externa, mostra que o assaltante já estava esperando o empresário abrir a casa lotérica. O criminoso aguarda em pé, a menos de dois metros do estabelecimento, e ataca a vítima assim que ela abre a porta.

As imagens mostram ainda que o bandido tentou obrigar Pedrão a seguir em direção aos caixas. Ele gritava e ordenava que o levasse ao cofre. A chegada de um cliente teria distraído o criminoso e o empresário saiu correndo para fora do estabelecimento. O assaltante sai em seguida e sobe na garupa de uma moto que o esperava. Toda a ação do criminoso durou menos de dois minutos. A polícia ainda tenta prender o bandido e o comparsa.

A Coordenação de Combate às Endemias da Secretaria de Saúde de Itabuna informou, por meio de nota, que o homem tentou assaltar a lotérica não faz parte da equipe de agentes de endemias do município. O coordenador Roberto Góes ressaltou que ação foi praticada por um falso agente de endemias.

“Lamentamos que este indivíduo criminoso utilize-se de uma identificação dos agentes da nossa equipe, comprometendo o trabalho de profissionais que estão empenhados, diariamente, em combater o mosquito Aedes aegypti”, comentou o coordenador Roberto Góes, lamentando o fato ocorrido.

Fonte: pimenta.blo.br


A Nestlé Brasil está investindo R$ 45 milhões em Feira de Santana (BA) para instalar três novas linhas de produção de NESCAU Pronto para Beber (RTD). Com tecnologia mais moderna, os equipamentos operam em alta velocidade e terão capacidade para produzir até 75 mil toneladas/ano bem como oferecem flexibilidade para formatos diferenciados, de 150 ml até 350 ml. As novas máquinas estarão em funcionamento a partir do primeiro semestre de 2020 e abrirão em torno de 140 postos de trabalho.

Com esta decisão, as atividades em Feira de Santana serão ampliadas e o site industrial absorverá as operações hoje realizadas na fábrica de Itabuna. A medida está sendo tomada para aumentar a eficiência e a competitividade da empresa no Estado a partir da transformação da unidade de Feira em um forte hub de produção e distribuição de produtos para as regiões Nordeste e Norte do país. No local, também está instalado um centro de distribuição que possui 36 mil posições de armazenamento com alto nível de ocupação. Além de NESCAU Pronto para Beber (RTD), a fábrica é responsável pela produção e/ou envase de itens nas categorias leite em pó, achocolatado em pó, culinários, cereais infantis e família, com marcas como NINHO, MOLICO, NESCAFÉ e MAGGI.

Desde sua inauguração, em 2010, a fábrica de Feira já recebeu investimentos de R$ 264 milhões. No Estado, foram aplicados cerca de R$ 333 milhões no mesmo período. “A Bahia é muito importante para os negócios da Nestlé Brasil. Estamos presentes desde os anos 1960 no Estado e vamos continuar investindo consistentemente para ampliar ainda mais nossas operações na região e demonstrar nosso compromisso com a comunidade”, afirmou Marcelo Melchior, presidente da Nestlé no Brasil.

Transferência de funcionários – Já a partir deste mês, equipes multidisciplinares da Nestlé iniciarão o trabalho de transição da operação de Itabuna para Feira de Santana tendo como prioridade nesse processo o bem-estar de seus Colaboradores. A empresa vai oferecer a todos os funcionários que hoje estão em Itabuna a possibilidade de migrar para a fábrica de Feira a partir de 2020. Para apoia-los na tomada de decisão, será organizado um programa de visitas dos Colaboradores alocados em Itabuna e de seus familiares à cidade de Feira de Santana para que conheçam as instalações e a cidade.

Em Feira de Santana, a Nestlé tem colaboradores oriundos de 65 municípios baianos e cerca de 70% deles residem na própria cidade. Na Bahia, são mais de 900 profissionais diretos e indiretos.

Já para a unidade de Itabuna a Nestlé contratou parceiro especializado para prospectar potenciais interessados na aquisição do site. Até meados do ano que vem, a fábrica vai operar normalmente as linhas de produção de NESCAU Pronto para Beber (RTD), inclusive com a reativação de mais uma linha do produto para atender a demanda, principalmente nas regiões Nordeste e Norte.

Fonte: Ipolítica


Na sessão desta quinta-feira (11/07), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas da Prefeitura de Itabuna, da responsabilidade de Fernando Gomes Oliveira, referentes ao exercício de 2017. De acordo com o relator do parecer, conselheiro Mário Negromonte, o gestor não cumpriu as obrigações constitucionais no que diz respeito a manutenção e desenvolvimento do ensino no município, além de não comprovar a quitação de multa aplicada por este Tribunal. O prefeito foi multado em R$20 mil.

O gestor aplicou apenas 24,09% da receita na manutenção e desenvolvimento do ensino, não atingindo assim o percentual mínimo exigido, que é de 25%. Em relação as obrigações constitucionais, o prefeito cumpriu as que dizem respeito às ações e serviços de saúde, nas quais aplicou 16,26%, superando o percentual mínimo de 15%. Já em relação a aplicação dos recursos originários do Fundeb, utilizados na remuneração de profissionais em efetivo exercício do magistério, o percentual foi de 81,96%, quando o mínimo exigido é de 60%.

Além da multa, o relator determinou o ressarcimento de R$90.328,28, referentes a realização a despesas ilegítimas com juros e multas por atraso em pagamentos (R$40.107,99); despesas com terceiros sem identificação dos beneficiários (R$35.333,65); e irregularidades na concessão de diárias por ausência de motivação e interesse público (R$14.886,64).

A despesa total com pessoal correspondeu a 60,19% da receita corrente líquida do município, superando o máximo de 54%, previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Apesar de ter extrapolado o limite, a situação não impactou no mérito das contas pelo fato de se tratar do primeiro ano de mandato.

A receita arrecadada pelo município alcançou o montante de R$473.283.895,94 e as despesas realizadas foram de R$509.685.395,99, o que indica um deficit orçamentário de R$36.401.500,05. Além disso, o saldo financeiro do município é insuficiente para a cobertura dos Restos a Pagar, contribuindo para o desequilíbrio fiscal da prefeitura.

Entre as ressalvas, o relator destacou a ausência de remessa e/ou remessa incorreta, pelo sistema SIGA, do TCM; atraso no pagamento da remuneração de servidores da Secretaria de Educação, Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Administração; inconsistências na instrução de processos de pagamento; ausência de encaminhamento ao TCM de Processos de Pagamento; contratação irregular da empresa Comercial de Derivados de Petróleo da Hora Ltda, mediante as Dispensas de Licitação; irregularidade na contratação direta da empresa Bio Sanear Tecnologia A LTDA, mediante Dispensas de licitação; contratação de diversos servidores sem concurso público durante o exercício; e não encaminhamento de processos licitatórios para análise tempestiva pelo TCM.

Cabe recurso da decisão.


Um rumor de ataque a estudantes e professores da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) instalou clima de tensão e medo no campus da instituição, na Rodovia Ilhéus-Itabuna, nesta manhã de quarta (27). Uma viatura da Polícia Militar e um caminhão da Cavalaria Montada estão no campus.

A tensão aumentou por volta das 9h, quando prints (cópias) de conversas e até áudios começaram a ser compartilhados com maior intensidade em grupos de WhatsApp. Em um deles, um aluno fala que o Restaurante Universitário (RU) seria um dos alvos do suposto criminoso, ao meio-dia.

Por volta das 9h30min, a posição da Uesc em contato feito pelo PIMENTA era de que a reitora Adélia Pinheiro estava atenta. Porém, o assunto estava sendo tratado com bastante cautela. Já às 9h50min, questionamos a presença de mais de uma viatura no campus.[

“A Vigilância informou que não havia alteração [no esquema de segurança]”, informou a assessoria de comunicação ao PIMENTA. A instituição reconheceu não ser comum a presença da Cavalaria Montada da PM no campus. O suposto autor da ameaça de ataque seria aluno, conforme investigação inicial.

Pimenta.blog.br


Ana Lucia de Oliveira, de 54 anos, moradora do Bairro São Pedro, em Itabuna está desesperada implorando por uma ajuda do poder público para realizar uma cirurgia que so é feita particular.

Há mais de cinco anos ela vem sofrendo após cair de cima de uma laje e fraturar o fêmur esquerdo. Além de fraturar o fêmur, ela também foi picada por uma cobra e está com uma enorme ferida no pé direito.

Lúcia mora sozinha e não tem renda alguma, ela recebe apenas ajuda de vizinhos. Assista abaixo o sofrimento desta mulher.

Lúcia é moradora da Avenida Pedro Jorge, de N° 1195, São Pedro, Itabuna. Quem tiver interesse em ajudar Ana Lúcia é só entrar em contato pelos telefones (73)98884-1732 ou (73)98229-6648.


O Hospital de Base da cidade de Itabuna, transferiu na manhã deste sábado (03), a paciente Marizete Vieira dos Santos, de 55 anos, para o Hospital Samuel Victorino, na cidade de Salvador BA.

Marizete sofreu uma fratura no fêmur e estava internada em Itabuna desde o dia 18 de outubro.

A transferência foi possível após o nome dela sair na lista da regulação.


Marizete Vieira dos Santos, de 55 anos, moradora da cidade de Potiraguá, está internada desde o dia 18 de outubro, no Hospital Geral da cidade de Itabuna.

Ela está com uma fratura no fêmur após sofrer uma queda na residência dela em Potiraguá.

De acordo com a família de Marizete, ela precisa urgentemente passar por uma cirurgia que só é possível ser feita na capital baiana, Salvador, mas que pra isso, está dependendo da regulação, para então conseguir uma vaga em algum hospital de Salvador, que atenda suas necessidades.

Enquanto isso, dona Marizete vem sofrendo, há 13 dias, sentindo bastante dores e usando fraudas.

Cansados de tanto esperar, a família procurou a equipe do Blog do Edyy, na tarde desta terça-feira (30), para denunciar esse descaso com a saúde pública do estado.