Em época de pandemia, pelo menos uma notícia boa. O preço da gasolina na cidade de Itapetinga, frequentemente vem sofrendo reajustes e alegrando a vida dos consumidores.

O que antes chegou a bater o valor de R$ 5 reais, hoje, o litro da gasolina em postos de combustíveis em Itapetinga pode ser encontrado a R$ 3,82, uma diferença de R$ 1,18.

A explicação para essa queda nos preços se dão por conta da quarentena, onde a maioria dos carros param mais de circulare e posteriormente deixaram de serem abastecidos, o que gera o acúmulo de combustíveis nos reservatórios.

Apesar da queda nós preços, a Petrobras anunciou ontem, quarta-feira o aumento dos preços da gasolina no país. O reajuste médio nas refinarias será de 12%, ou, em média, R$ 0,1097 por litro. Os novos valores passam a vigorar nesta quinta-feira.

Até o momento, a estatal não anunciou alterações nos preços do diesel. Esta é a segunda vez que a Petrobras aumenta os preços da gasolina no ano. No dia 20 de fevereiro o reajuste foi de 3%, que foi seguido por sucessivas reduções após o início do isolamento social, que fez a demanda despencar, e da crise internacional do petróleo.

Na semana passada, a gasolina era vendida nos postos do país a um preço médio de R$ 3,929 o litro, com queda acumulada de 13,7% em comparação com os R$ 4,555 cobrados no último dia de 2019, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Nas refinarias, os preços da gasolina acumulam redução de 46,6% no ano, já considerando o novo reajuste de 12%. Com o aumento, o litro da gasolina passa a custar, em média, R$ 1,02, o menor valor desde setembro de 2005.

Normalmente, os aumentos são repassados de imediato para as bombas, mas as reduções seguem ritmo mais lento. Uma das explicações é que os estoques, tanto das distribuidoras como dos postos, estão elevamos por causa da queda no consumo.  Além disso, a parcela da Petrobras na composição do preço final na gasolina é de apenas 18%, que se somam a impostos federais de 18% (Cide, Pis e Cofins) e estaduais, o ICMS de 33% em média, além de 11% do custo do etanol anidro e 20% de margem da distribuição e revenda.


Anúncios



Faleceu no Hospital Cristo Redentor, na noite desta terça-feira, 05, J.F. de 38 anos. Ela era  Moradora do Bairro ECOSANE, em Itapetinga. A jovem estava Hospitalizada com sintomas suspeitos,  o que alertou os médicos para uma possibilidade de estar portando o Novo CORONAVÍRUS.
A mesma  apresentava sintomas clínicos, como febre, tosse secretiva, dificuldade respiratória, com indicação de broncoaspiração. A paciente, que foi internada nesta segunda, 04, teve recomendação para isolamento e material coletado pela VIEP, após o falecimento, como medida de segurança. O material

será enviado ao Lacen para análise, nesta quarta, 06.

A jovem residia com familiares há cerca de 1 ano na no Bairro Ecosane, em Itapetinga.
Ela será enterrada no Corgão, distrito de Macarani, sua cidade natal.
Como ditam os protocolos de segurança, o corpo sairá do hospital em caixão fechado e não haverá velório, conforme acordado pelos secretários de saúde de Itapetinga e Macarani. Itapetinga Agora

No início da tarde desta sexta-feira, 1º de maio (Dia do Trabalho), Itapetinga registrou mais um caso positivo para covid-19. Um jovem de 22 anos, esteve no hospital Costa do Cacau de onde voltou na segunda semana de abril.

Desde o dia 22, ele estava monitorado pela Vigilância Epidemiológica de Itapetinga. No dia 26, teve material coletado e, agora, o Lacen enviou o resultado positivo.

O jovem, que está assintomático, jã havia sido alertado sobre a necessidade de isolamento social e assim deve permanecer até o dia 10 de maio.

Ao todo, Itapetinga registra 9 casos confirmados de coronavírus. Fonte: IRepórter.blog


 

Um idoso de 74 anos morto por novo coronavírus foi velado em caixão aberto em Itapetinga, no sudoeste baiano. O fato contraria protocolos do Ministério da Saúde. Segundo o G1, familiares de Domingo Alves Moreira velaram o corpo do idoso por cerca de 30 minutos. Os parentes disseram que não foram orientados. Já a prefeitura declarou que não apenas avisou à família, como deu orientações à empresa particular que organizou o sepultamento.

Segundo o Ministério da Saúde, falecidos pela covid-19 podem ser enterrados ou cremados. No entanto, o caixão deve permanecer fechado para evitar qualquer contato com o corpo. Os velórios e funerais, por sua vez, devem ter no máximo dez pessoas, com distância mínima entre elas de pelo menos dois metros. Além disso, o velório deve ocorrer em locais ventilados, de preferência abertos.

Ainda segundo a prefeitura, a Vigilância Sanitária ficou ciente da situação e foi ao velório para fazer o lacre do caixão. Do grupo que participou do sepultamento, 20 pessoas seguem monitoradas. Não foi informado o dia do velório.


Na noite desta segunda-feira (27, uma criança foi encontrada morta no Bairro Vila Isabel, em Itapetinga.

Segundo informações do site IReporte, a mãe da criança disse que no momento do ocorrido estava em casa, juntamente com a avó da criança. A recém-nascida estava bem e não apresentava problema de saúde, inclusive, durante o dia não apresentou nenhuma anormalidade.

A mulher informou ainda que ao entrar no quarto encontrou a criança em cima da cama com o rosto roxo e sangrando pelo nariz.

“Eu fiquei desesperada e sair correndo, gritando em busca de ajuda”, disse a jovem mãe.

O companheiro da mulher estava trabalhando quando tudo aconteceu. O Serviço de Atendimento Móvel (SAMU) foi acionado, mas, ao chegar na Rua Valdir de Souza Ribeiro, a vítima já estava em óbito.

Por se tratar de uma morte suspeita, equipe da Polícia Civil e Departamento de Polícia Técnica (DPT) estiveram no local para realizar a remoção do corpo para o Instituto Médico Legal (IML), onde ocorrerá o exame de necrópsia.

A polícia não encontrou sinais de violência visíveis no corpo da vítima, que tinha 20 dias de nascida.


Parceiros!






Um idoso de 63 anos que estava hospitalizado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Itapetinga, faleceu no fim da manhã desta segunda-feira (27). O paciente procurou a unidade médica dizendo que estava com dificuldades para respirar. Posteriormente, ele foi entubado porque seu estado de saúde se agravou rapidamente.

De acordo com o site IReporter, foi solicitado um pedido de transferência do homem para o Hospital de Base de Vitória da Conquista, porém, ele não resistiu.

A suspeita dos órgãos de saúde é que o idoso tenha sido vítima de tuberculose ou coronavírus. Mas, uma equipe da Vigilância Epidemiológica do município de Itapetinga, fez a coleta do material para fazer o teste. O resultado deve ficar pronto nas próximas horas. Até que se prove o contrário, o caso é tratado como suspeito do covid-19.


Nossos Parceiros!






Mais uma morte por coronavírus foi registrada na região. Essa é a quarta.

Trata-se de um idoso de 74 anos que faleceu durante a semana no Hospital Cristo Redentor, na vizinha cidade de Itapetinga, distante cerca de 100 km de Vitória da Conquista,

O resultado do exame saiu no início da tarde de hoje (sexta-feira). A informação foi confirmada pelo prefeito da cidade, Rodrigo Hagge,

O paciente veio de Ilhéus após passar por uma cirurgia.

Todas as pessoas que tiveram contato com o idoso estão em isolamento domiciliar. Essa é a segunda morte por coronavírus na capital da pecuária. Rodrigo Ferraz


Parceiros



Diferente dos municípios de Potiraguá e Itarantim, a Câmara Municipal de Vereadores da cidade de Itapetinga continua realizando as suas sessões ordinárias semanalmente, mas agora de um jeito diferente. Por conta da pandemia do covid-19, as sessões estão acontecendo de forma virtual ao vivo pelo Youtube.

Na manhã desta quarta-feira (22), a partir das 9h45, acontece a segunda sessão na modalidade remota por meio de uma plataforma digital. A medida visa evitar a aglomeração de pessoas no período da pandemia de Covid-19, em atendimento às recomendações de distanciamento social preconizadas por autoridades de saúde. Além da live, as sessões virtuais também estão sendo transmitidas, ao vivo, pela Fascinação AM 1080 kHz.

A realidade não é a mesma nos municípios de Potiraguá é Itarantim. Os presidentes, Lourival do Retalhão (Itarantim) e Antônio Oliveira (Potiraguá), até o presente momento não se pronunciaram se estarão apresentado um plano B, para realizar as sessões.

Vale a pena ressaltar que, neste período de pandemia a Câmara de Vereadores tem um papel de fundamental para que projetos de leis sejam votadas e alguns requerimentos sejam colocado em pauta.


O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação, começa nesta segunda-feira (20) a disponibilizar o vale-alimentação para 284 mil estudantes da rede estadual de ensino de 22 municípios da Bahia. Para evitar aglomerações nos supermercados, em função das orientações de combate ao coronavírus, parte dos estudantes receberá o benefício na Cesta do Povo e parte na rede Assaí. A ida aos supermercados está orientada por escola.
A lista com esta distribuição já está disponível para consulta no Portal da Educação (institucional.educacao.ba.gov.br/valealimentacao). Na lista também há uma indicação para que o estudante vá, preferencialmente, à rede localizada mais próxima da sua escola.
No supermercado, o estudante, o pai, a mãe ou responsável que esteja com o cadastro atualizado do CPF na escola deve se dirigir ao setor de atendimento ao cliente para a retirada do vale-alimentação de R$ 55. Será necessário apresentar o original do CPF. O vale é destinado exclusivamente à compra de alimentos. A Secretaria da Educação orienta para que seja dada a preferência a produtos com valor nutricional, a exemplo de feijão, arroz, macarrão, leite, proteína de soja, farinha de mandioca, verduras e frutas. Se a compra ultrapassar os R$ 55, caberá ao cliente assumir o restante do valor.
Lojas 
A Rede Assaí está nos municípios de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Juazeiro, Jequié, Ilhéus, Lauro de Freitas, Paulo Afonso, Guanambi, Serrinha, Senhor do Bonfim e Itapetinga. Em Salvador, as lojas Assaí ficam nos bairros de Paripe, Pau da Lima e Cidade Baixa.
No interior, a Cesta do Povo e as redes parceiras estão presentes nos municípios de Mata de São João, Dias D´Ávila, Simões Filho, Valença, Dias D´Ávila, Santo Estevão, Gandu, Santa Bárbara, Morro do Chapéu e Ituberá. Em Salvador, as lojas da Cesta do Povo ficam localizadas nos bairros de Mussurunga, Boca do Rio, Ogunjá, Castelo Branco, Marechal Rondon e Mata Escuta.
Tanto na capital quanto no interior, a Cesta do Povo tem redes parceiras. Em Paripe é a Rede Mix que atenderá um grupo de escolas. Em Feira de Santana, Santa Bárbara e Santo Estevão, as redes parceiras da Cesta do Povo são a Bem Barato e Olhos D’Água. Em Valença, Ituberá e Gandu, os estudantes devem se dirigir ao Megabom; em Morro do Chapéu, ao Super Pop I; e em Simões Filho, à Rede Mix.
O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, chama a atenção para que as pessoas programem suas idas e sigam as normas de proteção. “Sabemos da urgência para o recebimento do vale e a aquisição dos alimentos, mas é preciso seguir alguns procedimentos necessários. Orientamos para que vá ao supermercado apenas uma pessoa por família, no caso o estudante, a mãe, o pai ou o responsável. Que também evitem horários de aglomerações e que usem máscaras de proteção. E reforçamos que todos os estudantes matriculados na rede estadual já têm este direito ao vale-alimentação garantido. Então, é importante ter a tranquilidade necessária para a retirada”, destacou.

Durante a semana, os gestores das unidades escolares estarão nas escolas para atendimento por telefone e para prestar informações sobre a entrega do vale-alimentação estudantil e sobre a atualização do CPF. Para os estudantes que moram em municípios não atendidos por essas duas redes de supermercado, estão sendo feitos os cartões alimentação, que serão entregues diretamente aos estudantes pelas escolas. Quem ainda não tem o CPF informado no ato da matrícula deve fazer a atualização no sistema Siadiante, acessando o Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). Dúvidas também podem sanadas pelo telefone: 0800 284 0011.


Anúncios



Alegando dificuldades no cumprimento das normas baixadas pelas autoridades, em decorrência da pandemia de Coronavírus, a Fábrica de Calçados Vulcabras/Azaleia, localizada em Itapetinga, encerrou nesta quarta-feira (15), os CONTRATOS DE EXPERIÊNCIA de um grupo de colaboradores que esperam ser efetivados pela empresa.

Segundo fonte sindical, o número de demitidos é de cerca de 200 contratados, que ingressaram na empresa no mês de março passado. As demissões estão sendo comunicadas através de cartas enviadas aos empregados, que estão em gozo de férias.

Na manhã da última terça-feira (14), a Azaleia já havia prorrogado as férias coletivas de todos os seus colaboradores, até o dia 26 de abril, quando outras

medidas deverão ser anunciadas.

Esperamos boas notícias.

 

Sudoestehoje


Anúncios!