A Câmara Municipal de vereadores da cidade de Potiraguá está há duas semanas consecutivas sem realizar sessão ordinária. Desde a última quinta-feira(10), até o presente momento não houve sessão ordinária.

A última sessão ocorrida foi no dia 03 de maio. O Site Blog do Edyy tentou entrar em contato com o presidente da Câmara, nesta segunda-feira (21), o Vereador Antônio Oliveira, para saber as justificativas das sessões não ocorridas, mas o mesmo não atendeu as ligações telefônicas.

O site está a disposição para quaisquer esclarecimento.


Preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde 7 de abril, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende lançar sua pré-candidatura no próximo domingo (27). A informação é do deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) que visitou Lula nesta segunda-feira (21), na capital paranaense.

“O [ex-] presidente Lula está bem, de excelente humor, bem agasalhado e fazendo exercícios”, afirmou Damous após a primeira visita ao ex-presidente. “Mas está indignado com a situação de injustiça que perdura contra ele há mais de 40 dias. Ele quer ver sua inocência provada.”

Damous disse ainda que o PT prepara ações em cerca de 3 mil cidades nas quais o partido está organizado para fazer o lançamento da pré-candidatura de Lula. “Não importa que cada ato tenha 500 pessoas. O que importa é o somatório. O importante é deixar claro que o presidente Lula é o nosso candidato”, disse o deputado.

Ex-presidente da Seccional da Ordem dos Advogados dp Brasil (OAB) no Rio de Janeiro, Damous acrescentou que Lula pode ser candidato à Presidência da República, mesmo detido na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. “O [ex-] presidente reafirma sua vontade de ser candidato à Presidência da República.”

Lula foi condenado a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção.

Ele respondeu à acusação de ter obtido vantagens indevidas provenientes de um esquema de corrupção envolvendo três contratos entre a empreiteira OAS e a Petrobras. A vantagem seria um apartamento tríplex em Guarujá (SP).


Quem esteve em Itapetinga neste sábado (19) visitando o Parque de Exposições foi o deputado federal Uldurico Júnior (PPL).

Acompanhado de assessores e também do seu pai, o ex-deputado Uldurico Pinto (PPL); Júnior, o deputado mais novo do Brasil, com apenas 25 anos de idade, pretende buscar novos apoios na região Sudoeste e já tem propostas para futuros investimentos em Itapetinga, em benefício da população.

Ao lado do ex-prefeito José Carlos Moura (PT), o deputado Udurico Júnior esteve visitando stands e pode acompanhar de perto a festa da tradicional Exposição de Itapetinga. Tendo sua principal base política em Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, o deputado disse que também tem interesse em contribuir com Itapetinga. Presença do vereador Romildo Teixeira (PSL) e também do assessor do deputado Rosemberg, André Dantas.

“Eu tenho conversado com o nosso amigo Zé Carlos, buscando a forma de nós podermos ajudar Itapetinga. Estamos alinhando as conversas para em breve termos uma novidade boa para o município”, disse. Neste domingo (20) o ex-prefeito e correligionários também receberão no Parque de Exposições, o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), a partir das 16h.

Por Roberto Alves


A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, negou que a candidatura de Lula seja barrada sem que haja contestação prévia – ou “de ofício”, como se diz no órgão jurídico. “O Judiciário não age de ofício, age mediante provocação”, disse a ministra, em entrevista ao programa Canal Livre, da Band.

De acordo com o portal UOL, na semana passada, ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) passaram a discutir a possibilidade de tomar a iniciativa de impedir a candidatura de Lula e evitar um impasse durante a campanha. Para Cármen, o petista está inelegível. “Isso foi aplicado desde 2012. Eu não noto nenhuma mudança de jurisprudência no TSE. E o Supremo voltou a este assunto, este ano, e reiterou a jurisprudência e a aplicação da jurisprudência num caso de relatoria do ministro (Luiz) Fux, atual presidente do TSE”, disse, acrescentando que acha que o caso não chegará ao STF.


O deputado estadual Zé Raiumundo (PT) afirma considerou “natural” a investigação em andamento na Polícia Federal e na Controladoria Geral da União (CGU) sobre a obra inaugurada em sua gestão como prefeito de Vitória da Conquista há dez anos.

Nesta quarta-feira (16), veio a público um comunicado da PF informando a prefeitura da cidade de que agentes do órgão estarão no município para coleta de documentos relacionados à obra de intervenções na Avenida Juracy Magalhães.

“As obras em questão se encontram prontas e acabadas com qualidade e economicidade, tratando-se, inclusive, de um dos marcos da grande intervenção urbanística realizada na cidade”, justifica Raimundo.

Veja a conta divulgada pelo ex-prefeito petista:

“Acerca de notícias veiculadas na quarta-feira (16/05/2018) por alguns veículos de comunicação dando conta de que a Polícia Federal estaria vindo a Vitória da Conquista –Bahia para levantar documentos e informações junto à Prefeitura Municipal relativas às obras realizadas na Av. Juracy Magalhães durante a gestão do ex-prefeito José Raimundo Fontes, cumpre esclarecer: 1 – É natural e necessário que todos os órgãos de controle externo e de investigação – dentre eles a CGU – Controladoria Geral da União e a Polícia Federal – cumpram seus papeis institucionais no exercício de suas atribuições de fiscalização e controle no que tange à aplicação dos recursos públicos. 2 – No caso específico da Av. Juracy Magalhães foram realizadas intervenções de duplicação, urbanização, drenagem e iluminação do logradouro com recursos de convênios firmados entre a União e o Município de Vitória da Conquista – Bahia, nas quais se primou pela qualidade, austeridade e correta aplicação das verbas públicas. Tanto assim que a Caixa Econômica Federal aprovou as execuções física e financeira das obras em questão. 3 – Apesar disto, em decorrência de posterior fiscalização realizada pela CGU e de seu respectivo relatório, o MPF – Ministério Público Federal realizou rigorosa apuração acerca da execução dos convênios em comento, não tendo constatado qualquer indício de má aplicação de verbas públicas, razão pela qual a ação judicial daí decorrente foi julgada totalmente improcedente. Trata-se de mais um elemento a atestar a lisura e o zelo da gestão do ex-prefeito no trato com o dinheiro público.  4 – As obras em questão se encontram prontas e acabadas com qualidade e economicidade, tratando-se, inclusive, de um dos marcos da grande intervenção urbanística realizada na Cidade pelo ex-gestor e sua equipe de governo, que em muito contribuíram para a melhoria da mobilidade urbana. 5 – Finalmente cumpre registrar que toda a documentação acerca dos convênios em discussão, como também de dezenas de outros executados durante a gestão do ex-prefeito, foi deixada à disposição de qualquer interessado na Prefeitura Municipal. Por tais razões, ele se encontra absolutamente tranquilo e à disposição para prestar todos os esclarecimentos necessários sobre o assunto trazido à baila. Vitória da Conquista – Bahia, 16 de maio de 2018”.

Bocão News


A eleição 2018 está chegando e com ela as definições políticas em Vitória da Conquista. Em entrevista concedida ao Blog do Anderson, na noite desta quarta-feira (25), o vereador Álvaro Pithon, do DEM, o mais experiente do legislativo da terceira maior cidade da Bahia, declarou os seus apoios para o pleito.

Segundo o edil, para deputado estadual vai se engajar na reeleição de Luciano Ribeiro, seu correligionário, para a Câmara Federal Pithon decidiu que irá marchar com o ex-secretário municipal de educação, Marcelo Melo, ex-presidente do DEM conquistense e que recentemente engrossou as fileiras do PHS.

“Meu apoio está decidido e irei oficializar em discurso na Câmara de Vereadores. São dois grandes nomes e que estarei engajado nas eleições”, disse Álvaro, que se junta aos outros edis, Jorge Bezerra e Edijaime (Bibia) Rosa em apoio a Marcelo Melo.


O vereador Jairo Araújo (PCdoB) protocolou no Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) na última segunda-feira (23) uma denúncia de improbidade administrativa contra o prefeito Fernando Gomes (sem partido) e o secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente Jorge Vasconselos.

De acordo com o site Ipolítica, o titular da pasta tem contrato de aluguel firmado com a prefeitura por conta de um imóvel, onde funciona o Núcleo de Tecnologia da Educação. O valor pago mensalmente seria de R$3.850. O contrato, firmado em janeiro, dispensou licitação. Segundo o edil, “todas as evidências levam a crer que foram utilizados recursos do município para benefício particular”.


A presença da comunidade na sessão ordinária desta quinta-feira (19), na Câmara Municipal de Vereadores de Potiraguá é de grande importância, pois há uma grande expectativa sobre o tema a ser abordado.

Nos últimos meses a Câmara de Vereadores de Potiraguá vem debatendo temas de grande polêmica, uma delas é a questão do projeto de lei que os “edis” queriam revogar, dando assim a possibilidade da empresa Veracel dar início ao plantio de eucalipto no município. Porém, em uma audiência pública, realizada no dia (28), de março, na câmara, levou um grande número de pessoas totalmente contra a essa revogação, levando assim os edis a adiarem a votação, ou até a desistência, mas o vereador Carlos Cigano, do (PRB), que defende o plantio, voltou a falar sobre o assunto na última quinta-feira (12), que ainda haverá uma outra audiência pública no distrito de Itaimbé. Ouça os áudios do vereador.

O segundo caso polêmico que também poderá será ser debatido nesta quinta-feira (19), é sobre a antecipação da eleição para a mesa diretora da câmara de vereadores. O atual presidente, Tonhe de Ernesto (PSDB), tenta a reeleição, mas o edil Lequinho (PSB) colocou o seu nome.

Mas o presidente  da Câmara de vereadores de Potiraguá, Antônio Oliveira, decidiu cancelar a eleição da mesa diretora que seria realizada nesta quarta-feira (18). A alegação é que existe um conflito entre a lei orgânica e o regimento interno.

Sendo assim, deixando um ponto de interrogação na sessão ordinária desta quinta-feira (19). A sessão será a partir das 19h0 e é de suma importância o seu comparecimento.


Diferente do Prefeito de Itambé, Eduardo Gama (PMDB), que logo disse ao deputado Lúcio Vieira (PMDB), que não lhe apoiaria, muitos prefeitos, principalmente da região sul e sudoeste, não podem fazer o mesmo.

Acontece que os Vieira Lima investiram pesado em algumas campanhas para eleger prefeitos do PMDB na região, os deixando com o famoso “RABO PRESO”, junto aos famosos homens das malas recheadas.

Sendo assim, muitos prefeitos do PMDB, não têm peito pra dizer “NÃO” aos Vieira Lima, já que nomes e segredos poderão vir à tona. O único jeito são os prefeitos de “rabo preso” torcerem para que Lúcio seja cassado pelo Conselho de Ética e fique de fora da campanha.

Enquanto a turbulência desaba na cabeça de Lúcio, seu irmão, Geddel, segue preso na Papuda, uma vez que os R$ 52 milhões encontrados pela Polícia Federal em um apartamento em Salvador, cujas impressões digitais do ex-ministro foram encontradas em algumas cédulas, comprometeram os Vieira Lima para sempre.


A eleição da Comissão Executiva para o biênio 2019/2020 da Câmara Municipal de Vereadores de Potiraguá, será realizada na próxima quarta-feira (18), as 19h0.

A votação que estava prevista para ser realizada em dezembro deste ano, foi antecipada para este mês de abril, em sessão extraordinária, onde os edis terão o direito de concorrer a presidência, sendo eles o 1º primeiro presidente e 2º segundo presidente, 1º primeiro secretário e 2º segundo secretário, conforme resolução de Nª 01/2018, aprovada nesta quinta-feira 12, em sessão ordinária.

Um fato que está tirando o sono de alguns vereadores é a questão do requerimento que foi lido na última sessão desta quinta-feira 12, onde o presidente Antônio Oliveira, do (PSDB), colocou uma pauta dizendo que somente duas chapas poderiam disputar a presidência do legislativo, tirando assim o direito dos demais vereadores concorrerem a eleição para o pleito do biênio 2019/2020. Os vereadores Alex, Idene Rios e Jó do Monon, não assinaram, mas não impediu a aprovação da resolução.

A sessão extraordinária que já está marcada para a próxima quarta-feira 18, promete lotar o espaço interno e externo da câmara municipal, já que é de suma importância a presença em massa da população potiraguense.