Nova pesquisa feita pelo instituto Real Time Big Data traz Jair Bolsonaro (PSL) com 25% das intenções de votos, seguido por Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT), com 11%, Geraldo Alckmin (PSDB), com 9%, e Fernando Haddad (PT), com 7%.

Álvaro Dias (Podemos) tem 4%, João Amôedo (Novo), 3%, Henrique Meirelles (MDB), 2%, e Guilherme Boulos (PSOL), 1%. Outros somam 1% e indecidos, 13%.

Veja abaixo os principais resultados:

Jair Bolsonaro (PSL): passou de 21% para 25%.
Ciro Gomes (PDT): de 8% para 11%.
Marina Silva (REDE): de 11% para 11%.
Geraldo Alckmin (PSDB): de 9% para 9%.
Fernando Haddad (PT): de 6% para 7%.
Álvaro Dias (PODE): de 5% para 4%.
João Amoêdo (NOVO): de 1% para 3%.
Henrique Meirelles (MDB): de 1% para 2%.
Guilherme Boulos (PSOL): manteve 1%.
Outros candidatos: de 0% para 1%.
Nulo/Branco: de 21% para 13%.
Indecisos: de 16% para 13%.


O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia vai lavrar Termos de Ocorrência para apurar a compra de diplomas e medalhas, por parte de prefeitos e vereadores – que são vendidos por empresários espertalhões, a título de honraria, por suposto destaque na administração municipal ou desempenho nas câmaras em cidades do interior do Brasil. O TCM vai instaurar processo para que prefeitos e presidentes de câmaras municipais devolvam aos cofres públicos os recursos gastos com a taxa de inscrição para a “cerimônia de entrega da honraria”, assim como os valores gastos de recursos públicos com diárias, hospedagem e transporte para o local do evento.

A decisão de instaurar a investigação para punir os gestores públicos baianos envolvidos foi tomada nesta segunda-feira (06/08) pelo presidente do TCM, conselheiro Francisco de Souza Andrade Netto, após reportagem exibida pela Rede Globo de Televisão, no programa “Fantástico”, no último domingo, denunciando a verdadeira indústria de venda de homenagens que existe no país que atrai – e em alguns casos ilude – gestores públicos de municípios de todo o país. A reportagem comprovou a venda de “diploma de mérito e medalha” ao mostrar um jumento – que foi identificado como administrador municipal – sendo homenageado como um dos “Cem melhores prefeitos do país”.

Numa apuração preliminar feita pelo TCM, 26 prefeituras e 30 câmaras municipais baianas pagaram pelas distinções negociadas pelas empresas “União Brasileira de Divulgação – UBD” e “Instituto Tiradentes”, nos anos de 2017 e 2018. Os diplomas e medalhas custaram um total R$92.983,00.

O “Instituto Tiradentes” foi mais ativo, arrecadou R$80.833,00 nos municípios – 13 prefeituras em 2017 e 26 câmaras no mesmo ano. Em 2018 vendeu prêmios para 12 prefeituras e 10 câmaras. Já o UBD teve como clientes oito prefeitos em 2017 e dois prefeitos em 2018. E ganhou R$12.150,00


Em mais um capítulo do célebre “Caso dos Pastores”, de Vitória da Conquista, nesta quinta-feira, 12 de julho, o Pastor Edimar da Silva Brito foi novamente solto por determinação do Desembargador Nilson Castelo Branco, da Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia, em Salvador, que deferiu pedido de liminar em Habeas Corpus e determinou novamente a sua soltura. 

O Pastor Edimar da Silva Brito, no final do mês de junho, apresentou-se na cidade de Itabuna em cumprimento a decisão do Juiz de Direito Reno Viana Soares, da Vara do Júri e Execuções Penais de Vitória da Conquista – Bahia, que decretou novamente a sua prisão preventiva e também a do Pastor Fabio de Jesus Santos e do Vigilante Adriano Silva dos Santos, em decisão de pronúncia que determinou que todos eles sejam julgados pelo Tribunal do Júri.

A nova liminar foi encaminhada ao Conjunto Penal de Vitória da Conquista, para onde o Pastor Edimar da Silva Brito já havia sido transferido.

O Pastor Edimar da Silva Brito, o Pastor Fabio de Jesus Santos e o Vigilante Adriano Silva dos Santos são acusados dos assassinatos da Pastora Marcilene Oliveira Sampaio e da sobrinha dela Ana Cristina Santos Sampaio, crimes acontecidos em Vitória da Conquista – Bahia, no dia 19 de janeiro de 2016.

Segundo o Promotor de Justiça José Junseira Almeida de Oliveira, que assinou a denúncia contra os acusados, o motivo dos crimes teria sido a saída de vários fiéis da igreja de Edimar para seguir a vítima.

Anteriormente, em 2017, por determinação do Desembargador Nilson Castelo Branco, da Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia, em Salvador, os Pastores Edimar da Silva Brito e Fabio de Jesus Santos tinham sido soltos e a condenação do Vigilante Adriano Silva dos Santos a 30 anos de reclusão anulada.

Após ser novamente preso, o Pastor Fabio de Jesus Santos foi solto no mês passado.

O Vigilante Adriano Silva dos Santos é o único dos acusados que continua preso em Vitória da Conquista.

Blog do Rodrigo Ferraz


O comando da Polícia Mil3itar de Vitória da Conquista passa por mudanças.q

No Diário Oficial desta quarta-feira (11) foram divulgadas as modificações.

Na capital do Sudoeste baiano, o Major Berlink Santos deixa o comando da 78ª Companhia Independente de Polícia Militar e a partir de agora  ocupará o cargo de Chefe do Núcleo de Gestão Administrativa e Financeira, do Comando de Policiamento da Região Sudoeste (CPR).

Quem passa a comandar a 78ª Companhia, responsável por toda a Zona Oeste de Conquista, é o Major Edimário Brito, que deixa o comando de Policiamento na cidade de Itapetinga.

Quem retorna ao Sudoeste baiano é o Tenente Coronel Mascarenhas, que já esteve a frente da CIPE Sudoeste em gestões passadas e agora vai comandar o Policiamento de Guanambi.


Um automóvel da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), um Chevrolet Onix, que transportava a equipe do deputado estadual Marcell Moraes (PV) para Barreiras, capotou na estrada, na tarde desta sexta-feira (30).

O episódio foi comunicado pelo próprio parlamentar, por meio de suas redes sociais. Segundo ele, todos estão bom estado de saúde. “Pessoal, vamos fazer uma oração e agradecer ao nosso Deus. O carro que estava com minha equipe indo para a nossa campanha de castração em Barreiras acabou de capotar mas estão todos bem”, escreveu Marcell no Instagram.


Questionado se espera que o governador Rui Costa (PT) reveja a decisão de retirar policiais da prefeitura e postos de saúde, o prefeito ACM Neto (DEM) disse que “a consciência é o que deve dizer o que deve fazer”.

“A decisão do governador é absolutamente incompreensível. Uma coisa é o debate político. Ele tem o direito de criticar, mas a democracia impõe que ele ouça as críticas. E foi o que aconteceu quando do meu pronunciamento cobrando medidas pela segurança. Ele demonstrou que não está preparado para exercer a função que exerce de governador do Estado. Se ele vai rever ou não é uma decisão que cabe a ele”, disse ao BNews, na manhã desta sexta-feira (18). Durante o discurso, Neto também não poupou críticas à segurança pública e ao sistema de saúde do governo do estado.


Cenas lamentáveis tomaram conta do estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, neste sábado (08), após vitória do Flamengo sobre o Vasco por 1 a 0, em duelo válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Após o apito final, a torcida do Vasco começou a protestas contra a arbitragem, e o clima se descontrolou. Alguns fãs cruz-maltinos ameaçaram invadir o gramado e começaram a jogar objetos, desde copos e garrafas até entulhos e sinalizadores, no gramado.

Com o clima hostil, os jogadores do Flamengo não desceram para os vestiários e ficaram no centro do campo.


Marcos Harter está eliminado do Big Brother Brasil. O anúncio foi feito pelo apresentador Tiago Leifert no início do programa desta segunda-feira (10). A decisão foi baseada nas regras do reality show, que proíbem agressão física, e nas investigações da Polícia Civil do Rio, que abriu inquérito para apurar se houve lesão corporal quando o médico de 37 anos discutiu com a estudante Emilly Araújo, de 20 anos, dentro da casa.

Leifert disse que, com a abertura do inquérito, o programa falou novamente com Emilly no confessionário.

“Na conversa de hoje ficaram comprovados indícios de agressão física. No BBB, agressão gera expulsão. A decisão está tomada: o Marcos está eliminado do BBB 17”, disse Leifert.

Pouco depois, o apresentador disse que o participante havia sido comunicado e que as outras três participantes – além de Emilly, Vivian e Ieda – estão na final do programa, que será realizada na quinta-feira (13).

Após ser avisada, durante a transmissão ao vivo, Emilly começou a chorar muito, sendo consolada pelas outras participantes. “Por que isso está acontecendo?”, questionava.

Briga após festa

Na madrugada de domingo (9), Marcos e Emilly tiveram uma discussão após uma festa na casa. As câmeras registraram o momento em que Marcos grita com Emilly e a deixa contra a parede.

“Presta atenção! Presta atenção! Você só está comigo, presta atenção, só mais um pouquinho. Você só está comigo porque eu quero que você ganhe, é isso?”, pergunta Marcos.

Depois, na parte externa da casa, Emilly reclama de dor no punho:

“Eu não quero saber. Olha aqui, tu me besliscou de novo, Marcos. Tu apertou meu pulso, tá doendo”.

Marcos argumenta: “Tá, peraí, toda vez que você mostra isso eu tenho que mostrar as vezes que você me unhou”.

Emilly rebate: “Foi uma vez”.

Ao G1, a delegada Márcia Noeli, diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher (Dpam), disse: “Pelo que já sabemos, a polêmica começou no fim de semana, quando foram exibidas imagens do rapaz intimidando a moça, falando aos berros e de dedo em riste. Isso já configura violência psicológica, mas teríamos que esperar a vítima procurar a polícia. Quando surgem as imagens em que a moça reclama que o rapaz a machucou, o caso muda para lesão corporal, em que não é necessário aguardar a vítima se manifestar”

 

O prefeito Paulo Construção juntamente com o vice Jadiel Matos, estiveram na manhã desta quinta feira (02/03), no Hospital Geral de Itarantim BA, para reabrir a sala de (Raios-X), que foi interditada no dia (06/10/2016) pela vigilância sanitária na gestão anterior, pelo motivo do não funcionamento do mesmo.

 

O prefeito se diz muito feliz, “a população é quem ganha, já que pessoas que necessitam desse atendimento teriam que se deslocar para outros municípios, enfrentando tantos perigos nas estradas para tirar um (Raios-X), prejudicando assim quem já se encontra debilitado com possíveis fraturas. Graças ao nosso bom Deus e aos nossos esforços, isso não irá mais acontecer, já que temos esse suporte na cidade”. Concluiu.

Imagens: (Ramon Xeik)


Na manhã desta terça-feira o ex-prefeito de Pau Brasil, Marco Rocha, foi assassinado em Camacan, município vizinho.

O ex-prefeito foi levado para a fundação Hospitalar, mas já sem vida. O corpo deverá ser levado para o DPT e Itabuna.

Marco Rocha chegou ao poder após a morte do então prefeito Acácio Cardoso. Vale lembrar que ele é irmão do ex-prefeito Alberto (PT), que governou o município de 20013 a 2016.

Em julho de 2012 o ex-prefeito Marco Rocha, foi acusado pela polícia civil por ter mandado matar o vereador de Pau Brasil, Valderlins Pinheiro Matos, o Pinho, o homicídio ocorreu em 1º de fevereiro de 2012

A polícia Militar começou a fazer rondas para prender o assassino. O clima é de tensão na cidade, e o homicídio tem característica de execução.

Fonte: Políticos do sul da bahia > Por blog do edyy