Nesta segunda-feira (18), o Juiz Reno Viana, da Vara do Júri e Execuções Penais de Vitória da Conquista, decretou novamente a Prisão Preventiva dos religiosos Edimar da Silva Brito, Fábio de Jesus Santos e do Vigilante Adriano Silva dos Santos, em decisão de pronúncia que determinou que todos eles sejam julgados pelo Tribunal do Juri.

Eles são acusados dos assassinatos da Pastora Marcilene Oliveira Sampaio e da sobrinha dela Ana Cristina Santos Sampaio, crimes acontecidos em 19 de janeiro de 2016.

Blitz Conquista


A exemplo da semana passada, um grupo de ex-servidores se reuniram em frente ao prédio da  Prefeitura Municipal de Conquista, na manhã desta segunda-feira (11), para cobrar rescisões em atraso.

Mais uma vez frustradas em suas reivindicações, as mulheres novamente apelaram a Deus, em orações, para ter os direitos trabalhistas assegurados. Uma nova rodada de negociação ficou acertada para a próxima quarta-feira (13), às 11 horas.

“Eles estão querendo nos vencer pelo cansaço, mas não vamos desanimar”, postou uma ex-ervidora em rede social. “Tem dinheiro para ornamentar a cidade, mas não tem para nós, que deveríamos ser prioridade. Estão pouco ligando para nós”, lamentou outra manifestante.

Uma corrente humana, com cerca de 100 pessoas de mãos dadas, se formou na Praça Joaquim Correia, onde fica a sede administrativa da Prefeitura.

O desespero era visível, com a maioria alegando não ter o que fazer diante de faturas vencidas e sem dinheiro para despesas do dia-a-dia. Durante a manifestação, alguns chegaram a sugerir que acampassem na Prefeitura até uma reposta favorável à causa.

Cartazes reforçaram as orações. “Senhor, derrame sobre nossas vidas o óleo do Seu espírito, da Sua sabedoria. Nós, servidores, queremos o que é de direito”, estava escrito num deles. “Saiba que acima do Céu e da Terra há um Grande Deus somente”, completou.

Elas também estiveram nas dependências da Prefeitura e seguiram o prefeito Herzem Gusmão (MDB) pelos corredores, exigindo o pagamento dos valores em aberto. Ele se comprometeu em participar da reunião, na quarta-feira.

Seguindo o planejamento da Secretaria de Finanças, a previsão de pagamento dos contratos com rescisão em 2013 seria em 20 de março deste ano. Os demais anos, ainda segundo a Prefeitura, em nota, seriam pagos seguindo o seguinte cronograma: 2014 (em 20/04); 2015 (em 20/05); e 2016 (em 20/06).

São exatamente os de maio e o de junho (ainda por vencer) que preocupam os ex-servidores. Sem apoio de representantes sindicais, alguns não descartam, inclusive, ocupar o prédio da Prefeitura até que o prefeito resolva quitar os valores.

Texto: site TV Sudoeste digital


Barrado pelo Legislativo Conquistense com aval da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o juiz Ricardo Frederico Campos, titular da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Vitória da Conquista, deferiu “liminar almejada para suspender a operação intitulada Blitz do IPVA, realizada pelo DETRAN-BA [Departamento Estadual de Trânsito da Bahia] e Polícia Militar do Estado da Bahia, na cidade de Vitória da Conquista, abstendo-se de apreender os automóveis dos contribuintes em razão do não pagamento do IPVA ou falta de porte do CRLV, até que o Estado da Bahia disponibilize o pagamento isolado do CRLV, independentemente do pagamento do IPVA, multas e quaisquer outras taxas, sob pena de multa, por operação de blitz, de R$ 100.000,00 (cem mil reais)”. A autoria é do vereador David Salomão Santos Lima (PRTB) que teve como advogado Marco Aurélio Andrade Miranda. O Governo do Estado da Bahia ainda não se manifestou sobre o assunto.

Blog do Anderson


O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) condenou o vereador David Salomão Santos Lima (PTC), de Vitória da Conquista, por propaganda antecipada.

O legislador terá que pagar uma multa no valor de R$ 10 mil. A ação proposta pelo Ministério Público Eleitoral mostrou que David Salomão espalhou diversos outdoors nas Avenidas Juracy Magalhães, Luiz Eduardo Magalhães e Olívia Flores, exibindo sua imagem, nome e o cargo de deputado federal, cargo que pretende disputar nas eleições de outubro. Todo o contexto, frisou o MPE, configura-se propaganda eleitoral.

“Ressalta que o cenário delineado demonstra, da forma como estruturada a publicidade, por meio de equipamentos de forte impacto visual e elevado custo, instalados em pontos estratégicos da cidade, o real objetivo de apresentar à população seus propósitos eleitorais, gerando desequilíbrio na disputa das próximas eleições”, diz a ação.

O outdoor continha mensagens como “Pré-candidato a Deputado Federal pela Bahia”, “Valores que defendemos… DEUS, PÁTRIA E FAMÍLIA” e “Só Deus cala essa voz”.

Em 14 de maio deste ano, a Justiça Eleitoral determinou que o edil retirasse as imagens com seu nome e cargo ao qual pretende concorrer nas eleições desse ano. A determinação ainda apontava a retirada dos outdoors na cidade de Vitória da Conquista.

Em sua defesa, David Salomão informou que os outdoors afixados nas avenidas mencionadas já teriam sido retirados antes mesmo da concessão da decisão judicial obrigar a retirada.

O vereador negou também que tenha cometido crime de propaganda antecipada. “Sustenta que, nos termos do artigo 36 da Lei n. 9504/97, não configura propaganda antecipada a exaltação das qualidades pessoais do pré-candidato, desde que não haja pedido explícito de votos […] Trata-se de militância espontânea, desdobramento do direito fundamental de manifestação do pensamento e de opiniões, sem qualquer violação a preceito legal”, frisou a juíza eleitoral Carmem Lúcia Santos Pinheiro.

No entanto, no entendimento da magistrada do TRE, “mesmo sem haver pedido explícito de votos, a intenção subliminar ressalta evidente, revelando a pretensão eleitoreira da publicidade, ainda que de forma dissimulada”. “Diante disso, na hipótese sob exame, inegável o potencial para provocar desequilíbrio de oportunidades no pleito, haja vista que somente a partir do dia 15 de agosto da eleição vindoura é que é autorizada a realização de propaganda eleitoral”, lembrou a juíza.

As informações são do site BocãoNews


Quem está achando que o frio de verdade ainda não começou em Vitória da Conquista ou que já está reclamando do frio que tem feito nesta semana pode se preparar porque as temperaturas devem cair ainda mais nesta semana.

Segundo o site Clima Tempo, apesar de estarmos, ainda, no outono, a semana será com cara de inverno. O sol aparece pouco, sempre entre nuvens, a garoa deve permanecer em alguns dias da semana, mas não deve chover forte. Já as temperaturas despencam e a máxima não passa dos 25 graus e mínima chega aos 13 graus, com sensação térmica de até 11 graus.


O ex-prefeito de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes (PT), afirmou neste sábado (26) que vai recorrer da decisão que o obriga a pagar R$ 613,5 mil em despesas advocatícias em ação acerca de supostas irregularidades em licitação aberta sob sua gestão, em 2011. O montante equivale a 10% dos R$ 6,135 milhões que a empresa Cidade Verde terá de ressarcir ao município. Vencedora do certame à época, a prestadora de serviço de transporte foi condenada por fraudar documentos públicos.

A sentença, proferida na sexta-feira (25), é do juiz Ricardo Frederico Campos, da 1ª Vara da Fazenda Pública local. Cabe recurso.

Segundo o magistrado, as irregularidades foram constatadas por meio de perícia em balanço contábil da empresa.

“Entende este magistrado que o valor da lesão e das perdas e danos corresponde ao valor da outorga ofertado pela Empresa Cidade Verde, a saber, R$ 6.135.000,00 (seis milhões e cento e trinta e cinco mil reais), devendo, assim, a ré Cidade Verde sofrer a perda deste valor em benefício do município de Vitória da Conquista […] para sanar as ilegalidades aqui encontradas”, assinalou o juiz no despacho.

De acordo com o site BNews Menezes nega não ter cometido qualquer irregularidade. Ele afirmou que, embora respeite a decisão, recorrerá “a todas as possibilidades que a Justiça nos permite”.

Atualmente, o ex-prefeito é lotado em um gabinete do governo da Bahia em Brasília.


Um acidente envolvendo um ônibus foi registrado na estrada que liga Vitória da Conquista a Barra do Choça, por volta das 14h desta quinta-feira (26).

As primeiras informações que chegam a nossa reportagem é de que o veículo tombou próximo a Barra do Choça, no trecho conhecido como ‘curva do clube’, considerado bastante sinuoso por quem passa pelo local.

Apesar do susto, ninguém ficou gravemente ferido. A Polícia Rodoviária Estadual se deslocou até o local para registrar a ocorrência.

Rodrigo Ferraz

 


A execução aconteceu na manhã desta quarta-feira (25), no momento que o jovem de prenome Darlan estava trabalhando em uma quitanda, na rua Guaporé, em frente a praça Marechal Rondon, no bairro Ibirapuera.

Segundo informações do blog do Léo Santos,  o mesmo era morador da cidade de Barra do Choça, e chegou em Conquista a pouco menos de 3 semanas.

A policia ainda não tem informações sobre a  motivação do crime, e segundo informações, os atiradores chegaram em uma moto e logo após fugiram em direção a Rio-Bahia.

Guarnições da Rondesp Sudoeste e Peto 77 se encontram no local isolando a cena do crime e aguardando a chegada da pericia técnica.

Conquista registra 12º homicídio somente no mês de Abril.


Criança está internada em Vitória da Conquista e precisa ser encaminhada para uma UTI pediátrica para realização de procedimento. Segundo os pais, situação a se agrava a cada dia.

O Bebê de um mês precisa de uma cirurgia cardíaca, mas não encontra vaga na rede pública.

Um bebê de pouco mais de um mês que está internado no Hospital Geral de Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia, precisa com urgência de uma cirurgia em outra unidade de saúde, por ter um problema no coração, mas não está encontrado vaga para transferência. Ele está há mais de dez dias aguardando para ser encaminhado para a realização do procedimento.

Os pais da criança, que tem nome de Laurindo, contam que o quadro clínico tem se agravado a cada dia e que correm contra o tempo. A família é da cidade de Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste da Bahia — a cidade fica a cerca de 200 km de Conquista.

“É muito difícil, muito difícil mesmo, porque a espera é a pior coisa. Os médicos falam que ele tem um problema no coração e que ele precisa de cirurgia urgente”, destaca a mãe do bebê, Maria Eduarda Oliveira.

Segundo relatórios médicos, Laurindo precisa ser levado para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica, para ser submetido ao procedimento.

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) informou, por meio de nota, que o bebê está na lista de regulação desde o dia 12 de abril e que o órgão está buscando um leito para que a criança seja transferida para Salvador.

Blog do Leo Santos,


Uma mulher foi detida por injúria racial, na cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, após comparar um cobrador de ônibus a um boneco de ventriloquia negro, arte de projetar a voz em um brinquedo para dar a impressão que o boneco fala. A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (20).

O caso ocorreu na manhã da quinta (19), no bairro kadija. O personagem usado para ofender o cobrador é popular na cidade. Ele é conhecido como “Boneco Futuca”, e é negro – o que, segundo a polícia, motivou a conotação.

De acordo com a polícia, a mulher, identificada como Fabiana Alves Macêdo, ofendeu o cobrador no momento em que os dois discutiam, dentro de um ônibus, após ela embarcar no coletivo. O motivo da discussão não foi divulgado.

Após a injúria, a polícia foi acionada, esteve no local, e encaminhou a vítima, a mulher e algumas testemunhas para o Distrito Integrado De Segurança Pública (Disep), na cidade, onde o cobrador de ônibus formalizou denúncia.

A mulher foi indiciada por injúria racial e levada para a carceragem da unidade de polícia. No entanto, deixou o local ainda na quinta-feira, após pagar fiança de R$ 2 mil.