Um vendedor ambulante, que não teve o nome revelado, disse ter sido vítima de um golpe na manhã deste sábado (02), na cidade de Potiraguá. Segundo ele, uma pessoa, que ele não sabe quem, passou uma nota de 100 reais falsa pra ele, na compra de alguns de seus produtos. Sem perceber ele pós no bolso e repassou o troco ao cliente, vendo somente depois que foi vítima de um golpe.

Assista ao vídeo e veja a diferença entre a nota verdadeira da falsa:

 

Falsificar dinheiro é crime. A pena pode chegar 12 anos de prisão.

Falsificar, fabricar ou alterar moeda metálica ou papel moeda de curso legal no país ou no estrangeiro é crime previsto no artigo 289 do Código Penal. A pena varia de três a 12 anos de prisão e multa. Estará sujeito à mesma pena quem importar ou exportar, adquirir, vender, trocar, ceder, emprestar, guardar ou introduzir na circulação moeda falsa. Mesmo tendo recebido de boa fé, comete crime, com pena prevista de seis meses a dois anos e multa, quem a recebe e a mantém em circulação, repassando a outros.

Os cidadãos também devem estar atentos às cédulas danificadas. Conforme a Lei 8.697/93, toda cédula que contiver marcas, rabiscos, símbolos, desenhos ou quaisquer caracteres estranhos, deve ser retirada de circulação. Quando isso ocorrer, a cédula ou moeda será depositada ou trocada em estabelecimento bancário, que a recolherá ao Banco Central para destruição. A mesma lei estabelece que ninguém será obrigado a receber, em qualquer pagamento, moeda metálica em montante superior a cem vezes o respectivo valor de face.

Já pela Lei das Contravenções Penais (Decreto-Lei 3.688/1941), quem se recusar a receber pelo seu valor a moeda legal do país está sujeito a multa. O decreto proíbe ainda usar como propaganda qualquer impresso ou objeto que possa ser confundido com moeda.

 


 

Após uma reportagem feita pela TV Santa Cruz, no dia (30), de novembro, em Itabuna, relatando a situação do pequeno Davi Lucas da cidade de Potiraguá, que se encontrava internado no Hospital Manoel Novaes em Itabuna, desde o dia (10), de novembro, com problemas no coração, segundo uma medica do Hospital relatou a família que a cantora e compositora Ivete Sangalo, assistiu a reportagem na TV e se comoveu com a situação do pequeno e que logo fez o possível para que o menino pudesse  ter o tratamento devido ao seu quadro de saúde.

Uma ambulância foi deslocada da cidade de Ilhéus, na noite desta sexta-feira (01), para buscar o pequeno Davi juntamente com sua mãe Jessica, de onde viajaram em uma UTI aérea direto para o Hospital Martagão Gesteira na cidade de Salvador/BA.


Depois de muita luta na justiça para conseguir uma vaga em uma UTI, para fins de avaliação, diagnóstico e atendimento de urgência, o pequeno Davi Lucas, da cidade de Potiraguá, será encaminhado na noite desta sexta-feira (01), de dezembro, para a capital baiana Salvador/BA.

Davi, está com sérios problemas no coração e está internado no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, desde o dia (10), de novembro, aguardando por uma vaga em um Hospital que atendesse as suas necessidades.

No dia 20 de novembro de 2017, uma ação na justiça, moveu face ao Estado da Bahia, com uma Ação de Obrigação de fazer, Cumulada com Pedido de Tutela de Urgência, que tramita junto à Vara da Infância e Juventude de Itabuna, visando tutelar a vida da criança que padece de Cianose generalizada, hipoxia persistente na gasometria, baqueteamento digital, etc.

A presente ação teve por objetivo compelir o Poder Público do Estado da Bahia, quanto ao dever de proceder a autorizar, custear e efetivar todos os cuidados necessários para o tratamento da criança, notadamente a transferência para Unidade Hospitalar Referenciada em Serviços de Cardiologia Pediátrica ou Cirúrgica Cardíaca, em Unidade de Terapia Avançada UTI, por se tratar de emergência para fins de avaliação, diagnóstico e suporte necessário, com custeio da transferência, internamento e tratamento, sob pena de cominação de multa diária, não inferior a R$5,000,00 (Cinco mil reais), na hipótese do descumprimento.


A Tv Santa Cruz da cidade de Itabuna, relatou na noite desta sexta-feira 30, o caso do menino Davi Lucas, morador da cidade de Potiraguá,  que está internado no Hospital Manoel Novaes na cidade de Itabuna, desde o dia (10) de novembro, precisando ser transferido urgente para uma Unidade Hospitalar Referenciada.

Na reportagem relatada pela jornalista Olga, a equipe do BATV entrou em contato com a central de regulação do estado, SUS, onde eles disseram estar em busca de uma unidade especializada.

 


Um poço artesiano está próximo a ser criado na região da Batalha, na comunidade ” Dos Pios”, no município de Potiraguá, depois que um estudo realizado pela Cerb, através da Secretaria Municipal de Agricultura, constatou a existência de bastante água no subsolo naquela região.

Na manhã desta terça-feira (28), o técnico da Cerb, (Companhia ambiental e de recursos hídricos da Bahia), o Geólogo Dr. Castro Alves Silva, juntamente com o Secretário de Agricultura da cidade de Potiraguá e também técnico em zootecnia, Fernando Coelho, estiveram no local, onde foi possível ser feita toda a marcação do poço artesiano.

Esta perfuração, tem como objetivo, beneficiar toda comunidade “Dos Pios”, principalmente a Associação dos pequenos Produtores Rurais da cidade de Potiraguá, que tanto vem sofrendo com a falta d´água naquela região.

Segundo os profissionais, uma profundidade de 100 metros terá que ser cavado para chegar até o poço, onde será possível a extração da água potável, e que já está tudo pronto para começar as perfurações, dependendo somente da chegada dos maquinários necessários para tal operação.

Este é um trabalho que está sendo realizado através da Prefeitura Municipal de Potiraguá, na pessoa do executivo Jorge Porto Cheles, juntamente com o Secretário de Administração Diego Cheles que por sua vês está dando todo suporte necessário para a realização deste projeto tão importante para o município.

Veja abaixo uma foto ilustrativa de uma perfuração de um poço artesiano, e como funciona todo o processo: 

 

Semelhante ao poço convencional, um poço artesiano é assim denominado quando as águas fluem naturalmente do solo, num aquífero confinado, sem a necessidade de bombeamento.[1] É um poço tubular profundo cuja pressão da água é suficiente para a sua subida à superfície, necessitando a instalação de equipamento na boca do tubo para controlar a saída da água. Geralmente, a sua profundidade é maior que a de um poço convencional e, em geral, suas águas têm uma pureza microbiológica maior e com mais sais minerais. Em sua utilização normal para uso residencial, as águas são captadas através de canos.

A perfuração de poços tubulares é uma atividade especializada na área de engenhariaː portanto, todo esforço deve estar centralizado na contratação de empresas de perfuração de poços que possuam quadros especializados de funcionários, geólogos, engenheiro de minas ou engenheiros com especialização na área reconhecida pelos órgãos de fiscalização profissionais específicos, além de equipamentos modernos e alta tecnologia e uma equipe de profissionais e técnicos com ampla experiência. Considerada uma obra de engenharia projetada e construída para a exploração de águas subterrâneas, a perfuração pode atingir até 2 600 metros de profundidade, sendo total ou parcialmente revestida, conforme as condições geológicas,

Histórias

Há relatos de que os primeiros poços foram perfurados por habitantes da China medieval, indicando que já naquela época se escavavam poços para obtenção de água.

Etimologia

Há registos que indicam que o nome de poço artesiano se deu quando os habitantes da cidade Grega de Artesã perfuraram um poço para captação de água e este jorrou água sozinho, sem necessidade de usar baldes e cordas. Então, todo poço após esta data que tem o nome ou é chamado de poço artesiano é porque ele jorra água sozinho. Isto acontece porque a zona de recarga do aquífero está acima do local onde se perfura o poço. Então, em qualquer escavação neste local, o nível da água terá de passar o da superfície.

Uma outra explicação ao nome do poço se baseia na crença de que o primeiro foi perfurado no condado de Artois no século XII.

Manutenção de Poços

Retirada e colocação do grupo submersível (bomba submersa): o serviço consiste na retirada do equipamento de bombeamento danificado, substituindo-o por outro, de acordo com as especificações de operação do poço.

Outorga de Uso

De acordo com os fundamentos da Lei 9 433 de 8 de janeiro de 1997, “a água é um bem de domínio público” (águas superficiais e subterrâneas), portanto toda pessoa física ou jurídica tem direito ao acesso e utilização, cabendo ao Poder Público a sua administração e controle.

Limpeza

Esse trabalho consiste em recuperar as características operacionais e originais dos poços artesianos quando ocorre o depósito de matérias sólidos no fundo, assoreamento de fraturas, filtros e turbidez na água bombeada. Na execução desse serviço, deve ser feita uma análise detalhada do estado de conservação dos equipamentos instalados.

Poço semiartesiano

Poço tubular profundo cuja pressão da água não é suficiente para a sua subida à superfície, necessitando instalação de equipamento no interior do poço para efetuar o bombeamento da água.


A Prefeitura Municipal de Potiraguá em parceria com a Max Cursos, estará realizando na cidade, o primeiro curso de Operador de Máquinas pesadas no município e terá início no dia 11 de dezembro.

Pensando na qualificação de novos operadores de máquinas no município, a prefeitura municipal estará investindo 80% no valor do curso, onde os 20% ficam por conta do aluno que se inscrever e escolher qual máquina irá se especializar. A grande novidade deste curso é que, não é preciso possuir a carteira nacional de habilitação (CNH) e pode se inscrever homem ou mulher. Ao finalizar o curso você irá adquirir seu certificado e sua carteira de operador de máquina pesada.

Confira na imagem os tipos de máquinas que você poderá obter seu certificado:

  • Escavadeira Hidráulica
  • Pá Carregadeira
  • Retroescavadeira
  • Motoniveladora

Atualmente, um operador de máquina pesada tem o piso salarial na faixa entre os R$2,000,00 a R$5,000,00 mil reais.

As vagas são limitadas e as inscrições estão sendo feitas na Secretaria Municipal de Obras,na Rua 2 de julho, ao lado da Panificadora Bom Sabor.

Informações pelos telefones (73) 99984-2864 Vivo ou (73) 98102-1424 Claro Whatsapp

Veja as fotos dos cursos prestados em outro municípios pela Maxx Cursos:



A Rádio Nova Jornal de Itapetinga está sob nova direção e por causa de algumas mudanças que estão ocorrendo no setor de jornalismo da empresa, nesta segunda-feira (27), o programa “Chicote do Povo”, que vai ao ar de segunda a sexta, das 7 ás 8h, passou a ser apresentado pelo ex-vereador Amaral Júnior. Júnior deixou a rádio no dia 18 de junho de 2014, onde fazia o programa junto com Eudo Mendes .
O ex- apresentador do “Chicote do Povo”, Eudo Mendes, esteve a frente do programa por quase 4 anos e agora ficará responsável pelo jornalismo policial, além da parte técnica da emissora, coisa que ele já vinha fazendo com muito compromisso e competência.
Eudo Mendes tem formação em web jornalismo e telejornalismo. Também é registrado na Associação Brasileira de Jornalistas (ABJ) com sede em Brasília e tem pouco mais de 11 anos de Rádio Jornal. Em uma nota publicada em seu Facebook, ele deixa seus agradecimentos aos ouvintes (que por sua vez eram muitos) e também agradece as empresas que acreditaram e acreditam em seu trabalho.
Outra novidade na Jornal é o programa “A hora da Verdade”, que começou a ser apresentado por Jeremias Pereira, das 12 ás 13h.

 

 

 

 

 

 


A ferição do Paraná Pesquisas divulgada na manhã desta segunda-feira (27) traz o ex-presidente Lula (PT) com 48,9% das intenções de voto na Bahia. Em segundo lugar, aparece o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), com 12,9%. 11,5% dos eleitores disseram que não votariam em nenhum candidato. Em quarto, está Marina Silva (REDE-AC), com 8,8%.

O petista apresentou um crescimento em relação à última pesquisa da instituição: em junho, Lula tinha 42,7% das intenções de voto. Já Bolsonaro tinha 12,8%.

O instituto também perguntou a aprovação da administração federal: 89,4% dos baianos desaprovam a gestão de Michel Temer (PMDB), 7,7% aprovam e 2,9% não souberam ou não quiseram opinar.


TCM normatiza pagamento de 13º a agentes políticos

O Tribunal de Contas dos Municípios publicou parecer, na edição de sexta-feira (17/11) do Diário Oficial Eletrônico, normatizando o pagamento de terço de férias e de décimo terceiro salário a agentes políticos municipais (prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e secretários municipais) em razão de decisão do Supremo Tribunal Federal que fixou jusrisprudência no sentido de que o artigo 39, parágrafo 4º da Constituição Federal, não é incompatível com o pagamento de terço de férias e décimo terceiro salário” a agentes políticos. A decisão do STF foi tomada em sessão realizada no último dia 24 de agosto, com repercussão geral reconhecida. O relator foi o ministro Luís Roberto Barroso.

Até então, o entendimento do TCM da Bahia e de outras cortes do contas do país, seguia orientação do ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça, José Arnaldo da Fonseca, exarada em processo julgado no ano de 2005 que, ao analisar a questão, chegou à conclusão de que “o constituinte federal não incluiu, dentre os que devem receber o décimo terceiro salário, os agentes políticos – o que os impede de auferirem tal vantagem”.

A nova jurisprudência do STF, que beneficia os agentes políticos, teve como voto condutor o do ministro Roberto Barroso, que argumentou ser “evidente que os agentes públicos não podem ter uma situação melhor do que a de nenhum trabalhador comum. Mas não devem, contudo, estar condenados a ter uma situação pior. Assim, se todos os trabalhadores têm direito ao terço de férias e décimo terceiro salário, não se afigura razoável extrair do parágrafo 4º, do artigo 39 da Constituição, uma regra para excluir essas verbas dos agentes públicos, inclusive daqueles ocupantes de cargos eletivos”.

O TCM, em seu ato normativo, destaca que o reconhecimento do direito por parte do STF não desobriga os municípios de legislar a respeito, ou seja, de ter no seu ordenamento jurídico, lei local que disponha sobre o cabimento de tais parcelas de pagamento. Além disso, recomenda que “o novo entendimento firmado seja adotado respeitando-se tal marco temporal – 24 de agosto de 2017”, data do julgamento realizado no STF.

Assim, com relação aos municípios em que já existe lei prevendo o pagamento do terço de férias e décimo terceiro, os agentes políticos (prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e secretários municipais) podem ser contemplados com os benefícios – sempre a partir do dia 24 de agosto de 2017. Em relação aos municípios em que não existe norma legal estabelecendo o pagamento destes benefícios remuneratórios, para que o pagamento seja efetivado, é indispensável que seja editada lei disciplinando o benefício. Observa ainda, o TCM, que, “por não se tratar de fixação de subsídio, mas apenas de reconhecimento de direitos, não há que se falar em observância ao princípio da anterioridade.”

E acrescenta, didaticamente, para que não haja dúvida, que “considerando, como exposto anteriormente, o posicionamento adotado se aplica a partir de 24.08.2017, orienta-se que, este ano, o adimplemento do décimo terceiro salário, quando devido, ocorra de forma proporcional (4/12 avos) e que o terço de férias seja solvido apenas nos casos em que o período concessivo tenha se iniciado a partir de tal data”.

Do ponto de vista orçamentário, orienta o TCM que “deve-se fazer reforço de dotação, quando necessário, por intermédio de crédito suplementar, tendo em vista a existência de previsão orçamentária para a despesa (remuneração de agentes políticos), mas não com crédito suficiente (diante do acréscimo dos valores relativos a terço de férias e décimo terceiro salários)”.

 


Três das maiores Câmaras Municipais da Bahia decidiram que não irão pagar 13º salário aos vereadores neste ano. Os presidentes dos legislativos de Feira de Santana, Ilhéus e Juazeiro informaram ao Correio que não irão pagar o subsidio. A medida das duas primeiras cidades serão implementadas a partir do próximo ano.

O pagamento do 13º para agentes políticos foi autorizado  pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em agosto.  Os vereadores de Vitória da Conquista, Camaçari, Lauro de Freitas, Jequié e Barreiras ainda não se posicionaram. O presidente da Câmara de Conquista, Hermínio Oliveira (PPS), disse que o tema será debatido, mas acha difícil pagar este ano. “É uma questão orçamentária”, alegou.

Já o de Camaçari, Oziel Araújo (PSDB), afirmou que o assunto não está na pauta.

As informações são do portal de notícias G1.