Faleceu na tarde deste domingo (24), por volta das 15h20, no Hospital de Base em Itabuna, o jovem Natan de Jesus dos Santos, 20 anos, vítima de arma branca (faca), em uma briga na madrugada deste sábado de São João, na cidade de Potiraguá.

Natan foi alvejado por golpes de faca na região da barriga, ele foi socorrido ao Hospital de Potiraguá e logo transferido para o Hospital de Base em Itabuna. Submetido a uma cirurgia, Natan não resistiu e veio a óbito.

O suspeito pela morte de Natan é menor e está a disposição da justiça. para saber mais clique aqui

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), da cidade de Itabuna e logo será liberado para a família. O velório acontecerá na Rua Almerindo Pereira, sem número, no Bairro Sapolândia.

O Blog do Edyy se solidariza com os familiares e amigos neste momento de profunda dor.


Uma repórter do SportTV sofreu assédio neste domingo (24) quando fazia uma participação ao vivo. Júlia Guimarães se preparava para entrar no ar quando um homem se aproximou para tentar beijá-la. A repórter conseguiu a tempo se esquivar e evitar a agressão. O fato ocorreu por volta das 13h, no intervalo do jogo entre Japão e Senegal, em Ecaterimburgo, pela Copa do Mundo da Rússia.

Segundo o GloboEsporte.com, após evitar o ato agressivo, Júlia Guimarães diz ao homem: “Eu não te dou a permissão para fazer isso. Isso não é educado. Isso não é certo. Nunca mais faça isso com uma mulher”. Júlia fala em inglês com o torcedor que não seria brasileiro. A repórter disse que este não foi o único caso de assédio sofrido por ela. “Estou vivendo isso muito aqui na Rússia, desde olhares agressivos até cantadas em russo, que obviamente eu não entendo, mas sinto”, disse “Na 1ª vez, foi antes do jogo entre Egito e Uruguai, e eu acho que era russo. Agora com certeza era russo. É horrível. Eu me sinto indefesa, vulnerável. Desta vez eu dei uma resposta, mas é triste, as pessoas não entendem. Eu queria entender por que a pessoa acha que tem direito de fazer isso”, afirmou Julia.


O São João de Potiraguá foi um tanto quanto animado na noite deste sábado (23), realizado na Praça da Bandeira, com direito a apresentações de quadrilhas juninas e muito forró.

A abertura do evento foi por conta da “Quadrilha do Bahia”, dirigida por Derneval, que fez a moçada arrastar o pé na Praça.

Realizado pela Prefeitura Municipal, o prefeito Jorge Cheles esteve presente prestigiando este evento, ao lado de sua esposa e disse. “É uma tradição que não podemos deixar morrer”. Relatou o prefeito.

Logo após foi a vez da Quadrilha “Explosão”, dirigida pelo vereador Alex Ribeiro, que por sua vez deu um show e explosão com várias apresentações e típico Casamento Matuto.

Após as apresentações das Quadrilhas o show ficou por conta das atrações musicais da terra.

Abrindo com Ronne Esteves, Cor de Canela e Fabrício Alves

Confira nossa galeria de fotos:


Um homem identificado por Douglas Silva dos Santos, foi preso na madrugada deste sábado pra domingo, (24), na cidade de Potiraguá, suspeita de tentativa de homicídio.

De acordo com a Polícia Militar do 8ª CIPM de Potiraguá, que fazia rondas nas proximidades da Praça da Prefeitura, na BA-270, Natan de Jesus dos Santos, foi encontrado alegando ter sido furado na barriga por (……..). Ao prestar socorro ao Natan, foi encontrada outra vítima, Gabriel de Jesus Santos, que estava junto com (Natan).

Em diligência dos fatos, a polícia conseguiu capturar um suspeito, Douglas Silva dos Santos, que foi encaminhado para a Delegacia de Polícia da cidade de Itarantim. O mesmo responderá por tentativa de homicídio.

As vítimas foram socorridas ao Hospital Geral de Potiraguá e logo transferidas para a cidade de Itabuna. O estado de saúde deles não foram divulgados.


Uma caminhonete F1000 ficou entalado depois de cair em um bueiro, no Bairro Populares, na Avenida Bento Alves de Brito, na tarde desta quarta-feira (20).

Segundo informações, o buraco estava tampado com pedaços de tábuas que não suportaram o peso do veículo, vindo então a enganchar a roda dianteira.

O carro só foi retirado do bueiro após a ajuda dos moradores que uniram forças e conseguiram empurrar o carro para fora do buraco.

Os moradores estão pedindo que a prefeitura tome uma providência a respeito deste bueiro, os mesmos temem pelas crianças que diariamente circulam pelo local.

 


Genivaldo Gonçalves da Silva, morador da cidade de Potiraguá perdeu uma carteira contendo todos os documentos dele e da esposa Luciana Freitas da Silva.

Segundo Genivaldo, a carteira foi perdida no último domingo (17), nas imediações do Colégio Ruy Barbosa, contendo cartões de créditos dele e da esposa, carteira de identidade, título eleitoral etc.

Quem a encontrou, favor ligar para o telefone (73) 98149-0795 ou entre em contato com nossa equipe do site Blog do Edyy. Tenha certeza que será bem gratificado.


O preço da gasolina nas refinarias sofrerá redução de 0,53%. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (20) pela Petrobras. O litro passará a ser de R$ 1,8941. O novo valor começa a valer a partir desta quinta (21).

A estatal já realizou 9 reduções e 2 aumentos no custo durante o mês de junho. A variação ocorre por conta da nova política de preços da empresa, adotada desde julho do ano passado. O combustível pode sofrer reajuste e reduções diárias.

A grande preocupação dos consumidores é que as reduções apresentadas pela Petrobras não estão chegando nas bombas.


O concurso da Polícia Civil da Bahia (PC-BA), suspeito de diversas irregularidades segue na mira do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA). Na segunda-feira (18), o promotor Adriano Marcus Brito de Assis fez recomendações ao secretário de Administração do Estado, Etelvino Góes, e ao delegado geral da Polícia Civil da Bahia, Bernardino Brito Filho.

O Ministério Público já investigava o certame por denúncias de fraude. Agora, diversos candidatos enviaram representações ao órgão questionando a conduta da Vunesp em atribuir peso às questões. Os participantes do concurso reclamaram dos pontos atribuídos a cada uma das questões da prova. O edital de abertura dá a entender que a prova objetiva valeria 100 pontos no total, já considerando tanto as questões de conhecimentos gerais quanto específicos.

Além disso, foi estabelecido que, para ser considerado aprovado nesta etapa, era necessário alcançar 70 pontos. O entendimento principal é que era preciso acertar 70 das 100 questões da prova, mas os candidatos foram surpreendidos com o resultado preliminar da prova, divulgado em 25 de maio no site da Vunesp, quando a avaliação totalizou 200 pontos. Assim, as 30 questões de Conhecimentos Gerais totalizaram peso de 3,33 pontos cada uma. Enquanto as 70 questões de Conhecimentos Específicos registraram peso de 1,43 por questão.

Diante da situação, o promotor indicou que o titular da Saeb e o delegado geral “se abstenham de praticar qualquer outro ato de prosseguimento do aludido certame seletivo”, realizado pela Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp).

Além disso, Adriano Brito sugeriu que “anulem a correção das provas objetivas, refazendo-a segundo o molde “previsto no edital e adotado ordinariamente pelo Estado da Bahia em outros concursos públicos, qual seja, de correção das provas de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos mediante a aplicação de 100 (cem) pontos para o total das 100 (cem) questões aplicadas nos exames”.

O promotor designou ainda uma audiência na 30ª Promotoria no prazo de 48 horas.

Análise dos recursos
A análise dos recursos contra as provas objetivas, prevista para ser divulgada no dia 15 de junho, deve ser divulgada até o fim de junho. “A Fundação Vunesp está avaliando as provas com bancas especializadas e mantendo o rigor na avaliação para que nenhum candidato seja prejudicado”, informou a banca à Folha Dirigida

A Vunesp não se manifestou sobre o método de correção de provas e as possibilidades de a banca mudar seu posicionamento. Segundo a organizadora, informações serão divulgadas primeiramente no Diário Oficial do Estado, depois no site da banca organizadora. A banca informou ainda que a Secretaria de Administração da Bahia (Saeb) emitiria uma nota com um posicionamento sobre o atraso do cronograma, mas até o momento nada foi divulgado.


Os Advogados de Direito, que pertencem a Comarca da cidade de Itarantim, estiveram presente na noite desta terça-feira (19), na sessão ordinária da Câmara Municipal de vereadores.

Com o tema: “Justiça parada é injustiça”, os advogados reivindicaram na câmara a presença imediata de um Juiz titular para a Comarca do município de Itarantim.

Segundo eles, a Comarca possui mais de 2 mil processos e que estão paralisados sem nenhuma previsão de quando serão concluídos.

O presidente da Subseção da OAB de Itapetinga, Dr. Fabricio Moreira Santos, usou a tribuna da Câmara para explicar a comunidade a importância deste movimento que está sendo realizado por eles. Dr. Fabrício também corresponde pelas comarcas de Itambé, Itarantim, Macarani, Maiquinique e Potiraguá.

Em entrevista ao site crônicas de Itarantim, Fabrício faz um resumo da importância do movimento. Confira!

Durante o movimento, os advogados ergueram uma faixa defronte ao Fórum Municipal, onde a faixa diz: “Justiça Parada! Itarantim pede socorro”.


Pelo menos 190 deputados federais assinaram o pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar delações na Operação Lava Jato e em outras operações. Na lista, aparecem 19 deputados baianos.

Os baianos que assinaram foram: Afonso Florence (PT), Alice Portugal (PCdoB), Bacelar (Podemos), Bebeto (PSB), Cacá Leão (PP), Caetano (PT), Daniel Almeida (PCdoB), Elmar Nascimento (DEM), Félix Mendonça Júnior (PDT), Fernando Torres (PSD), João Carlos Bacelar (PR), Jorge Solla (PT), José Nunes, José Rocha (PR), Lúcio Vieira Lima (MDB), Mário Negromonte Júnior (PP), Nelson Pelegrino (PT), Roberto Britto (PP) e Valmir Assunção (PT).

Segundo o site O Antagonista, os autores do requerimento são: Paulo Pimenta (PT), Baleia Rossi (MDB), Arthur Lira (PP), Júlio Delgado (PSB), André Figueiredo (PDT), Orlando Silva (PCdoB), Chico Alencar (PSOL), Weverton Rocha (PDT), José Guimarães (PT), Afonso Florence (PT), Carlos Zarattini (PT), Hildo Rocha (MDB), Chico D’Angelo (PDT), José Rocha (PR) e Beto Mansur (MDB).

Após a repercussão da lista, os parlamentares Alceu Moreira (MDB) e Marcelo Delaroli (PR) anunciaram que vão retirar seus nomes do requerimento.

Segundo a colunista Rosane de Oliveira, do Zero Hora, com exceção do PT, que apoia a CPI com a convicção de que a Lava-Jato é seletiva, nos outros partidos a gritaria é geral: ninguém assume que assinou um pedido para investigar a operação. Como o cabeçalho é impreciso, a maioria não percebeu o que estava assinando. Se tivessem lido a justificativa do autor, Paulo Pimenta, teriam percebido que o alvo real, é o juiz Sergio Moro.

Para publicação, Pimenta disse que o objetivo é debater, investigar irregularidades na obtenção de delações e propor, se necessário, mudanças na lei. “É um exagero dizer que pode ser o fim da Lava-Jato, a não ser que fiquem comprovados crimes e ilegalidades”.

Na prática, espera-se que a CPI não seja instalada porque depende de decisão unilateral do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).