Blog do Edyy

Arrependido, ladrão que sobreviveu a assalto no monte se converte e se entrega à Polícia: Assista reportagem

A tentativa de assalto a fiéis que oravam no monte em Ribeirão das Neves (MG) e terminou com um dos bandidos morto após um pastor orar teve desdobramentos: o outro ladrão foi encontrado após se arrepender.

O grupo de fiéis que orava no monte na periferia de Ribeirão das Neves, município vizinho a Belo Horizonte, foi abordado por dois assaltantes no último sábado, 05 de junho. Um dos assaltantes rendeu o pastor, que fez uma oração no mesmo momento e o criminoso caiu sem vida.

O outro ladrão ficou com medo de morrer na mão de outros criminosos da cidade, um grupo chamado “associação”, e pediu ao pastor Thiago Souza do Carmo, uma das vítimas, que o acompanhasse até a delegacia.

Ele concedeu uma entrevista à rádio Itatiaia e contou que, quando ele e o comparsa estavam indo fazer o assalto, foram parados por uma mulher que os alertou que, se mantivessem os planos, um iria morrer naquela noite.

“Eu estou muito arrependido do que eu fiz lá no monte. Antes da gente ir para o roubo, uma mulher parou a gente no campo do Oriente e falou comigo: ‘Menino, Jesus te ama muito. Jesus gosta muito da sua vida’. Ela virou para o meu amigo e disse: ‘Se você for pra roubar, você vai morrer. Quando nós chegamos para roubar, ele apontou a arma para o pastor. O pastor disse: ‘Jesus te ama muito’. Mas ele falou com o pastor que não queria saber se ele era crente. Aí ele caiu na hora. Nessa hora, eu assustei e peguei o facão. Eu ouvi o pastor dizer que Jesus me amava muito. Nessa hora, eu caí e não vi mais nada. Quando eu acordei, eu vi que eu conhecia o pastor, abracei ele e pedi perdão pra ele”, detalhou o assaltante confesso.

Ciente de que precisa pagar pelo crime, o ladrão disse que vai tentar mudar os rumos que vinha tomando para sua vida: “Eu errei. Eu estou confessando que eu errei. Eu quero me entregar para os polícias para falar que eu errei muito. Eu pedi ao pastor internação. Eu quero ser internado. Eu quero ser homem de Deus. Eu não quero essa vida mais. Essa vida não presta”.

O pastor Carmo, da Igreja Ministerial Deus é Bom, afirmou para o rapaz que ele precisa colocar em prática as próprias palavras: “Essa vida não compensa, não vale a pena. Você viu lá na hora que eu te abracei, te beijei, e falei ‘vai embora, varão’, porque eu, como homem de Deus, tenho certeza que Deus tem uma obra na sua vida”, comentou o líder evangélico.

A emissora de rádio confirmou que o assaltante, de 25 anos, se entregou à Polícia Civil na tarde da última terça-feira, 08 de junho, e deverá ser encaminhado ao Sistema Prisional após os trâmites burocráticos.

Clique aqui para assistir a reportagem


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também