Blog do Edyy

“Fraternos”: Com direito a queima de fogos, Cláudia e Robério já estão em casa após pagar fiança

Na saída do Conjunto Penal, o ex-prefeito foi recebido por amigos e apoiadores

A prisão dos ex-prefeitos de Eunápolis e Porto Seguro, Robério e Cláudia Oliveira, respectivamente, figuras de grande relevância política no Extremo Sul baiano, repercutiu em todo o Estado. O casal recebeu diversas manifestações de apoio e de repúdio à forma como ocorreu a prisão, na terça-feira (15), em Porto Seguro, durante a Operação Fraternos. Robério e Cláudia foram soltos na noite de quarta-feira (16), após liminar do Tribunal Regional Federal da 1ª região (TRF-1), que revogou as prisões preventivas de ambos.

Para o advogado de defesa do casal, João Daniel Jacobina, a decisão da prisão foi “absurda”. “A liminar restabelece o direito de liberdade de Cláudia e Robério, absurdamente violado. A decisão da prisão foi absurda e trouxe fatos superados e que jamais deveriam justificar uma prisão. Prisão é uma medida drástica e excepcional, mas infelizmente vivemos em um momento de banalizações das prisões”, afirmou.

ANÚNCIOS. ROLAR PARA CONTINUAR A LEITURA.

De acordo com Jacobina, a regra é que a pessoa seja acusada, se defenda, se condenada recorra e, quando não tiver mais recurso, cumpra a pena. “Hoje, infelizmente, a pessoa é presa para depois ser acusada e se defender. Mas felizmente o TRF interveio de forma enérgica e suspendeu uma decisão ilegal. Para ter uma ideia, o Ministério Público, que é o autor da ação, em duas ocasiões pediu para que a prisão fosse domiciliar, mas o juiz não atendeu o pedido”, acrescentou.

ATO ESTRANHO, DIZ OTTO ALENCAR

O senador Otto Alencar, presidente do PSD na Bahia, partido ao qual Robério e Cláudia são filiados, classificou o ato como “estranho ao ordenamento jurídico”, já que primeiro houve a prisão e só depois os investigados tiveram direito de se defender.

“No meio jurídico, fala-se que esse ato foi uma preventiva para trás. Um fato acontecido em 2009, 2017, e a Justiça deu uma preventiva para trás, ou seja, primeiro prenderam para que só depois a pessoa pudesse se defender. Todos os juristas que consultei acharam uma coisa completamente descabida de razoabilidade jurídica. E o juiz, na decisão, foi contra o que pediu o MPF, que aconselhou que eles ficassem em prisão domiciliar. Essa decisão, a aplicação de uma preventiva para trás, é realmente uma coisa inusitada”, pontuou Alencar.

CASAL JÁ ESTÁ EM CASA

Na saída do Conjunto Penal de Eunápolis, o ex-prefeito foi recebido por amigos e apoiadores que o aguardavam. Houve carreata e queima de fogos de artifício. Muito emocionado, Robério reiterou seu amor por Eunápolis e disse que enfrentará todas as barreiras. “Vou até o final para enfrentar esses desafios, esses ímpios e essa máfia”, disse.

Nas redes sociais, ele agradeceu o carinho e afirmou que essa acolhida o “fortalece ainda mais para lutar contra todas as injustiças”. A redação é do Radar64

Dupla suspeita de homicídio é presa durante operação

Uma operação deflagrada pela Delegacia Territorial (DT/Teixeira de Freitas) para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão capturou, na manhã desta quinta-feira (17), dois homens suspeitos de envolvimento no homicídio de Pedro Paulo Santos da Silva.

De acordo com o titular da unidade policial, delegado Ricardo Amaral Magalhães, o crime ocorreu no dia 27 de dezembro de 2020, no bairro Tancredo Neves e está relacionado com tráfico de drogas. “Um terceiro suspeito já foi identificado e está sendo procurado”, acrescentou.

A operação contou com o apoio do Serviço de Investigação (SI) da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Teixeira de Freitas). Com o cumprimento dos mandados, expedidos pela Vara de Execuções Penais daquela comarca, a dupla está à disposição da Justiça.

Urgente: Justiça manda soltar Robério e Cláudia após Habeas Corpus

O casal de fraternos, Ex-prefeitos de Porto Seguro e Eunápolis tiveram autorização para deixarem os presídios através de um Habeas Corpus impetrado por advogados em Brasília.

Para deixar os presídios, o casal precisa pagar uma fiança no valor de R$200 mil (R$100 mil cada um). Eles haviam sido presos na última terça-feira (15), devido o desdobramento da Operação Fraternos da Polícia Federal.

A decisão foi acatada pelo o magistrado no início da noite desta quarta-feira (16). O casal permanece no presídio aguardando o pagamento da fiança.

Baiano autor de chacina no Distrito Federal sacrificou vítima em ritual satânico

Baiano autor de chacina no Distrito Federal sacrificou vítima em ritual satânico

Foto: Reprodução

Investigadores da Polícia Civil do Distrito Federal apuram circunstâncias macabras que envolvem o assassinato de Cloenice Marques de Andrade, de 43 anos, no Distrito Federal. Lázaro Barbosa de Sousa, 32, também é o responsável por matar o marido e dois filhos da mulher, que teria sido morta em um ritual satânico.

Segundo informações do Metrópoles, a vítima teve mechas de cabelo cortadas e uma orelha arrancada às margens do córrego próximo ao Incra 9, Ceilândia, local do crime.

As equipes de busca também encontraram perto de um riacho, objetos que supostamente foram utilizados na cerimônia. Lázaro distribuiu os mesmos itens em dois acampamentos montados por ele durante a fuga, que já dura dias.

Foto: Reprodução

Policiais também fizeram buscas no imóvel em que a mãe de Lázaro morava e encontraram altares e tigelas de barro com dinheiro e cachaça. No local, também havia desenhos de pentagramas e uma cruz invertida.

De acordo com a Polícia Militar de Goiás, o homem afirma estar possuído por um espírito e que “vai levar o tanto de gente que puder”. Há indícios de que Lázaro pratica os rituais desde a adolescência.

Na úlima segunda-feira (14), o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, classificou o homem como “psicopata”.

“Ele, além de ser psicopata, é da região. É o que nós chamamos de ‘mateiro’, acostumado a se emburacar no mato. Ele deve ter outra motivação psicótica. Está muito focado em seguir na trajetória criminosa. Mas vamos chegar até ele”, disse Miranda.

Operação Fraternos | Três empresários são presos e uma pessoa segue foragida

Três empresários foram presos nesta terça-feira (15), durante a Operação Fraternos, que investiga fraudes milionárias em contratos públicos de prefeituras no sul da Bahia. Uma pessoa ainda segue foragida.

Dos seis mandados de prisão decretados pela Justiça Federal, apenas um não foi cumprido nesta terça. Além dos ex-prefeitos José Robério Oliveira e Cláudia Oliveira, de Eunápolis e Porto Seguro, respectivamente, também estão presos os empresários Ricardo Luiz Bassalo e Marcos da Silva Guerreiro, que se apresentaram à Polícia Federal, em Salvador, e também o empresário Edimilson Alves de Matos, que foi preso em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado.

Já Humberto Adolfo Gattas Nascif Fonseca Nascimento é considerado foragido.

Urgente: ‘Serial killer’ baiano fere policial durante troca de tiros em rodovia na tarde desta terça-feira

Autor de uma chacina que chocou o Distrito Federal, Lázaro Barbosa (reveja aqui), voltou a fazer uma pessoa refém na tarde desta terça-feira (15). O homem foi cercado por agentes de diversas forças de segurança em uma rodovia e abriu fogo contra a guarnição. Um policial chegou a ser baleado e foi transportado para o hospital de helicóptero. Ainda não se sabe o estado de saúde dele.

Anteriormente, o chacareiro Rosinaldo Pereira de Moraes, que trabalha na fazenda onde Lázaro Barbosa foi flagrado nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (15), por câmeras de segurança, comentou sobre o “encontro”. O homem relatou que chegou à propriedade por volta das 6h e se deparou com o suspeito de matar uma família no DF. A caçada ao foragido já dura sete dias.

“Ele estava com uma jaqueta, bermuda, uma blusa e uma botina. Estava com uma mochila nas costas, mas não vi qualquer machucado. Não havia nada aparente. Ele dormiu na cama que eu descanso e não ficou marca de sangue. Só suja de terra. Se estava armado, a arma estava dentro da mochila”, disse o chacareiro ao Metrópoles.

Rosinaldo também confirmou que Lázaro disse estar com fome e pediu um prato de comida. “Pedi para ele aguardar eu prender os bezerros e trazer as vacas que iria arrumar um prato de comida para ele. Cheguei a falar que comida não se negava a ninguém. A minha intenção era dar a comida para despistar e segurar ele. Mas ele não esperou. Eu o vi saindo pela mata. É muito esperto”, acrescentou.

O chacareiro informou ainda que não sentiu medo de Lázaro. “Eu fui nascido na roça, sou experiente. Não fiz nada para ele”, concluiu.

Nesta tarde, a polícia faz um cerco ao suspeito próximo a um milharal na área de Edilândia, Entorno do DF. Lázaro tem sido visto com frequência na cidade e na área vizinha de Cocalzinho, também em Goiás.

 

Urgente: Justiça mantém prisão de Robério e Cláudia: Eles deverão ser transferidos para o presídio de Eunápolis

Durante a audiência de custodia a justiça negou a prisão domiciliar para os ex-prefeitos de Porto Seguro e Eunápolis, Cláudia Oliveira e Robério Oliveira, ambos do PSD.

O juiz federal manteve a prisão preventiva e o casal deverá ser transferido para o presidio de Eunápolis.

Nos meios políticos o comentário uma delação premiada não está descartada, já que nesses casos a procuradoria defende a manutenção da prisão para tentar viabilizar uma delação premiada.

O certo é que muitos empresários e estão preocupados com o desenrolar desta operação e uma possível delação premiada do ex-prefeito Robério. A redação é do Políticos do sul da Bahia

Urgente: Justiça mantém prisão de Robério e Cláudia: Eles deverão ser transferidos para o presídio de Eunápolis

Durante a audiência de custodia a justiça negou a prisão domiciliar para os ex-prefeitos de Porto Seguro e Eunápolis, Cláudia Oliveira e Robério Oliveira, ambos do PSD.

O juiz federal manteve a prisão preventiva e o casal deverá ser transferido para o presidio de Eunápolis.

Nos meios políticos o comentário uma delação premiada não está descartada, já que nesses casos a procuradoria defende a manutenção da prisão para tentar viabilizar uma delação premiada.

O certo é que muitos empresários e estão preocupados com o desenrolar desta operação e uma possível delação premiada do ex-prefeito Robério. A redação é do Políticos do sul da Bahia