Blog do Edyy

Região de Conquista: Homem é levado às pressas ao HGVC após tomar 3 tiros em Itambé

Carlison Campos Gomes, de 52 anos, conhecido como “Zon” foi alvejado no tórax, na noite desta sexta (6). Estado dele era grave no momento da remoção para Conquista.

A noite desta sexta-feira (06) em Itambé está sendo marcada com mais uma tentativa de homicídio na cidade. O bairro que protagonizou esse ato criminoso, novamente é o Felipe Achy.

Carlison Campos Gomes, de 52 anos, conhecido como “Zon” foi alvejado com três disparos de arma de fogo, por volta das 20h, por dois elementos que chegaram andando até sua residência, localizada na Rua José Casales.

Zon foi atingido no braço esquerdo e dois tiros acertaram o tórax da vítima. O socorro até o pronto atendimento da Santa Casa de Misericórdia de Itambé foi feito por populares. Carlison se encontra em estado grave e teve de ser transferido com urgência pelo Samu para o Hospital de Base de Vitória da Conquista, onde passará por procedimentos cirúrgicos. Não há informações sobre os autores do crime e nem a motivação que teria levado a tentativa de homicídio. A polícia e GCM investiga o caso. // Itambé Agora.

Por: blogdomarcelo

Brasil: Jovem espalha fotos da ex-namorada nua no Whatsapp e é morto pelo pai dela

Rapaz decidiu encarar o ex-sogro e acabou atingido por golpes de faca. Ele chegou a correr para dentro da casa, mas não resistiu aos ferimentos

De acordo com a reportagem, as imagens foram parar na rede social como forma de vingança após a menina de 18 anos se recusar a reatar o namoro. Ao descobrir as imagens da filha, o pai, que também é tio do rapaz, foi até a casa da vítima para tirar satisfações. A tia do jovem chegou a se recusar a abrir a porta, mas o rapaz decidiu encarar o ex-sogro e acabou atingido por golpes de faca. Ele chegou a correr para dentro da casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O suspeito de ter praticado o crime fugiu.

“Há quatro meses eles terminaram porque a menina viu que o namoro não tinha futuro. Ela queria progredir na vida, trabalhar e estudar, mas o Johnatan não acompanhava. Desde o fim do namoro, que ele não dava sossego para a garota”, contou Valdete Cortez, tia da vítima e irmã do suspeito. “Percebi que meu irmão tinha bebido e pedi que o Johnatan não fosse lá, mas ele não me ouviu. Só escutei o ‘Zé’ perguntando: ‘vai continuar infernizando a vida da minha filha?’. Não sei o que o meu sobrinho respondeu, mas, logo depois, o crime aconteceu”, disse a mulher.

Por;blogdomarcelo