Blog do Edyy

Maiquinique: Idosa é levada para hospital encima de caminhonete: assista o vídeo

Uma família residente na cidade de Maiquinique, no Centro-sul do Estado da Bahia viveu momentos de angustia e humilhação, nesta quarta-feira.

Um vídeo publicado em rede social mostra uma idosa de 63 anos, sendo levada para o hospital da cidade, encima de uma caminhonete. A cena chocou os moradores da pequena cidade, que fica cerca de 54 quilômetros da cidade de Itapetinga.

De acordo com os familiares da idosa, o carro de carroceria aberto foi o único disponível para levá-la até o hospital, pois os mesmo já haviam solicitado da Secretaria Municipal de Saúde uma ambulância, mas eles disseram que não houve um retorno por parte do poder público do município.

Em resposta ao vídeo que foi publicado pela filha da idosa em rede social, o diretor do Hospital, disse que no momento em que a família precisou do suporte, as 4 ambulâncias estariam em viagem.

“Apesar de me entristecer com a exposição gerada de minha amiga Dona ZILDA, preferimos não julgar seus familiares, este é um momento desesperador e de extremo stress, respeito a decisão e postagem. Acompanho sempre elogios de Mayara ao hospital e compreendo que nem sempre poderemos satisfaze-la em todas as suas necessidades. O fato é que estamos com 4 ambulâncias a disposição do hospital porém nesses últimos dias as viagens triplicaram, principalmente porque devido a pandemia muitos pacientes estão sendo encaminhados para realização de exames. Infelizmente essa senhora passou mal e não foi possível conseguirmos um táxi em tempo hábil para o socorro, visto que a família foi mais rápida e a transportou. Em nossa unidade a mesma foi devidamente atendida, medicada e liberada para casa na noite de ontem. Saúde é diferenciada!! Nunca teremos uma ambulância a disposição para cada morador, porem de qualquer forma eu peço desculpas a população pela forte imagem apelativa e realmente triste, tambem peço desculpas aos familiares pelo transtorno gerado e os agradeço imensamente pela colaboração e compreensão para conosco”.

Dona Zilda Carvalho de Oliveira, tem 63 anos, é diabética e há 13 anos vive acamada necessitando de cuidados especiais. De acordo com a família, essa é a terceira vez que a idosa precisa do suporte e não é atendida. Apesar do transtorno, dona Zilda foi atendida e passa bem.

 


Curta e Compartilhe.


Leia Também