Blog do Edyy

Urgente: Operação cumpre buscas e afasta funcionários públicos no extremo sul da Bahia

O Ministério Público do Estado da Bahia, por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e 5ª Promotoria de Justiça de Porto Seguro, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil do Estado da Bahia, deflagrou a “Operação Saneamento ”, na manhã desta sexta-feira (03), em Porto Seguro e no Distrito de Arraial D`Ajuda, no extremo sul baiano. Foram cumpridos oito mandados de buscas e apreensão, além do afastamento cautelar de três servidores públicos.

A operação apurou indícios veementes da prática de corrupção por 02 ex-secretários municipais e 03 fiscais ambientais lotados na Secretaria do Meio Ambiente de Porto Seguro.

O Ministério Público coletou evidências da existência de um esquema de corrupção no seio da Secretaria de Obras e Meio Ambiente, *a partir de 2016*. As investigações revelaram o recebimento de vantagens indevidas para a concessão de licenças ambientais e de implantação para instalação de empreendimentos imobiliários na região. Empresários do ramo de construção civil resolveram denunciar o esquema e apresentaram documentos que evidenciam a negociação do valor da propina. Após o recebimento da propina, as licenças foram concedidas.

Com base nessas evidências, foram deferidos pelo Exmo. Sr. Dr. André Marcelo Strogenski, Juiz substituto da 2ª Vara Crime da Comarca de Porto Seguro, os pedidos de afastamento temporário, por 180 dias, dos três fiscais ambientais, além de autorizar buscas e apreensões em endereços residenciais e outras propriedades dos investigados, bem como na sede da Secretaria de Meio Ambiente.


Curta e Compartilhe.


Leia Também