COVID-19 – A PANDEMIA DA DÉCADA
Fernando Araújo Rocha, graduando em odontologia, faculdade de tecnologia e ciências – UniFtc, membro da sociedade brasileira de imunologia 11511, [email protected], Salvador, Bahia – Brasil
Homenagem: Quero agradecer ao meu bom Deus pelo dom da vida, a minha mãe Neusa Rocha por tornar este sonho possível e a todos os meus professores, em especial Dra. Isis Fernandes por todo incentivo e apoio, o profissional que estou me tornando tem um pedacinho de todos vocês!

Resumo: O objetivo desse trabalho tem como função de trazer informações sucintas e diretas numa linguagem mais amigável, ao ponto em que todos que lerem possam compreender e adotar medidas preventivas, para que, então possamos interromper a propagação do COVID-19.

Introdução: Para começarmos essa breve reflexão devemos entender o que é essa tal pandemia que ouvimos falar em todos os meios de comunicação. A pandemia ocorre quando uma determinada doença se espalha por umas grandes quantidades de países, em outras palavras, quando ela sai do seu local de origem e chega em outras regiões do globo1. Devemos reiterar que existe uma diferença grande quando comparamos epidemia e pandemia, uma vez que a epidemia pode ocorrer em municípios, estados e até no país inteiro.

Uma das doenças mais comuns no nosso país cuja a população não dá a devida importância é a dengue e sua transmissão vem ocorrendo desde 1986.2
Desenvolvimento: Em dezembro de 2019 foi o ano que a China e o mundo ficaram intensamente preocupados com um surto de uma pneumonia até então totalmente desconhecida, levando as autoridades competentes a criar planos estratégicos de isolamento e investigação para controlar aquela epidemia. Em 2020, especificamente em 07 de janeiro a China revela que seus cientistas haviam isolado um novo tipo de coronavírus, e deram um novo provisório de 2019-nCoV.3

“A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:  gotículas de saliva; espirro; tosse; catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; e contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.” (Fiocruz acompanha situação do novo coronavírus no Brasil, 2020)4

Segundo recomendação do Ministério da Saúde lavar as mãos frequentemente com água e sabão, evitar aglomerações, não compartilhar objetos pessoais, cobrir nariz e boca ao tossir e espirrar são pontos fundamentais para se prevenir e ao menos tempo impedir que o COVID-19 se espalhe. 5

Em fevereiro e março de 2020, o Departamento de Saúde Pública de Chicago (CDPH) começou uma grande investigação sobre uma aglomeração multifamiliar do COVID-19. Os pacientes que testaram positivo e as pessoas do seu cotidiano foram entrevistados para melhor entendermos a transmissão não-residencial da comunidade da SARS-CoV-2.

“Os relatórios da mídia sugerem que a cadeia de transmissão descrita em Chicago não é única nos Estados Unidos. § Juntamente com evidências emergentes de todo o mundo (10), esses dados lançam luz sobre a transmissão além dos contatos das famílias, incluindo o potencial de super propagação de eventos.” 6

Depois de anos que, o Sistema Único de Saúde (SUS) foi implementado no Brasil e caracterizado como um instrumento de cidadania a partir do seu perfil social o mesmo sofreu diversos avanços e retrocessos, geralmente por manobras políticas.7

Apesar disso, vale ressaltar que apesar de opiniões divergentes entre governo federal, estadual e congresso nacional, é notório o empenho de buscas e alternativas para ajudar a sociedade em si, principalmente aqueles mais afetados, um grande exemplo disso é o auxílio emergencial proposto pelo governo federal. 8

O Ministério da Saúde por sua vez tem exercido um excelente papel no combate ao COVID-19, investindo em pesquisas cientificas e capacitando os profissionais de saúde para essa doença que pegou o mundo inteiro de surpresa.

Conclusão: Perante ao cenário de pandemia que nos encontramos, todas e quaisquer informações são de suma importância para que a sociedade em si possa se proteger e montar estratégias perante aos órgãos competentes. São necessárias informações mais sucintas e diretas para entendermos a transmissão comunitária e domiciliar para que, então, possamos unificar e regulamentar o início e fim de políticas de saúde pública relacionadas ao distanciamento social, que evidencialmente é útil para barrarmos a propagação do COVID-19.

Referências bibliográficas:
SANTOS, Vanessa Sardinha dos. “Pandemia”; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/doencas/pandemia.htm. Acesso em 13 de abril de 2020.

MENDES, Simone et al. ASPECTOS SOCIOAMBIENTAIS RELACIONADOS AO INCREMENTO DOS CASOS DE DENGUE EM MATO GROSSO, BRASIL. Rondonópolis: Terra Plural, 2019.

WANG, Chen et al. A NOVEL CORONAVIRUS OUTBREAK OF GLOBAL HEALTH CONCERN. The Lancet, 2020.
(Fiocruz acompanha situação do novo coronavírus no Brasil, 2020) https://portal.fiocruz.br/noticia/fiocruz-acompanha-situacao-do-novo-coronavirus-no-brasil
(O que é coronavírus? (COVID-19), s.d.) https://coronavirus.saude.gov.br/
Ghinai I, Woods S, Ritger KA, et al.

Transmissão comunitária de SARS-CoV-2 em dois encontros familiares – Chicago, Illinois, fevereiro a março de 2020. MMWR Morb Mortal Wkly Rep. EPub: 8 de abril de 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.15585/mmwr. mm6915e1
GOMES, Antonio Marcos Tosoli; OLIVEIRA, Denize Cristina de; SA, Celso Pereira de. O Sistema Único de Saúde na representação social de usuários: uma análise de sua estrutura. Rev. bras. enferm.,  Brasília ,  v.

64, n. 4, p. 631-638,  Aug.  2011 .   Available from<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672011000400002&lng=en&nrm=iso>.accesson  14  Apr.  2020.  https://doi.org/10.1590/S0034-71672011000400002.
(Solicitar Auxílio Emergencial de R$ 600 – Coronavírus – Covid-19, 2020) https://www.gov.br/pt-br/servicos/solicitar-auxilio-emergencial-de-r-600-covid-19


O governador Rui Costa confirmou a sua participação em uma videoconferência convocada pelo presidente Jair Bolsonaro, que terá a participação de outros governadores. O encontro virtual será na quinta-feira (21), às 10h. O governador baiano disse que espera que, a partir da reunião, a política seja deixada de lado para que o cuidado com a vida e a saúde das pessoas seja priorizado.


 

A Secretaria Municipal de Saúde de Potiraguá divulgou na noite desta quinta-feira (14) mais dois casos confirmados do novo coronavírus. Agora a cidade soma três casos de covid-19.

O primeiro caso positivo foi de um jovem de 17 anos, residente no distrito de Gurupá-Mirim, ele veio a óbito após sofrer uma acidente automobilístico e sofrer morte cerebral. Após o falecimento, foi feito a coleta do material e enviado ao Lacen, e o resultado deu positivo para o covid-19.

Seguindo os protocolos do Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde do município colocou todos os suspeitos em isolamento para ser realizado os testes rápidos. Ao todo foram realizados 48 testes rápidos em Potiraguá, Gurupá-Mirim e Itaimbé. Dentre esses testes, dois acabaram testando positivo para o covid-19, sendo um caso em Potiraguá e outro em Itaimbé (Coréia). Ainda segundo a Secretaria, todos estão assintomáticos (que não apresentam nenhum sintomas da doença). Eles seguirão em isolamento até o descarte do Lacen.

Ao todo Potiraguá tem oito casos suspeitos, 58 em monitoramento, três confirmados, quarenta e seis descartados por testes rápidos e 4 pelo Lacen.

Como forma de combater o Coronavírus no município, a Prefeitura estará doando à população kits de higiene pessoal contendo máscara e álcool em gel.

Blogdo Edyy.

 

 


 

A Prefeitura de Potiraguá através da Secretaria Municipal de Saúde irá suspender pelo prazo de 30 dias os serviços de marcações de exames, consultas e procedimentos ambulatóriais. Só será feito marcações emergencias.

A decisão foi tomada no final da tarde desta quinta-feira (19), após uma reunião com representantes da saúde do município, por recomendações da SESAB.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a medida foi tomada por conta da pandemia do novo coronavírus. As medidas começam a valer a partir desta sexta-feira (20).


A 1ª etapa da Campanha de Vacinação contra o Sarampo de 2020 começa no próximo dia 10. Nesta etapa, o público-alvo é composto por crianças e jovens de 5 a 19 anos, não vacinados ou com esquema incompleto. A vacina utilizada previne contra o sarampo, rubéola e caxumba (tríplice viral).

As estratégias de intensificação das ações de rotina são de extrema importância para ampliar a proteção da população e possibilitar a interrupção da circulação do vírus do sarampo no país. A campanha ocorrerá em todos os 417 municípios do estado, de 10 de fevereiro a 13 de março. O dia D de mobilização nacional está marcado para 15 de fevereiro.

O sarampo é uma doença grave, que pode levar a complicações e óbito. A população-alvo deve procurar uma unidade de saúde, levando a caderneta/cartão de vacina, para que seja avaliada sobre a necessidade de tomar a vacina tríplice viral e/ou atualizar outras vacinas.

Em 2020, na Bahia, já foram notificados 12 casos de sarampo. No ano de 2019 foram 757 notificações. Ao todo, desde o início do surto, em junho de 2019, até janeiro de 2020, foram confirmados 64 casos da doença.


No dia 19 de outubro de 2019, postos de saúde de todo o país estarão abertos para aplicar a vacina do sarampo às crianças de 6 meses a menores de 5 anos.

A primeira fase da campanha nacional de vacinação contra o sarampo de 2019 terá seu Dia D neste sábado, 19 de outubro. Nessa data, os postos de saúde estarão abertos para dar a vacina contra esse vírus especificamente a crianças de 6 meses a 5 anos incompletos.

Os horários de abertura desses estabelecimentos variam de região para região. No estado de São Paulo, que concentra o maior número de casos confirmados, os pais terão das 8 às 17 horas para levar seus filhos.

O Dia D é especialmente importante porque, até o momento, a taxa de vacinação está baixíssima. Em São Paulo, ela não passou de 1% do público-alvo, de acordo com um relatório da Secretaria de Estado da Saúde. E essa fase da campanha está prevista para acabar no dia 25 de outubro, uma sexta.


Comemorada em todo o mundo, a iniciativa começou nos EUA, quando durante esse mês várias ações de combate ao câncer de mama (mamografias e eventos) eram realizadas em vários estados daquele país.

Após alguns anos dedicando esse mês ao conhecimento, prevenção e tratamento da doença, o congresso nacional dos EUA determinou que outubro fosse o mês nacional de prevenção do câncer de mama, sendo esse o seu objetivo.

A partir de então, mundialmente em outubro, vários hospitais, clínicas e institutos facilitam o acesso aos exames de diagnósticos oncológicos.

No Brasil, a iluminação de monumentos em tons de rosa, tais como o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, e o Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, são mais uma ação de conscientização da campanha.

Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, iluminado com a cor rosa pra lembrar sobre a prevenção ao câncer de mama
Símbolo do Câncer de Mama
A cor rosa se une ao mês pelo fato de o laço cor-de-rosa ser o símbolo oficial contra esse tipo de câncer que acomete, na sua grande maioria, mulheres. A escolha da cor deve-se justamente a esse fato, uma vez que é a principal cor a expressar feminilidade.

laço outubro rosa

Frases sobre a prevenção do câncer de mama
“PREVENIR é um ato de AMOR…
com você, com seu corpo e com todos que te amam” (Priscilla Rodghiero)

“Câncer tem cura. Entre de peito nessa luta!” (fraseado)

“As Mulheres mais poderosas do mundo aderiram à Campanha “Outubro Rosa”! Mês que simboliza a Luta pela Conscientização e Prevenção do Câncer de Mama.
Participe você também, fazendo seus exames de mamografia e consultando seu médico! Sua saúde é seu maior BEM!” (duelove).


A família do pequeno João Victor Sousa Silva de 9 anos tem passado momentos difíceis nos últimos 6 meses após descobrirem que o jovenzinho sofre de insuficiência venosa, enfermidade que atinge João com forte dores na perna, no peito e falta de ar constante.

Segundo sua mãe Geisiane Novais, João reclamava com frequência de dores em uma das pernas, cansaço frequente e que após uma bateria de exame o pequeno foi diagnosticado com essa rara condição de saúde. Informou que há 6 meses João passa por um tratamento em Salvador e que nos últimos dias as dores se intensificaram fazendo com que o jovem precisasse ser internado no Hospital e Maternidade de Itororó. João aguarda a regulação do sistema de saúde que possibilite sua transferência para uma unidade hospitalar na capital do Estado onde deverá passar por novos procedimentos médicos.

Geisiane pede a todas as pessoas que puderem, que façam orações pelo pequeno João.

Blog Itororó Já


Com o propósito de minimizar a lista de espera por cirurgias no município, a Prefeitura de Potiraguá via Consórcio de Saúde, firmou uma parceria com a Fundação José Silveira. Durante todo o mês de julho, mais de 150 procedimentos poderão ser realizados pelo mutirão que atenderá, além das demandas da cidade de Potiraguá também atenderá as demandas das demais cidades vizinhas.

Em Potiraguá serão encaminhados os pacientes já cadastrados no sistema de fila única que esperam por cirurgias como retirada de hérnias, vesículas, miomas e até mesmo histerectomia (retirada do útero).

“Potiraguá vem se esforçando, de fato, como cidade de menor índice de arrecadação e, por isso, tem buscado formas de melhorar o serviço público para os seus munícipes e ampliar sua pactuação com municípios vizinhos através de parcerias positivas”. Disse o prefeito em contato com o Blog do Edyy, na manhã desta sexta-feira (05).

O mutirão começa nesta sexta-feira (05) e vai até o final do mês de julho.



Depois de quatro dias de muita folia e arrasta-pé na terra da cachaça, nesta segunda-feira (24), foi a vez do distrito de Ribeirão do Salto, que, durante a sua Festa de São João recebeu uma ambulância 0Km, das mão do prefeito Paulo Construção. Uma surpresa para o distrito.

O evento reuniu centenas de pessoas, dentre elas a comitiva do prefeito composta pelos seus secretariados e também com a presença do administrador do distrito de Ribeirão, Zé Banha e do vereador Zeza.

A chegada da ambulância foi bastante comemorada pelos moradores, pois é a primeira vez que o distrito de Ribeirão é contemplada com um veículo novo destinado à saúde distrital.

No uso da palavra, o prefeito falou da sua satisfação em poder entregar o veículo novo aos moradores e garantiu à comunidade a conclusão das obras do distrito. “Estaremos, sim, até o final do ano realizando o calçamento do Bairro Oplínio Gusmão e em curto prazo, estaremos entregando o campo de futebol para os desportista do nosso querido distrito. Quero ainda aqui deixar registrado que até o final do ano estaremos reformando toda esta praça para dar um ambiente confortável e de lazer para vocês moradores de Ribeirão”. Disse o prefeito. Confira as fotos da ambulância:

A abertura do evento deu início com uma linda apresentação da quadrilha junina do distrito de Ribeirão, com direito á casamento na roça e premiação para o melhor casal, que ganhou um prêmio no valor de R$100 reais das mãos do prefeito.

Logo após as apresentações da quadrilha e a entrega da ambulância, a Banda Black de Luxo deu início sendo a primeira atração musical da noite. Farra da Diva, a atração mais esperada da noite entrou logo após e fez os forrozeiros do distrito de Ribeirão “arrastar o pé”, na Praça.

Tradicionalmente presente nos eventos regionais, o Blog do Edyy esteve lá e registrou todos os momentos desta linda festa realizada pela Prefeitura Municipal de Itarantim, no distrito de Ribeirão do Salto. Vejas todas as fotos e a nossa galeria.

 

Fotos e vídeos exclusivos Blog do Edyy

Curta nossa Página no Facebook 

Siga nosso Instagran