Blog do Edyy

Governo Federal | Novidades sobre o Auxílio Emergencial: confira!

O governo federal “bateu o martelo” sobre a prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses. A informação foi confirmada pelo próprio ministro da Economia, Paulo Guedes, ao colunista Igor Gadelha, do Metrópoles. De acordo com a publicação, a decisão foi tomada em uma reunião de ministros realizada na semana passada.

Os valores devem ser mantidos no mesmo patamar das atuais parcelas, variando de R$ 150 a R$ 375. A prorrogação deve ser formalizada por meio da edição de uma medida provisória (MP) a ser publicada em breve. Na última semana, Guedes já admitia, nos bastidores, a prorrogação do benefício por até três meses.

A fase atual do auxílio emergencial começou a ser paga em abril deste ano e tem quatro parcelas, que se encerrarão em julho. As três novas parcelas, portanto, devem ser pagadas de agosto a outubro. A primeira edição do programa começou em abril do ano passado, com um valor inicial de R$ 600, e seguiu até o mês de dezembro.

Urgente na região: Criança de 11 anos morre com tiro na boca em brincadeira da ‘roleta russa’

 

Uma criança de 11 anos foi morta com um tiro na boca às 16h30 desta segunda-feira (14), na região da Vila Vitória, bairro Água Branca em Jequié.

Quatro adolescentes estavam na residência da vítima, entre eles o autor, que portava um revólver, quando começou a colocar munição no tambor da arma de fogo, rodando-o (roleta russa), efetuando disparos em direção aos amigos, repetindo isso por duas vezes sem ocorrer disparo, quando na terceira vez deflagrou um tiro no rosto da vítima Taila Jesus de Souza, que veio a óbito no local.

Segundo a Polícia Civil, o autor e um dos amigos são envolvidos com tráfico de drogas. A Polícia Militar conseguiu capturar o autor, bem como o amigo e um terceiro homem, que possivelmente escondeu o revólver após o crime apresentando-os no plantão da Delegacia Territorial.

O Setor de Investigação e o Departamento de Polícia Técnica estiveram no local. Fonte: DT Jequié

Urgente: Decreto do governador proíbe venda de bebida alcoólica no fim de semana e no São João

A venda de bebida alcoólica segue proibida no próximo fim de semana e no período junino em toda a Bahia. O Governo do Estado decidiu suspender a comercialização de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, das 18h de 18 de junho até as 5h de 21 de junho e também das 18h de 23 de junho até as 5h de 28 de junho. A medida, que tem o objetivo de evitar a propagação da covid-19, será publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (14).

 

Na Região Metropolitana de Salvador (RMS), a proibição da venda de bebida alcoólica será das 20h de 18 de junho até as 5h de 21 de junho, bem como das 20h de 23 de junho até as 5h de 28 de junho. A determinação envolve os municípios de Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, Salvador, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho e Vera Cruz.

 

A comercialização de bebida alcoólica no fim de semana será liberada somente em municípios integrantes de regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos.

 

O decreto desta terça-feira (14) também prorroga a restrição da locomoção de pessoas das 21h às 5h, em todo território baiano, até 29 de junho. Nos municípios localizados nas regiões da Chapada Diamantina, Oeste, Irecê, Jacobina, Sudoeste e Extremo-Sul, o toque de recolher vale das 20h às 5h.

 

Na RMS, a restrição de locomoção noturna será das 20h às 5h, no período de 18 a 20 de junho e também entre os dias 23 e 28 de junho. Nos demais dias, o toque de recolher permanece das 22h às 5h.

 

Nos municípios integrantes das regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos, a restrição na locomoção noturna será válida das 22h às 5h.

 

*Transporte*

 

A circulação dos meios de transporte metropolitanos será suspensa das 20h30 às 5h, de 18 a 20 de junho e de 23 a 27 de junho. Nos demais dias, os meios de transporte metropolitanos não circulam das 22h às 5h, até 29 de junho.

 

Os ferry boats não vão circular nos dias 19, 20, 26 e 27 de junho. Já nos dias 18, 23, 24, 25, a circulação ficará suspensa das 20h30 às 5h. Nos dias 15, 16, 17, 28 e 29, os ferry boats não funcionam das 22h30 às 5h.

 

As lanchinhas não circulam das 20h30 às 5h, nos dias 18, 19, 20, 23, 24, 25, 26 e 27. Já nos dias 15, 16, 17, 28 e 29, as lanchinhas não funcionam das 22h30 às 5h. A ocupação deve ser limitada ao máximo de 50% da capacidade da embarcação nos dias 19, 20, 26 e 27 de junho.

 

*Aulas*

 

As unidades de ensino públicas e particulares podem manter as atividades de forma semipresencial. Para que isso ocorra, é necessário que a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid esteja abaixo de 75%, por cinco dias consecutivos, nas regiões de saúde.

 

Além disso, as atividades letivas devem ficar condicionadas à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos.

 

*Eventos e shows*

 

Os eventos e atividades que envolvam aglomeração de pessoas continuam proibidos até 29 de junho, em todo o território baiano, independentemente do número de participantes. Segue suspensa ainda, até 29 de junho, a realização de shows, festas, públicas ou privadas, e afins, independentemente do número de participantes, além de atividades esportivas amadoras.

 

Os eventos exclusivamente científicos e profissionais podem ocorrer com público limitado a 50 pessoas. Já os atos religiosos litúrgicos ficam permitidos mediante a ocupação máxima de 25% da capacidade do local. O funcionamento das academias também permanece autorizado mediante a ocupação máxima de 50%.

 

Continua vedada, em todo o território baiano, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras até 29 de junho, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações.

Urgente em Itapetinga: Homicida de idoso de 69 anos morre durante ação policial

Um homem, identificado como Antônio Reis Soares de Oliveira, foi socorrido na tarde desta segunda-feira (14) para o Hospital Cristo Redentor, em Itapetinga.

As primeiras informações policiais dão conta que “Zé Reis” foi baleado durante uma ação da Polícia Militar no Bairro Vila Isabel. O socorro dele para o hospital foi realizado pelos militares, mas, o homem não resistiu.

Ainda não há detalhes da ocorrência que resultou na morte do homem. Ele era conhecido da Justiça Criminal, pois foi condenado pela morte de um idoso de 69 anos. O crime aconteceu em 2012, quando a vítima foi esfaqueada duas vezes nas costas. O filho da vítima havia discutido minutos antes com “Zé Reis” por causa de uma dívida de R$ 50,00.

O corpo de Antônio será liberado do Instituto Médico Legal (IML) de Itapetinga após exame cadavérico.

As informações são do site Ireporter.blog

Revolta em Firmino Alves: Contratados da prefeitura estão recebendo metade do salário: Assista o vídeo;

O prefeito interino da cidade de Firmino Alves, Fabiano Sampaio, do Partido Democrático Trabalhista (PDT) parece ter perdido o controle das contas públicas do município.

Segundo informações colhidas pela redação do Blog do Edyy, funcionários contratados da Prefeitura estão indignados com o vereador (ex-presidente da câmara), que até então assume o cargo de prefeito após inúmeras derrotas na justiça do ex-prefeito, padre Aguinaldo, eleito em 2020 e que foi impedido de assumir a prefeitura após ter suas contas rejeitadas pela Câmara de Vereadores.

O fato é que o município vem sendo administrado de forma provisória e pelo que parece, sem nenhum planejamento do executivo.

As informações apuradas pela nossa reportagem é que funcionários contratados estão recebendo a metade dos seus salários. Muitos até menos de um salário mínimo (R$ 500 reais). “A cidade está jogada as traças. Tem funcionário que recebeu até R$ 80 reais”. disse um leitor do Blog do Edyy.

A redação também teve acesso a um vídeo que circula nas redes sociais, onde dois rapazes aparece nas imagens demostrando as suas indignações com o prefeito interino, Fabiano Sampaio.

Clique aqui para assistir o vídeo;

O site está a disposição para qualquer esclarecimento por parte da prefeitura de Firmino Alves.

 

Fatalidade: Criança de três anos morre após ser picada por escorpião

Um menino de três anos morreu, na madrugada deste domingo (13), após ser picado por um escorpião. A criança brincava no colo do pai em um sítio da família, na zona rural de Monte Azul (MG), quando foi correr no chão e pisou no escorpião. De acordo com o pai, a criança estava calçada com um chinelo, mas, ainda assim, a picada atingiu o dedo do pé direito.

Imediatamente, o menino foi levado para o Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças. A criança chegou com náusea e sonolência e morreu horas depois, devido ao choque anafilático.

“Tudo o que eu pude fazer, eu fiz, mas Deus achou melhor assim. Meu filho amado morreu e a sensação é de que minha vida acabou”, disse o pai Mateus Fagundes.

Devido às complicações, a equipe médica chegou a iniciar o processo de transferência da criança para o Hospital Universitário Clemente de Faria, em Montes Claros (MG). Mas, de acordo com a assessoria da Unidade de Suporte Avançado do SAMU, o paciente teve o estado de saúde agravado durante o trajeto e precisou retornar ao hospital de origem. Segundo representantes do Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças, a criança teve uma parada cardiorrespiratória no caminho. A equipe tentou reanimar o menino, que não resistiu e morreu em Monte Azul.

“Nós lamentamos muito o ocorrido. Durante toda a permanência no hospital, a criança foi assistida por uma equipe multidisciplinar e todas as medidas foram tomadas, mas, infelizmente, pela gravidade do caso, ele não resistiu”, afirmou Marcelo de Oliveira, gerente administrativo do hospital.

Quando a criança chegou à unidade, o estoque de soro antiescorpiônico estava zerado. De acordo com representantes, todas as três ampolas restantes haviam sido utilizadas em outro paciente que também foi picado por um escorpião na sexta-feira (11), por isso, a equipe buscou o soro em outros hospitais de cidades vizinhas.

Potiraguá: Após ação da prefeitura e cobrança de vereadores e imprensa, Embasa inicia manutenção de ruas danificadas

 

Foto: Blog do Edyy

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) iniciou desde a semana passada os trabalhos de manutenção das diversas ruas e avenidas que estavam danificadas ha mais de um ano, após manutenção em adutora, na cidade de Potiraguá.

Os trabalhos de manutenção só foram iniciados após a Prefeitura de Potiraguá mover uma ação no Ministério Público do Estado, solicitando que a empresa realizasse os devidos reparos das vias da cidade. Além da prefeitura, a ação também foi bastante cobrada pela Câmara de vereadores do município, principalmente pelos vereadores: presidente Gegel, Raul de Dedé e Jó do Monom, que até gravaram vídeos cobrando um posicionamento da empresa.

Dando total notoriedade ao caso, a redação do Blog do Edyy também teve uma parcela de contribuição, onde realizamos diversas matérias, com vídeos e fotos sobre a situação que ficou as vias de acessos.

Veja algumas matérias relacionadas;

Prefeitura de Potiraguá vai acionar a Embasa na justiça por ruas danificadas há mais de ano

Prefeito Jorge Cheles, Secretário e vereadores em Vitória da Conquista

Prefeito de Potiraguá cobra da embasa a manutenção das vias públicas do município

Vereador-presidente Gegel, e os vereadores Raul de Dedé e Jó do Monon

Na manhã desta segunda-feira (14), a redação do Blog do Edyy registrou algumas imagens de uma das ruas de situação mais críticas, danificada após a manutenção (Rua Sílio Brige), que dá acesso direto ao Terminal Rodoviário de Potiraguá e ao Bairro Alto da Colina. Local onde a Embasa iniciou seus trabalhos de manutenção.

 

 


 

Matou 4 no DF | Maníaco baiano mobiliza 200 policiais: conheça Lázaro Barbosa, ‘agressivo e com preocupações sexuais’

O homem mais procurado do Distrito Federal, atualmente, é o baiano Lázaro Barbosa Sousa. Nascido em Barra do Mendes, onde ele cometeu ao menos dois assassinatos, o serial killer mudou de estado para dar sequência a sua empreitada criminosa.

Em uma de suas passagens pela polícia, em 2013, ele respondia por roubo, porte de arma de fogo e estupro.

As autoridades realizaram um laudo criminológico para investigar o perfil psicológico do suspeito. O relatório, divulgado, pelo G1, apontou que o maníaco tem características de personalidade como “agressividade, ausência de mecanismos de controle, dependência emocional, impulsividade, instabilidade emocional, possibilidade de ruptura do equilíbrio, preocupações sexuais e sentimentos de angústia”.

O documento aponta ainda que caso Lázaro Barbosa fosse “inserido no contexto social e ambiental ao qual pertencia antes de sua reclusão, provavelmente retornará a delinquir.”

O laudo criminológico ainda indicava que Lázaro “tinha consciência de sua atitudes” e que, apesar de “assumi-las e perceber o sofrimento causado em terceiros (passos importantes no processo de ressocialização), percebe-se que todos os crimes cometidos estão diretamente relacionados a dependência química, fato do qual o periciando não tem autocontrole, haja vista uso abusivo de bebida alcoólica antes de sua reclusão e vício no crack após a prisão.”

A conclusão dos três psicólogos que assinam o laudo foi que antes de conceder qualquer benefício, “com o objetivo de promover um retorno saudável do indivíduo ao convívio social, tanto para si quanto para a coletividade” seria necessário o acompanhamento psicológico de Lázaro, “de forma regular e frequente”.

Além disso, o grupo indicou que Lázaro fosse incluído em grupos de ajuda “tanto para dependentes químicos quanto para abusadores sexuais”.

O documento ainda destaca que Lázaro teve o desenvolvimento psicossocial prejudicado por agressão familiar, uso abusivo de álcool e outras drogas, falecimento de familiar, abandono de atividades escolares, trabalho infantil e situação financeira precária.

Atualmente, Lázaro é caçado no Distrito Federal e em Goiás por ter matado quatro integrantes de uma família, sequestrado ao menos cinco pessoas, invadido propriedades, roubado e ateado fogo em carros.

Bombeiros iniciam fiscalização em comércio de fogos de artifício

O Corpo de Bombeiros Militar, através do setor de Atividades Técnicas (SAT) do 16º Grupamento de Bombeiros Militar (16ºGBM/Santo Antônio de Jesus), iniciou as fiscalizações de vendas de fogos de artifício em cidades como Santo Antônio de Jesus, Sapeaçu e Cruz das Almas. O objetivo é verificar se os estabelecimentos estão cumprindo com todas as normas de segurança exigidas pela instituição.

“Essa fiscalização acontece em toda área de atuação do nosso grupamento. Verificamos itens como a distância entre os estabelecimentos e a presença de equipamentos como extintores, que são fundamentais em casos de princípios de incêndios”, explicou o cabo BM Valmir Silva dos Santos. Os materiais fazem parte da tradição dessas cidades e mesmo sem terem o São João tradicional, o comércio de fogos acontece.

O cabo BM Valmir acrescentou ainda que o país está num momento de pandemia por casa da Covis-19 e por isso as pessoas devem evitar soltar fogos de artifício. “Sabemos que os fogos fazem parte e são tradição nos nossos festejos juninos, mas temos muitas pessoas que estão acometidas pelo Coronavírus, uma doença que atinge também o aparelho respiratório, por isso a fumaça é prejudicial e pedimos que as pessoas evitem os fogos de artifício”, concluiu o cabo BM Valmir.