O pastor e cantor Melchiades Santos Neto, (36), o Neto Paz, veio a óbito por volta das 18h:30h desta quarta-feira (25) após ser atingido por 4 disparos no trevo da BA-650 com a BR-101, à cerca de 3km do município de Ibirapitanga. Segundo informações da Polícia Civil, Neto Paz estava num Corolla cinza, placa NZK-3915, licença de Ibirapitanga, com a esposa e a filha, que também teria sido baleada no braço, e se dirigia ao município de Ibirapitanga quando foi surpreendido por bandidos que estavam numa Strada Branca, que teriam disparado diversos tiros contra o carro da vítima. Após o crime, os bandidos, que não levaram nenhum pertence da vítima, teriam fugido tomando destino ignorado.

Populares socorreram o cantor até o Hospital de Ibirapitanga, mas ele foi a óbito momentos após dar entrada na unidade hospitalar. Guarnições da 61ª CIPM/Ubaitaba realizam operações para tentar prender os criminosos. Neto Paz, que era da Universal Music, é um dos cantores do segmento gospel mais conhecido da Bahia e já lançou DVDs e diversos CDs durante pouco mais de 20 anos de carreira. A Polícia Civil investiga o crime e ainda não divulgou qual a principal linha de investigação. A filha do cantor foi transferida para um hospital de Itabuna. O homicídio comoveu toda a comunidade regional.


A salvação de Michel Temer nas duas denúncias deve custar R$32,1 bilhões aos cofres públicos, somando todas as concessões negociadas pelo governo entre junho e outubro. Para se ter uma ideia, de acordo com O Estado de S.Paulo, os recursos superam em R$ 6 bilhões o montante para pagar o Bolsa Família em todo o ano de 2018. O programa foi orçado em R$ 26 bilhões. Também foi maior que o custo da Usina Belo Monte, estimada em R$ 30 bilhões.

Além das concessões, o Planalto empenhou R$ 4,2 bilhões de emendas parlamentares de deputaos, que têm execução obrigatória desde 2015. O ritmo das liberações é definido pelo governo e, se fossem consideradas, a conta subiria para R$ 36,3 bilhões.


Entretenimento

O programa Pânico só ficará no ar até o fim do ano de 2017 na TV Bandeirantes. Segundo o colunista do portal UOL, Flávio Ricco, o fim do programa é atribuído à baixa audiência e aos custos.

O reaproveitamento dos integrantes e as pendências do Pânico estão sendo resolvidas pelos diretores da emissora.


Um vídeo feito pela Prefeitura Municipal para divulgar o trabalho da “Prefeitura Móvel”, no Distrito de José Gonçalves, demonstra que o líder do executivo nem sempre é cumpridor das leis de trânsito. Aqui ou acolá todos estão sujeitos aos erros, mas quando autoridade e em veículo oficial é necessário que se cumpra a lei.

No vídeo o prefeito aparece no banco do carona, sem o cinto de segurança. Como é comum no mundo político, os criativos conquistenses não deixaram por menos e fizeram vários memes, que estão bombando nas redes sociais.

Blitz Conquista


Faleceu na manhã desta segunda-feira por volta das 07h0 da manhã, na cidade de Itarantim, o senhor José Justino da Silva. Em decorrência da idade avançada, Sr. Justino vinha lutando com alguns tipos de doença e já com a visão afetada veio á óbito na residência dele na manhã desta segunda feira.

Sr. Justino deixa três filhos e dois netos. O corpo está sendo velado na Rua três de maio Nº 15, no Bairro Bob Kened.

O Blog do Edyy manifesta as suas sinceras condolências à família enlutada pela inestimável perda.


Decreto assinado na última semana prevê a publicação do edital de licitação em até 90 dias.

A prefeitura de Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia, publicou decreto que regulamenta o transporte feito por vans no município. Os donos dos veículos vão passar por processo de licitação e terão de se adequar às exigências estabelecidas no documento.

O decreto assinado na última semana prevê a publicação do edital de licitação em até 90 dias. Foram estabelecidas 80 vagas para que os proprietários de vans possam concorrrer.

De acordo com uma das cooperativas de transporte alternativo da cidade, mais de 200 vans circulam hoje pelas ruas de Vitória da Conquista. O número é maior que o de ônibus municipais — 171, segundo a prefeitura.

“É um edital público, e quem reunir condições dentro do que é prescrito nas normas do edital fará a seleção e entrará no sistema de transporte municipal”, afirma o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Esmeraldino Correia.

Os donos de vans dizem, no entanto, que alguns pontos precisam ser esclarecidos. “Existem algumas lacunas no decreto, um parágrafo às vezes não bate com outro. Fala uma coisa e, mais adiante, desconsidera”, afirma Paulo Sérgio Teles, representante de uma das cooperativas do transporte alternativo.

A idade dos veículos estabalecida no decreto é uma das determinações que os condutores das vans discordam. O documento prevê que os veículos tenham até três anos de uso. A média atual das vans que circulam na cidade é de mais de 10 anos.

“Certamente, a pessoa de maior poder aquisitivo, os empresários, vão investir. Como a licitação trata-se de um processo de pontuação, certamente a maioria estará de fora desse processo”, destaca Teles.

O secretário Esmeraldino Correia diz que o valor cobrado pelas vans vai continuar sendo menor que o cobrado pelos ônibus, e adaptações vão ser exigidas para garantir direito de idosos, pessoas com necessidades especiais e estudantes.

“Isso seguirá uma normatização regulamentada por nós, definida de forma muito clara para que todos possam se adequar a esta nova realidade, de sorte que venha com qualidade para a cidade. Vamos melhorar o transporte público municipal de Vitória da Conquista através do seletivo, que são as vans”, destaca.


Após ter sido velado por toda a noite e madrugada de hoje, (23), foi sepultado por volta das 17:30h o corpo do ex-prefeito da cidade de Itarantim Gideão Matos aos 75 anos. Vítima de um infarto fulminante na madrugada de sábado pra domingo, (22), na casa dele por volta das 03:0hrs, Gideão ainda chegou a ser levado para o Hospital da cidade mas não resistiu e veio à óbito.

Com muita emoção e comoção, a população  acompanhou todo o cortejo fúnebre do ex-prefeito que esteve a frente da Prefeitura Municipal de Itarantim por 3 mandatos e que chegou a ganhar o apelido de “Pai dos Pobres”.

 

Gideão era natural de Nova Canaã, mas fez a sua carreira política em Itarantim, onde exerceu três mandatos como prefeito do município. O seu último mandato encerrou em 2012, quando foi substituído pelo seu vice Dr. Paulo Fernandes, por determinação da justiça.

Gideão era um político influente na região, sendo decisivo em todas as eleições de Itarantim, nas últimas décadas.

O Blog do Edyy manifesta as suas sinceras condolências à família enlutada e à população de Itarantim, pela inestimável perda.

 

 

 

 


O deputado federal Ronaldo Carletto não descarta deixar o PP e ir para o Pros ou PR. Entretanto, ele disse que ainda é cedo para traçar seu destino partidário, já que a janela só será em abril, quando os políticos podem mudar de legenda sem correr o risco de perder o mandato.

“Não está descartado, mas tudo que se falar hoje é especulação. As conversas só acontecem após a Semana Santana”, disse Carletto ao BNews, durante o Encontro Estadual do PP.

Ao ser questionado se não abrirá mão de uma vaga na chapa majoritária, Carletto retrucou. “Não é questão de abrir mão, mas de lutar por uma vaga na composição a chapa”,

Carletto não descartou permanecer no PP. “É uma possibilidade. João leão é um grande amigo e parceiro”.

Apesar de Carletto chamar Leão de ‘amigo’, nos bastidores é evidente o racha entre o grupo liderado por João Leão e o liderado por Carletto.


Depois que a Câmara dos Deputados votar a denúncia contra o presidente Michel Temer, um dos temas que será levado ao plenário, a partir da semana que vem, já foi decidido pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia.

Segundo o Correio Brasiliense, Maia decidiu levar a proposta de Emenda Constitucional para acabar com a Justiça do Trabalho, incorporando sua estrutura à Justiça comum.


Quase fechado com o PR, o deputado estadual Robinho (PP) fez duras críticas ao partido, que, em sua avaliação, só serve para “bater palmas” para o governo do estado. “O PP, dentro da base do governo, só serve para a governabilidade. Mas o governo não vê o PP como governo”, disse o pepista em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia.

Robinho disse ainda que não segue a liderança do vice-governador João Leão, presidente do PP na Bahia. “Sigo a liderança do deputado federal Ronaldo Carletto, que está construindo uma aliança ao Senado. […] Então, se o deputado viabilizar sua candidatura no PP, pode ser que ele fique no PP. Mas o que estou vendo é uma sinalização do PR”, completou.