Blog do Edyy

Polícia investiga homem que tomou cinco doses da vacina contra covid-19

[Polícia investiga homem que tomou cinco doses da vacina contra covid-19 em Sergipe]

Um homem que tomou várias doses da vacina contra a covid-19, em Sergipe, é alvo da Polícia Civil. O caso foi denunciado pela Secretaria da Saúde do Município de Aquidabã, a 104 km de Aracaju, após uma servidora verificar que ele havia tomado cinco doses do imunizante. Um inquérito foi instaurado e as investigações estão em andamento, de acordo com o delegado Paulo Silva.

O secretário da Saúde de Aquidabã, Tony Maciel, afirmou que o homem teria sido vacinado com a primeira e a segunda dose nos meses de março e abril, da CoronaVac, no município de Pirambu. Já nos meses de maio e junho, ele teria tomado doses da Pfizer e Astrazeneca, em Aracaju. A quinta dose foi tomada em julho, da Pfizer, em Aquidabã, quando o caso foi descoberto.

“Quando os profissionais de saúde foram colocar os dados no sistema descobriram que o homem já havia tomado outras quatro vacinas”, explicou o secretário à TV Sergipe. O titular da pasta também acrescentou que a Secretaria do Estado da Saúde (SES) foi notificada e um Boletim de Ocorrência foi registrado. Além disso, o Ministério Público de Sergipe acompanha o caso.A Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju informou em nota que também irá formalizar a denúncia junto ao Ministério Público sobre o caso. Disse ainda que tomou conhecimento por meio da imprensa e buscou dados do usuário junto à Secretaria da Saúde de Aquidabã.

‘Em Aracaju, o usuário realizou cadastro no site da prefeitura, anexou documentação, comprovante de residência e recebeu primeira dose no drive do Parque Augusto Franco, dia 9 de maio. No dia 19 de junho, ele procurou um ponto fixo de vacinação e recebeu mais uma dose de vacina contra covid-19. Como o registro no prontuário eletrônico das pessoas vacinadas no drive leva um tempo para ser formalizado, não foi possível detectar a primeira vacina’, disse a prefeitura da capital em nota.Já o secretário do município de Pirambu, Ivamilton Nascimento, informou que assim que tomou conhecimento do fato, nesta terça-feira, comunicou de imediato à Secretaria de Estado.

O secretário disse ainda que ao fazer o rastreamento, foi identificado a partir do Código Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), que a vacinação não teria ocorrido em Pirambu e nem a imunizadora cadastrada pertence ao quadro do município.Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), as equipes de imunização dos municípios são responsáveis pelo cadastro das vacinas. A SES orienta os municípios a terem atenção no cadastro da população vacinada nos Sistema do Ministério da Saúde. Informações do G1 Sergipe.


Curta e Compartilhe.


Leia Também